FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-real

YodaPrognosticating-ESBHD
Difícil de ver. Sempre em movimento o futuro está.
Este artigo ou seção contém informações sobre um produto esperado ou programado para o futuro.
É provável que contenha informações de natureza especulativa e o conteúdo pode mudar drasticamente com a aproximação do lançamento do produto e mais informações se tornarão disponíveis.
"Pelos últimos 35 anos, um dos meus maiores prazeres foi o de ver Star Wars passar de uma geração para a próxima. Agora é hora de eu passar Star Wars para uma nova geração de cineastas."
―George Lucas[fonte]

A Trilogia Sequela de Star Wars é uma trilogia de filmes que começa aproximadamente trinta anos após o fim de Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi e foca em torno de um conflito entre a Primeira Ordem, um estado militar sucessor do Império Galáctico, e a Resistência, um grupo militar formado para se opor à Primeira Ordem.

Os filmes são produzidos pela Presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, com a Bad Robot Productions tendo ajudado a produzir O Despertar da Força. A trilogia apresenta o retorno de personagens clássicos de Star Wars como Luke Skywalker, Leia Organa, Han Solo, Chewbacca, R2-D2, e C-3PO, como também uma turma de novos personagens, focando primariamente na sucateira sensível à Força Rey, o stormtrooper desertor da Primeira Ordem, Finn, e Kylo Ren, o filho de Leia Organa e Han Solo que é o mestre dos Cavaleiros de Ren e que caiu para o lado sombrio da Força.

Rumores de uma trilogia sequela já circulavam por décadas, desde que George Lucas, o criador de Star Wars, afirmou que tinha planos para filmes que ocorreriam depois da trilogia original de Star Wars. Conforma a saga cânon se desenvolvia, contudo, Lucas negou que uma trilogia sequela seria um dia feita, afirmando que Star Wars era a história de Anakin Skywalker e que esta terminou em O Retorno de Jedi. O desenvolvimento de uma trilogia sequela foi oficializado em 30 de Outubro de 2012, quando a The Walt Disney Company anunciou que estava adquirindo a Lucasfilm de Lucas e que estariam produzindo novos filmes de Star Wars começando em 2015. Embora Lucas se aposentasse, ele continuou a servir como consultor criativo para os filmes.

FilmesEditar

DesenvolvimentoEditar

Planos iniciais e abandonoEditar

"As histórias prequelas existem—de onde veio Darth Vader, a história inteira entre Darth e Ben Kenobi—e tudo acontece antes de Luke nascer. A outra—o que acontece com Luke depois—é muito mais etérea. Eu tenho um pequeno caderno cheio de notas sobre isso. Se sou realmente ambicioso, eu poderia seguir para descobrir o que teria acontecido ao Luke."
―George Lucas, ao redor do lançamento de O Império Contra-Ataca[fonte]
LucasPanavision-MOSW

Em 1978, George Lucas disse que haviam doze histórias de Star Wars.

Ideias para uma trilogia sequela de Star Wars estavam postas ainda em 1976, durante as filmagens de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, o primeiro filme produzido na franquia, conhecido na época apenas como Star Wars. Mark Hamill, que estrelou como Luke Skywalker no filme, recontou que George Lucas, o diretor de Uma Nova Esperança, perguntou se Hamill estaria interessado em aparecer em Star Wars: Episódio IX em 2011, quando Lucas pensava que um filme assim seria feito. De acordo com Lucas, Skywalker seria "como Obi-Wan Kenobi passando o sabre de luz para a próxima geração". A revista TIME também relatou em 1978, após o sucesso de Uma Nova Esperança, que Lucas produziria uma sequência para Uma Nova Esperança e depois mais dez filmes, com um total de quatro trilogias Star Wars. Estas ideias iniciais não refletiram a versão final da saga, contudo; de acordo com Jonathan W. Rinzler, "a trilogia original ocupou os Episódios VI, VII, e VIII; uma trilogia das Guerras Clônicas tomou os Episódios II, III, e IV, enquanto o Episódio I era um 'prelúdio', Episódios IX a XI foram simplesmente deixados em branco – e o Episódio XII era a 'conclusão'."[15]

Conforme a saga se desenvolveu após o sucesso de Uma Nova Esperança, estes planos começaram a mudar. Lucas afirmou em 1979 que haveriam três trilogias, planos dos quais ele continuou a falar pelos anos 1980. Lucas descreveu as potencias sequelas como sendo "o que acontece a Luke" após a trilogia original, e que isso seria "muito mais etéreo" e "ambicioso". Na época que Lucas produziu Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi, o filme final da trilogia original, ele não mais tinha planos de produzir uma trilogia sequela, afirmando que "a próxima trilogia será a visão de outra pessoa".[15]

