FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-imp30px-Era-real

"Lutas geralmente começam e terminam com a verdade."
―Moral[fonte]

"The Soft War" é o quarto episódio da quinta temporada da série de televisão Star Wars: The Clone Wars[1]. A estreia do episódio no Brasil foi em 09 de Maio de 2013 no Cartoon Network.

Descrição oficialEditar

Após uma tentativa rebelde de resgatar o verdadeiro rei de Onderon, Ramsis Dendup, um aliado inesperado se mostra pra parar a execução de Dendup e ajudar a causa rebelde.[1]

SinopseEditar

Episódio 4
The Soft War
Os rebeldes elegem um novo líder!
Com o treinamento completo,
Obi-Wan e Anakin deixaram
Ahsoka em Onderon pra monitorar
e aconselhar os rebeldes enquanto
continuam atacando alvos 
Separatistas sob a liderança de
Steela Gerrera. Diante da
escalada dos ataques rebeldes,
os Separatistas enviaram
reforços pra apertar o
controle sobre a cidade de Iziz
enquanto a batalha pelo planeta
continua...
Mensagem de Steela - TSW

Steela em uma mensagem para o povo de Onderon.

Os rebeldes de Onderon continuam seus ataques às forças droide Separatistas ocupando a capital, mas apesar de seu contínuo sucesso, eles estão mais uma vez pressionados a ganhar a confiança e apoio popular. Sanjay Rash, o rei fantoche dos Separatistas, novamente acusa seu antecessor e prisioneiro, Ramsis Dendup, de ter desencadeado esse movimento terrorista, apesar dos protestos de Dendup, e ordena sua execução no dia seguinte, a fim de romper a moral dos rebeldes. Ao mesmo tempo, Ahsoka sente-se mais e mais dividida entre seus deveres como uma Jedi e as ordens do Conselho e sua simpatia pelos rebeldes, mas no final ela sente que deve seguir as ordens e deixar que o movimento rebelde ganhe força por si próprio.

Tortura de Saw - TSW

Kalani e Tandin torturando Saw.

Quando um dos rebelds, Dono, traz a notícia da execução iminente, Steela decide libertar o Rei Dendup enquanto ele é levado para o bloco do carrasco, a fim de usar a publicidade do evento para ganhar o apoio do povo. O irmão dela, Saw, no entanto, ainda descontente por não ter sido escolhido como o líder rebelde, decides salvar Dendup de imediato, e sai para o palácio sozinho. Ele consegue encontrar o caminho para o rei e demonstrar a lealdade do movimento para ele, mas quando ele se prepara para salvá-lo, um escudo unidirecional frustra sua tentativa e ele é capturado. Ele é posteriormente torturado por Kalani pra fazê-lo revelar o que sabe sobre os rebeldes, mas Saw aguenta firme, e o General Tandin, comandante das forças militares de Onderon, para com mais torturas antes que Saw morresse. Mais tarde, os dois homens têm uma conversa privada, onde o desejo de Tandin de ficar parado a fim de preservar vidas de seu povo entram em choque com a dedicação de Saw por sua causa e lealdade ao seu rei.

Quando Dono, que foi enviado por Steela pra vigiar a Saw, volta com a notícia que Saw tinha sido capturado, Lux e os outros rebeldes se preparam para montar um resgate, mas Steela e Ahsoka os seguram, apontando que resgatar Dendup é fundamental. Na manhã seguinte,, Steela, Lux, Ahsoka e uma pequena tropa de rebeldes vão para a raça do palácio onde a execução de Dendup está prestes a começar, junto à de Saw. Eles conseguem suspender a execução, mas antes que pudessem escapar, um pelotão de super dóides de batalha e destróieres aparecem e os cercam, matando Dono no processo. Sob ordem de Dendup, os rebeldes abaixam as armas e são forçados a olhar enquanto Rash tenta repetir a execução. Mas, então, um aliado inesperado aparece: Tandin, revoltado com a tomada dos Separatistas e de Rash de seu planeta natal e comovido pelos argumentos de Saw, lidera um esquadrão de seus soldados, libertando Dendup e os rebeldes e deixando-lhes escapar tomando Rash como um refém temporário. Antes que ele fosso morto pelos droides, Ahsoka, abandonando suas ordens de permanecer inativa, intervém e usa uma onda da Força para derrubar os droides; quando Rash ordena aos droides irem atrás deles enquanto eles escapam, os espectadores indignados na praça do palácio se voltam contra eles, se colocando contra o esquadrão droide permitindo que Ahsoka e Tandin escapassem.

AhsokaTano-TSW

Ahsoka admite que os Separatistas agora sabem que os Jedi estão ajudando so rebeldes.

Depois, no esconderijo dos rebeldes, ambos os rebeldes e o exército de Onderon, representado por Tandin, comprometem sua lealdade ao seu legítimo rei, e com a confiança renovada um grato Dendup decide que ganhar a confiança de seu povo é a melhor maneira de combater um ataque de retaliação de Conde Dookan por sua libertação, fazendo seus partidários, incluindo um reconciliado Saw, aplaudir. Mais tarde, enquanto Ahsoka relata a Obi-Wan e seu mestre, ela revela que o envolvimento dos Jedi na rebelião se tornou de conhecimento público; e assim os Jedi são forçados a decidir se devem agora abertamente tomar partido na batalha iminente...

ElencoEditar

ApariçõesEditar

Por tipo [Esconder]
Personagens Criaturas Modelos de Dróides Eventos Lugares
Organizações e títulos Espécies Veículos e naves Armas e tecnologia Miscelânea

Personagens

Criaturas

Modelos de dróides

Eventos

Lugares

Organizações e títulos

Espécies

Veículos e naves

Armas e tecnologia

Miscelânea

Notas e referênciasEditar

Links externosEditar

[Esconder][Fonte]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória