FANDOM


Eras-legends

30px-Era-old

"A presença dela aqui é uma ameaça a todos nós. A você. Não a subestime... ou a sua lealdade."
―Kreia, a Meetra Surik[fonte]

Visas Marr foi uma usuária da Força, da espécie Miraluka, que viveu durante as Guerras Mandalorianas, a Grande Guerra Sith e a Guerra Civil Jedi. Visas foi aprendiz de Darth Nihilus, um Lorde Negro dos Sith membro do Triunvirato Sith. Era nativa do planeta Katarr, destruído por Nihilus, em sua busca pelos Jedi.

Sendo uma Miraluka, Visas não tinha olhos, mas podia perceber o mundo ao seu redor através da manifestação da Força e Darth Nihilus fez uso dessa habilidade para encontrar Meetra Surik, abordo da Ebon Hawk. Ao infiltrar-se na nave da Jedi Exilada, Visas a confrontou mas foi derrotada e, ao notar o poder de Surik, juntou-se a ela e sua tripulação.

BiografiaEditar

Aprendiz de Darth NihilusEditar

O planeta natal de Visas, Katarr, fora escolhido para ser o local de um Conclave secreto dos Jedi, que buscavam respostas para a ameaça que os destruía aos poucos, vinda das sombras e silenciosamente. Darth Nihilus, ao sentir a presença de vários usuários da Força em um só local, voltou-se para Katarr e dizimou o planeta de toda a sua vida. Visas, por conta da conexão forte que sua espécie tinha com a Força e todas as formas de vida, sentiu-se obliterada de tais conexões e se viu cega de verdade. A dor dessa desconexão súbita a deixou à beira da morte e Visas, acolhida na nave de Nihilus despertou mais tarde.

Em choque e vulnerável ao efeito devastador do lado sombrio que preenchia a nave de Darth Nihilus, Visas o confrontou, a fim de saber por qual razão apenas ela havia sobrevivido ao seu ataque brutal. Nihilus, em uma tentativa de convencê-la de que sua causa era "justa", mostrou-lhe uma visão em que milhares de seres sencientes, em diversos planetas, eram incapazes de sentir a vida ao seu redor, desconectados da Força. Sua visão através da Força foi gravemente danificada devido à visão lhe mostrada, mas Visas passou a crer que Nihilus se alimentava da feiúra e miséria da galáxia e que, ao remover essa miséria, ele trazia paz e ordem a um lugar em que antes só havia caos. Visas convenceu-se de que toda a vida deveria morrer e com isso, tornou-se aprendiz de Darth Nihilus, passando a residir em sua nave.

Um ano depois, Visas sentiu através da Força, vibrações que ela não tardou a informar Nihilus. Seu mestre, contudo, também sentira a perturbação na Força e, ao questioná-la sobre sua capacidade de encontrar a fonte dos ecos na Força, enviou Visas a fim de rastrear e trazer para ele a razão da perturbação.

Encontro com Meetra SurikEditar

Visas seguiu as vibrações na Força até a nave de Meetra Surik, uma Jedi que fora exilada da Ordem por ter seguido Revan e Malak durante as Guerras Mandalorianas. Surik havia perdido sua conexão com a Força, mas parecia aos poucos reestabelecer tal conexão, o que Visas identificou com os ecos que ela ouvira.

Ao abordar a Ebon Hawk, Visas incapacitou sua tripulação e confrontou a Jedi Exilada em um duelo de sabres de luz; derrotada e ferida, Visas implorou para que Surik a matasse, uma vez que sua alternativa seria morrer pelas mãos de seu mestre por ter fracassado. Surik, contudo, recusou-se a matá-la e Visas, então, juramentou-se à Jedi Exilada.

Quando recuperou-se de suas feridas e teve sua primeira conversação com Surik, Visas ficou admirada com as demonstrações de misericórdia e bondade dela, não apenas para com ela, mas com as demais pessoas também e Visas acreditava que tais atos a "enfraqueceriam" em relação aos inimigos que Surik viria a enfrentar futuramente. Quando questionada se poderia guiar a Exilada até Nihilus, Visas negou, dizendo que só poderia levar Surik até ele quando ela estivesse forte o suficiente e pronta para entender as dimensões do poder de Nihilus, se ela fosse realmente ter uma chance de o derrotar.

Tornando-se uma aprendiz informal de Surik, Visas passa a compreender melhor o lado luminoso da Força e usa suas habilidades para auxiliar a Exilada em sua jornada, buscando pelos Mestres Jedi.

À Bordo da PrecursoraEditar

Após reunir os Mestre Jedi em Dantooine, Visas, Meetra Surik e Mandalore cometem um atentado a Darth Nihilus, que pretendia destruir Telos IV. À bordo da Precursora, a equipe plantou explosivos ao redor da nave e Visas, à caminho da ponte de comando, pede permissão a Surik para meditar mais uma vez em sua antiga câmara de meditação. Através disso, Visas finalmente aceitou a destruição de Katarr, fazendo com que ela não avançasse na batalha que viria em busca de vingança, mas por querer proteger toda a vida.

Ao confrontar Nihilus, Visas passou em seu último teste de lealdade a Surik que, enquanto duelava contra o Sith, percebeu que Visas era uma ligação entre Nihilus e todo o poder do lado sombrio que cobria a nave. Usando isso como vantagem, Visas corta temporariamente Nihilus da Força, permitindo que Surik, Mandalore e ela o derrotassem. Antes que eles deixassem a nave, Visas sentiu a necessidade de olhar o que estava além da máscara, para que finalmente se livrasse das conexões com seu antigo mestre.

Logo após a morte de Nihilus, Surik, Visas e a tripulação da Ebon Hawk viajaram até Malachor V, onde Surik derrotou os dois últimos líderes do Triunvirato Sith: Darth Sion, e sua antiga mentora, Kreia, agora chamando-se novamente de Darth Traya. A batalha final acabou com a série de desaparecimentos de Jedi e Visas teve sua parte na reestruturação da Ordem Jedi. As previsões finais de Darth Traya também disseram que Visas voltaria a seu planeta natal e, olhando por sua superfície, enxergaria finalmente o que ela estava destinada a ver.


Jedi Este artigo é um esboço de um Jedi. Você pode ajudar o Star Wars Wiki expandindo-o.

Nos bastidoresEditar

Em Knights of the Old Republic II: The Sith Lords, Visas se junta ao personagem, independente de seu gênero. Caso o personagem seja homem, Visas e Brianna disputarão o amor dele.

Durante a batalha com Nihilus, é possível convencer Visas a se sacrificar. Contudo, ela deve estar usando roupas padrões e um sabre de luz, pelo menos.

Se durante o jogo, o jogador optou por seguir o lado sombrio, durante a cena de meditação de Visas à bordo da Precursora, ela ouvirá gritos, em contrapartida aos sussurros que o jogador que optar pelo lado luminoso. Ela também, se influenciado por uma Exilada do lado sombrio, esquece-se aos poucos de Katarr e transforma-se em uma máquina imparável de vingança a todos aqueles que a machucaram, física ou emocionalmente.

Parte do conteúdo cortado do jogo oferecia a Visas um papel muito maior do que na versão final. Durante o confronto com Nihilus, era possível para a Exilada se oferecer como aprendiz a ele, tanto sendo verdade como um blefe. Se verdade, a Exilada mataria Visas; se apenas um blefe, Mandalore, Visas e Surik atacariam Nihilus, normalmente.

ApariçõesEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.