Diversos pontos do enredo que foram discutidos para a trilogia sequela foram eventualmente condensados dentro de O Retorno de Jedi. De acordo com Gary Kurtz, o produtor de Uma Nova Esperança e Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca, a equipe criativa tinha discutido as sequelas mostrando a nova vida de Skywalker com os Jedi, encontrando sua irmã perdida—na época, Leia Organa não era irmã de Skywalker—[16] e um confronto final com o Imperador.[17]

O Retorno de Jedi pôster EN

Em 2008, Lucas disse que a história de Star Wars terminou em O Retorno de Jedi.

Conforme os anos passaram, e a saga continuou a evoluir e incluir a trilogia prequela e o filme animado Star Wars: The Clone Wars e a subsequente série de televisão, parecia que Lucas tinha finalmente abandonado os planos para a trilogia sequela. Em 2008, Lucas disse a The LA Times que não havia uma história além de O Retorno de Jedi porque "os filmes eram a história de Anakin Skywalker e Luke Skywalker, e quando Luke salva a galáxia e redime seu pai, é aí que a história termina". Ele também citou o Universo Expandido—agora conhecido como o não-cânon Star Wars Legends—como as histórias que, apesar de seu não envolvimento nelas, continuavam a saga após O Retorno de Jedi.[18] Em 2012, Lucas também citou a reação crítica de alguns fãs de Star Wars em relação à trilogia prequela como outro motivo que ele não pretendia criar a trilogia sequela.[19]

Disney e a trilogia sequelaEditar

"Estou confiante que com a Lucasfilm sob a liderança de Kathleen Kennedy, e tendo um novo lar dentro da organização Disney, Star Wars certamente se manterá e amadurecerá por muitas gerações que virão. A força da Disney dá à Lucasfilm a oportunidade acender novas trilhas em filmes, televisão, mídia interativa, parques temáticos, entretenimento ao vivo, e produtos de consumo."
―George Lucas[fonte]
Em 2011, Robert Iger, diretor executivo da The Walt Disney Company, começou a discutir com Lucas a possibilidade da Disney adquirir a Lucasfilm. Lucas ainda não estava pronto de seguir a possibilidade de se aposentar ou vender a companhia, mas ele considerou isso e disse a Iger que ele conversaria na hora certa—o que era importante pra Iger, que já havia adquirido a Pixar e Marvel e agora queria adicionar Star Wars à organização Disney. Lucas começou a fazer planos para sua saída da companhia, incluindo a contratação de Kathleen Kennedy como sua sucessora. Para fazer a potencial aquisição mais valiosa, Lucasfilm começou o desenvolvimento inicial dos Episódios VII, VIII, e IX, e contratou o escritor Michael Arndt para começar a trabalhar em O Despertar da Força. Lawrence Kasdan, que escreveu O Império Contra-Atava e O Retorno de Jedi, foi trazido como consultor, enquanto Lucas falava com Hamill, Harrison Ford, e Carrie Fisher sobre potencialmente reprisarem seus papeis como Luke Skywalker, Han Solo, e Princesa Leia.[20]

Lucas finalmente contactou Iger em Junho de 2012, no ponto em que as duas companhias entraram em cinco meses de negociações de aquisição. Lucas trabalhou para que pessoas-chave da Lucasfilm seriam capazes de ficar para vender os novos filmes de Star Wars, embora Iger salientasse que a Disney teria a palavra final sobre futuros filmes. Lucas concordou, apesar de suas ressalvas sobre perder o controle, e inicialmente não entregou seus esboços para a trilogia sequela. Ele finalmente apresentou as histórias uma vez que suas preocupações foram mitigadas, e a Disney concordou que as histórias tinham potencial.[20]

Episode 7 Cast

O elenco de Star Wars Episódio VII.

A aquisição foi anunciada em 30 de Outubro de 2012. Junto à aquisição, a Disney anunciou que estaria produzindo a trilogia sequela, o Episódio VII teria a produção executiva de Kennedy e lançamento em 2015 e que Lucas serviria como consultor criativo para os filmes.[7] Durante um concerto com a Young Musician's Foundation Debut Orchestra em 9 de Fevereiro de 2013, o compositor John Williams expressou sua vontade de escrever as composições musicais para os três filmes da trilogia sequela.[21] Williams foi oficialmente confirmado para retornar em Julho de 2013.[8] Star Wars Insider 144 deixou implícito que ele comporia a "nova trilogia Star Wars" inteira,[22] mas a Lucasfilm esclareceu que ele tinha sido confirmado apenas para o Episódio VII na época.[23]

