Wikia

Star Wars Wiki em Português

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith

Discussão0
4 395 pages em
Este wiki

Redireccionado de Star Wars Episode III: Revenge of the Sith

30px-Era-imp30px-Era-real30px-FeaturedIcon
Star Wars Episódio III:
A Vingança dos Sith

Vingança dos sith pôster

Sobre o filme
Diretor(es)

George Lucas

Produtor(es)

Rick McCallum

Roteirista(s)

George Lucas

Estrelando
Distribuidora

20th Century Fox

Lançado em

19 de Maio de 2005 (mundial)

Tempo de filme

140 min.

Orçamento

$113.000.000

Cânon

G

Cronologia

19 ABY

Era

Era da Ascensão do Império

Precedido por

Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones

Seguido por

Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança

"Uma longa noite começa..."
―Novelização[fonte]

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith é o terceiro episódio da série de filmes Star Wars (mas o sexto filme a ser produzido). Foi lançado mundialmente em 19 de Maio de 2005, e teve sua première antecipada no Festival de Cannes de 2005 em 15 de Maio. O filme foi geralmente bem recebido pelo críticos, especialmente em comparação com os outros dois filmes anteriores. Ele quebrou vários recordes de bilheteria em sua semana de estréia, e continuou a ganhar mais de 800 milhões de dólares no mundo todo, fazendo com que fosse um dos filmes mais lucrativos de 2005.

Três anos após o começo das Guerras Clônicas, os nobres Cavaleiros Jedi lideraram um forte exército de clones em uma batalha contra os Separatistas que envolveu a Galáxia toda. Quando os sinistros Sith revelam um complô de mais de mil anos para governar a galáxia, a República se transforma no maligno Império Galáctico. O herói Jedi Anakin Skywalker é seduzido pelo lado negro da Força para se tornar o novo aprendiz de Darth SidiousDarth Vader. Os Jedi são dizimados, com Obi-Wan Kenobi e o Mestre Jedi Yoda forçados a se exilarem. A única esperança para a galáxia era a própria descendência de Anakin – seus filhos gêmeos, criados em segredo, que se tornaram Luke Skywalker e Princesa Léia Organa.

Como foi o último filme a ser lançado na série, ele 'construiu' pontes entre a trilogia original e a nova trilogia do épico Star Wars.

Texto InicialEditar

Episódio III
A VINGANÇA DOS SITH
Guerra! A República está
desmoronando sob o ataque do
impiedoso Lorde Sith, Conde
Dookan. Há heróis de ambos os
lados. O Mal está por toda a
parte.

Em uma manobra surpreendente,
o diabólico líder Dróide,
General Grievous, invadiu a
capital da República e
sequestrou o Chanceler
Palpatine, líder do Senado
Galáctico.

Enquanto o Exército Separatista
de Dróides tenta escapar da
capital sitiada com seu
valioso refém, dois cavaleiros
Jedi lideram uma missão
desesperada para resgatar o
Chanceler preso....

ResumoEditar

Batalha sobre CoruscantEditar

"Agora a diversão vai começar."
Anakin Skywalker[fonte]

A República Galáctica está em meio a uma guerra épica com a Confederação de Sistemas Independentes sob a liderança do Lorde Sith Conde Dookan. O lider cibórgue do Exército da Confederação, General Grievous infiltrou em Coruscant e capturou o Chanceler Supremo Palpatine, líder do Senado Galáctico.

200px-R2 flames

R2-D2 derrota dois super dróides de batalha.

Enquanto o Exército Dróide tenta fugir de Coruscant, uma grande batalha espacial irrompe com os Cavaleiros Jedi Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi liderando uma missão para resgatar o Chanceler. Os Jedi lutam pela armada Separatista. No processo, o caça de Obi-Wan é danificado por dróides buzz, R4 é destruída, e Anakin, que tenta atirar neles para expulsá-los, apenas faz a situação ficar pior. Ele consegue salvar Obi-Wan e os dois Jedi fazem um pouso de emergência no hangar do Cruzador da Federação de Comércio Mão Invisível, a nave-capitânia dos Separatistas.

