FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-imp30px-Era-real

"Quando o destino chama, o escolhido não tem escolha."
―Moral[fonte]

"Water War" é o episódio de estréia para a quarta temporada da série de televisão Star Wars: The Clone Wars. Foi ao ar originalmente com o episódio "Gungan Attack" como parte de um especial de estreia da temporada de uma hora tanto em sua estreia nos Estados Unidos no dia 16 de Setembro de 2011, tanto no Brasil no dia 4 de Junho de 2012.

Descrição oficialEditar

Quando o rei de Mon Cala éassassinado, discussões começam entre o povo Mon Calamari e os Quarren, co-habitantes do mundo aquático. Para parar uma guerra civil, a República envia Padmé Amidala e Anakin Skywalker, mas sem o conhecimento deles, os Quarren já estão sendo apoiados pelos separatistas. Agora, os Jedi devem proteger o novo líder de Mon Cala, o jovem príncipe Lee-Char, do iminente ataque.

Resumo da tramaEditar

Episódio 1
Water War
Guerra aquática! A tensão cresce no mundo
aquático de Mon Calamari, onde dois povos
separados, os agressivos Quarrens, 
e seus vizinhos pacíficos, os Mon
Calamari, lutam para manter uma coexistência
frágil. Aumentando ainda mais a tensão,
o rei dos Mon Calamari foi encontrado
assassinado de forma misteriosa, deixando
seu jovem filho, o príncipe Lee-Char,
cuidando sozinho do seu povo. Mas os
Quarrens não reconhecem o novo governante
como o novo rei.

A senadora Padmé Amidala e seu guarda-costas
Jedi chegou para ajudar a resolver
a questão e para evitar que o planeta
afunde em uma guerra civil...
WW1

Os Mon Cala discutem com os Quarren sobre a posse do príncipe Lee-Char no salão do conselho de Mon Cala.

Após o assassinato do Rei Kolina de Dac, a frágil paz entre os Mon Cala e os Quarren começa a entrar em colapso, centrando-se no argumento de que o filho do rei, o príncipe Lee-Char é (como ele próprio se sente) muito jovem e inexperiente para manter a tênue co-existência entre as duas raças. Riff Tamson, o embaixador dos Separatistas, aquece o argumento ainda mais, enquanto que Padmé Amidala e Anakin Skywalker, enviados pela República para mediar entre as partes, são impotentes em intervir. Os Quarren deixam o salão do conselho de Mon Cala, embora o chefe dos Quarren Nossor Ri expressa respeito pelo rei morto para Lee-Char antes dele sair.
Verstärkung Dac Republik

O exército de clones chega para ajudar os Mon Cala.

Temendo uma iminente guerra civil entre as duas raças, o Conselho Jedi envia um esquadrão de soldados clone equipados para combate subaquático sob o comando de Kit Fisto e Ahsoka Tano, enquanto Lee-Char e seu comandante militar capitão Ackbar tentar reunir seu povo. Infelizmente, os Quarren há muito preparados para a guerra, mesmo antes do fracasso das negociações, atacam sem aviso prévio, tendo os Mon Cala surpresos. Anakin e Padmé lutam lado a lado com os Mon Cala, mas com reforços os separatistas dos droides aquáticos, a batalha já parece perdida. Felizmente, os reforços da República chegam e a maré vira, embora com grandes perdas. Durante a luta, Tamson lança ataques ferozes sobre o príncipe, que está sendo protegido por Ahsoka, tentando matá-lo e enviando aqua droides no sistema de tubos da cidade enquanto Lee-Char busca se proteger, todos os quais Ahsoka consegue destruir. Depois de vários ataques no tubo contendo Lee-Char e Ahsoka por Tamson, a intervenção de tropas clone SCUBA Tamson desiste de alcançar o príncipe desamparado. No rescaldo do ataque da República, os separatistas e os Quarren são forçados a se retirar temporariamente os sitiados da capital e reagrupar, permitindo às forças da República e os Mon Cala tempo para planejarem uma nova estratégia.
Water War

O exército da República e os Mon Cala lutam contra as Medusas Hidroide.

Logo, os Quarren retornam, mas com uma terrível arma secreta: Medusas Hidroide, águas-vivas gigantes ciborgues com tentáculos eletrificados, que provam serem resistentes as armas dos Mon Cala. Superados e com seus números dizimados, as forças da República são obrigadas a retirar-se para um conjunto de cavernas perto da cidade. Nesse meio tempo, o Conde Dookan contacta Tamson ordenando prender o povo Mon Cala capturada para trabalharem em campos de internamento, efetivamente reduzindo-os a escravidão, um anúncio que assusta Ri, e o leva a protestar, sem sucesso. Nas cavernas, Lee-Char começa a se desesperar com a situação e sua própria inexperiência, mas Ackbar e Ahsoka fazem o seu melhor para encorajá-lo, lembrando-o que um verdadeiro líder sabe quando recuar, assim como quando atacar. Este último conselho convence Lee-Char que ainda há esperança na batalha em curso.

ElencoEditar

Wiki Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.
Considere marcar um esboço mais específico.