Ao redor dessa época, também foi anunciado que o Episódio VII seria dirigido por J.J. Abrams,[1] e que Arndt tinha saído como roteirista e substituído por Abrams e Kasdan.[6] Em 2014, a data de lançamento do filme foi anunciada como 18 de Dezembro de 2015,[10] e a produção do filme começou em Maiod e 2014.[14] Hamill, Ford, e Fisher foram confirmados para voltar em seus papeis originais, como também Peter Mayhew como Chewbacca, Anthony Daniels como C-3PO e Kenny Baker como R2-D2. Novos atores incluíam John Boyega, Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, Andy Serkis, Domhnall Gleeson, Max von Sydow,[24] Lupita Nyong'o, Gwendoline Christie,[25] Crystal Clarke e Pip Andersen.[26]

Quando o Episódio VII começou a filmar, Lucasfilm continuou a avançar com seus planos para os Episódios VIII e IX. Embora não anunciados oficialmente pela Lucasfilm, foi revelado em Junho de 2014 que Rian Johnson iria escrever e dirigir o Episódio VIII, como também escrever um tratamento de história para o Episódio IX.[3] Ao contrário das trilogias anteriores de Star Wars, uma Série de Antologias está sendo lançada entre os filmes principais da "saga"—com o primeiro deles, Rogue One: Uma História Star Wars, lançado em 16 de Dezembro de 2016, sendo sobre o grupo de rebeldes que roubou os planos da primeira Estrela da Morte. Ao contrário dos principais, estes filmes acontecem espalhados pela cronologia Star Wars e tem um tom diferente, com Rogue One sendo descrito como um "filme de guerra".[27]

LegadoEditar

Herdeiros do Império Aleph

O Universo Expandido foi rebatizado como Star Wars Legends.

"O futuro de narrativas interconectadas permitirá aos fãs explorarem esta galáxia de formas mais profundas do que nunca antes."
―Kathleen Kennedy[fonte]

Em 25 de Abril de 2014, a Lucasfilm anunciou que os cineastas de O Despertar da Força e da trilogia sequela não seriam obrigados a seguir a história pós–O Retorno de Jedi que estava desenvolvida no Universo Expandido Star Wars, uma decisão tomada para maximizar as suas liberdades criativas. O anúncio citou os Episódios I a VI, como também The Clone Wars, como a visão de Lucas e os "objetos imóveis da história Star Wars, os personagens e eventos aos quais todas os outros contos têm que se alinhar", enquanto que o Universo Expandido não mais seria considerado cânon e seria rebatizado como Star Wars Legends. Apesar de seu status não-cânon, histórias Legends passadas continuam a ser impressas sobre a nova bandeira Legends. Alguns elementos das histórias Legends também foram retidos e usados em novas histórias, como a série animada de televisão Star Wars Rebels.[28]

Com a decisão para acomodar a trilogia sequela tomada, Lucasfilm depois decidiu que todas as histórias futuras de Star Wars seriam consideradas cânon e se encaixariam de forma consistente umas com as outras. A companhia formou o Lucasfilm Story Group para coordenar o desenvolvimento das histórias Star Wars e pra assegurar que elas se alinhem.[28]

Futuro de Star WarsEditar

"A companhia pretende liberar um novo filme de Star Wars por ano enquanto as pessoas comprarem os ingressos. Deixe-me colocar de outra forma: se tudo der certo pra Disney, e se você for (como eu) velho o bastante pra ter estado consciente quando teve o primeiro filme Star Wars, você provavelmente não viverá pra ver o último. É a franquia da eternidade."
―Editor da WIRED Adam Rogers[fonte]
Numa entrevista para a BBC em Janeiro de 2016, o presidente da Disney, Bob Iger, afirmou que a companhia planejava entregar óperas espaciais "bem além" do Star Wars Episódio IX e seu lançamento em 2019, dizendo, “haverá mais do que isso. Eu não sei quantos; Eu não sei com que frequência”.[29]

Foi revelado por Bob Iger em 9 de Novembro de 2017, durante uma chamada de ganhos trimestrais da Disney que quarta trilogia tinha sido confirmada e estava sendo escrita e dirigida pelo diretor de Os Últimos Jedi, Rian Johnson. A trilogia está planejada para explorar novas áreas dentro da narrativa Star Wars não relacionadas à saga Skywalker.[30] Além disso, uma série live-action está pra ser lançado no novo serviço de transmissão online da Disney, planejado para 2019.[31]