Anakin e Obi-Wan progridem pelos corredores, lutando com um exército de dróides no caminho. Enquanto isso, R2-D2 ajuda Obi-Wan e Anakin enquanto se defendia de um par de super dróides de batalha.

Resgatando o ChancelerEditar

"Eu sinto grande medo em você, Skywalker. Você tem ódio. Você tem raiva. Mas não usa a seu favor."
―Dookan para Anakin[fonte]

Os Jedi chegam até o Quartel do General, encontrando o capturado Chanceler Palpatine. Ele confrontaram Dookan, em um duelo de sabres. Durante a bantalha, Obi-Wan ficou inconciente após um ataque com a Força de Dookan.

Anakin então continua o duelo, ganhando-o ao cortar a mão de Dookan e pegar o sabre do Lorde Sith. Com Dookan de joelhos, Anakin, após muito encorajamento de Palpatine, decapita o Conde.

Uma explosão ocorre na parte traseira da nave, trazida pelo ataque do Destróier Estelar classe Venator Guarlara, causando a Mão Invisível uma descida incontrolável em Coruscant. Mesmo sendo persuardido por Palpatine, Anakin carregou Kenobi nas costas, protegendo Chanceler. Pouco depois Obi-Wan recuperou a consciência.

Confrontando GrievousEditar

"Não foi um resgate muito impressionante"
―Grievous[fonte]
250px-Generalgrevious

General Grievous na ponte da sua nave, a Mão Invisível

Após Grievous e a equipe de comando recuperarem o controle da nave utilizando os propulsores de emergência, ele ordena que dois Jedi e seus companhiros sejam capturados. Ele ativou uma armadilha de Escudos de Raio, que fez eles serem capturados e levados à ponte sob custódia. Mas R2 criou uma distração, o que deu tempo suficiente para os Jedi recuperarem seus sabres e se libertarem.

Grievous então manda seus MagnaGuardas IG-100 atrás dos Jedi. Obi-Wan rapidamente decapita um deles com sua lâmina, mas o dróide continua. Obi-Wan ataca-o novamente e o dróide entra em colapso. Anakin cuida dos dróides de batalha que estavam levando Palpatine. Então, os Jedi se aproximam de Grievous, mas ele quebra o vidro com a Barra Elétrica de seu guarda e é levado para fora. Usando um cabo, ele retorna para a nave e usa um Pod de emergência.Lançando todas as outras capsulas, ele foge para uma das naves da Federação. Mais uma vez, a nave começa a cair numa queda-livre na órbita de Coruscant. Anakin toma o controle e a pilota, ajudado por speeders de emergência, tentando pousá-la em uma das plataformas de pouso industriais de Coruscant.

ReuniõesEditar

Em Coruscant, Anakin é elogiado por seu heroismo. Ele se encontra secretamente com a Senadora Padmé Amidala, e eles dividem beijos na sombra, mantendo seu amor em segredo. Ela lhe revela que está grávida. Mais tarde, Anakin acorda em pânico, coberto de suor. Ele conta a Padmé que esteve sonhando com ela morrendo durante o parto, e promete que não deixará que este sonho se torne realidade.

Chanceler Palpatine solicita a presença de Anakin e eles se encontram no Escritório do Chanceler em Coruscant. O Senado garantiu ao Chanceler mais poderes de emergência na guerra, dando controle direto para ele do Conselho Jedi. Palpatine confessa a Anakin seu medo, desconfiança e descaso dos Jedi. Ele aponta Anakin para ser seu representante pessoal no Conselho Jedi.

Conselhoep3

O Conselho Jedi.

O Conselho Jedi aceita o apontamento de Anakin, mas não lhe concede o nível de Mestre. Anakin reage com raiva, insistindo que ele é mais poderoso que qualquer um no Conselho. O Conselho continua a discutir questões sobre a guerra. É decidido que Anakin será o encarregado de proteger e espionar o Chanceler, e Yoda levará um batalhão de clones para reforçar os Wookiees em Kashyyyk. Anakin fica frustrado e desapontado.