BibliografiaEditar

Notas e referênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 SWicon Star Wars is Being Kick-Started With Dynamite no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  2. 2,0 2,1 2,2 SWicon J. J. Abrams to Write and Direct Star Wars: Episode IX no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 Keegan, Rebecca (June 23, 2014). Rian Johnson boarding 'Star Wars' franchise as writer and director (em inglês)  — The LA Times. Acessado em June 23, 2014.
  4. Chitwood, Adam (February 5, 2015). Exclusive: J.J. Abrams Talks STAR WARS: THE FORCE AWAKENS and That New Lightsaber (em inglês)  — collider.com. Acessado em February 6, 2015.
  5. 5,0 5,1 SWicon Star Wars: Episode VII Adds Academy Award Winner Lupita Nyong'o and Game of Thrones' Gwendoline Christie no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 SWicon Master Filmmaking Team Announced for Star Wars: Episode VII no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  7. 7,0 7,1 7,2 SWicon New Star Wars Movies Announced as Disney Enters Agreement to Acquire Lucasfilm Ltd. no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  8. 8,0 8,1 SWicon Star Wars Celebration Europe 2013: John Williams to Score Star Wars: Episode VII no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  9. Kelly, Ray (2016-08-14). Review: John Williams, Boston Pops bring 'Star Wars' universe to stormy Tanglewood (em inglês)  — MassLive. Acessado em 2016-08-15.
  10. 10,0 10,1 SWicon Star Wars Episode VII to Open December 18, 2015 no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  11. SWicon Star Wars: Episode VIII to Open December 15, 2017 no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  12. Twitter favicon @starwars (Star Wars) no Twitter. “Star Wars: Episode IX is scheduled for release on December 20, 2019.”
  13. Armitage, Hugh (2013-12-16, 3:09 am EST). Star Wars Episode 7 script still not finalized - Movies News - Digital Spy (em inglês)  — Digital Spy  — Hearst Magazines UK. Acessado em 2013-12-19.
  14. 14,0 14,1 14,2 SWicon Star Wars: Episode VII Set to Roll Cameras May 2014 no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  15. 15,0 15,1 SWicon The Long, Winding, and Shapeshifting Trail to Episodes VII, VIII & IX no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  16. Gary Kurtz Reveals Original Plans for Episodes 1-9 (em inglês) (em inglês) (em English)  — TheForce.net (May 26, 1999). Acessado em 2014-09-30.
  17. P., Ken (November 11, 2002). An Interview with Gary Kurtz (em inglês) (em inglês) (em English) 5  — IGN. Acessado em 2014-09-30.
  18. Boucher, Geoff (May 7, 2008). George Lucas: 'Star Wars' won't go beyond Darth Vader (em inglês)  — The LA Times. Acessado em September 30, 2014.
  19. Curtis, Bryan (January 17, 2012). George Lucas Is Ready to Roll the Credits (em inglês)  — The LA Times. Acessado em September 30, 2014.
  20. 20,0 20,1 Leonard, Devin (Mary 7, 2013). How Disney Bought Lucasfilm—and Its Plans for 'Star Wars' (em inglês)  — BloombergBusinessweek. Acessado em September 30, 2014.
  21. Williams Says He 'Hopes' to Work on New Star Wars Trilogy (em inglês)  — JWFan (February 11, 2013). Acessado em February 21, 2013.
  22. SWInsider small "Launch Pad" - Star Wars Insider 144
  23. Twitter favicon @starwars (Star Wars) no Twitter. “Clarification: John Williams is confirmed for Episode VII only at this point.”
  24. SWicon Star Wars: Episode VII Cast Announced no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  25. SWicon Star Wars: Episode VII Adds Academy Award Winner Lupita Nyong'o and Game of Thrones' Gwendoline Christie no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  26. SWicon Star Wars: Episode VII Production Update no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  27. SWicon Gareth Edwards and Gary Whitta Onboard for Star Wars Stand-Alone Film no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  28. 28,0 28,1 SWicon The Legendary Star Wars Expanded Universe Turns a New Page no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  29. Jamieson, Natalie (January 25, 2016). More Star Wars & Marvel films coming (on top of those we already know about) (em inglês)  — BBC. Acessado em January 28, 2016.
  30. SWicon Rian Johnson, Writer-Director of Star Wars: The Last Jedi, to Create All-New Star Wars Trilogy no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  31. Littleton, Cynthia (2017-11-09). New ‘Star Wars’ Trilogy in Works With Rian Johnson, TV Series Also Coming to Disney Streaming Service (em inglês)  — Variety. Arquivado do original em 9 novembro, 2017. Acessado em 2017-11-09.
[Esconder][Fonte]
Em outras línguas