Depois, Obi-Wan avisa para Anakin que o Conselho quer que ele espione o Chanceler e avise sobre todos os seus passos. Anakin fica confuso, pois é leal ao Chanceler e amigo de Kenobi. Obi-Wan fica infeliz com a situação.

A tragédia de Darth PlagueisEditar

"É possível aprender este poder?"
"Não como um Jedi.
"
―Anakin Skywalker e Palpatine[fonte]

Na Casa de Ópera Galáxias no Distrito Uscru, Anakin se junta a Palpatine e assiste o Ballet Mon Calamari apresentar "Squid Lake". Palpatine continua a seduzir Anakin para o lado negro, fazendo com que ele desconfie dos Jedi dizendo que a Ordem quer dar um golpe na República e tomar seu lugar. Ele também conta a história de Darth Plagueis, um Lorde Sith que usava a Força para salvar pessoas da morte e que foi morto por seu aprendiz enquanto dormia. Quando Anakin pergunta se é possível aprender o poder de parar a morte, Palpatine simplesmente responde: "Não como um Jedi," alienando Anakin ainda mais da Ordem Jedi.

Palpatine também informa Anakin que suas fontes descobriram a localização do General Grievous, no planeta de Utapau. Anakin repassa esta informação para o Conselho Jedi, que decide enviar Obi-Wan para investigar. Anakin expressa seu interesse em ir, mas o Conselho insiste que alguém com mais experiência é necessário para confrontar Grievous.

Obi-Wan vs. GrievousEditar

"Com ou sem exército... tem que aceitar que é o seu fim."
"Oh, eu acho que não!
"
General Grievous e Obi-Wan Kenobi[fonte]
Pg2 utapau fork bg

Cidade Pau, a capital de Utapau.

Obi-Wan chega Cidade Pau, em Utapau, e começa sua procura por General Grievous, montado num varáctil chamado Boga. Ele encontra Grievous no Décimo nível e os dois começam um combate pessoal, com Grievous usando quatro sabres-de-luz de uma só vez. Obi-Wan rapidamente corta duas mãos do General, fazendo com que a batalha ficasse mais justa. Durante a batalha, a Armada do Terceiro Sistema chega sob comando de CC-2224 (Cody). Obi-Wan pega Grievous desprevenido e usa a Força para empurrá-lo até bater no teto. Grievous solta seus sabres restantes e tenta fugir numa Wheel Bike, com Obi-Wan o perseguindo com Boga. Durante a perseguição, Obi-Wan deixa cair seu sabre-de-luz, o qual é pego pelo Comandante Cody.

Em Coruscant, Anakin conta a Palpatine que o General Grievous foi achado em Utapau. Anakin insiste que também deveria estar em Utapau. A conversa deles muda para a sabedoria de Palpatine da Força, e ele revela que conhece o Lado Sombrio, sendo assim um Lorde Sith. Depois, diz que se Anakin for para o Lado Sombrio, conseguirá salvar Padmé. Ao ouvir isso, Anakin lhe ameaça com o sabre de luz. Afirma ao Chanceler que vai denunciá-lo ao Conselho Jedi. Mas querendo salvar sua esposa, e acreditando que Palpatine é o uníco com esse conhecimento, Anakin decide não matar o Chanceler.

Obi-Wan continua a perseguir General Grievous em Utapau. Ele alcança o general, e pula na sua Wheel Bike. Usando a barra elétrica de Grievous, ele consegue desestabilizar o speeder, fazendo com que ambos caíssem e o veículo continuasse rolando ladeira abaixo, caindo para sua destruição. Grievous então retira um blaster, e começa a atirar em Obi-Wan, mas o Jedi pega a barra elétrica e golpeia o blaster para longe. Ele empurra o general e, rapidamente, abre as placas do estômago do General, revelando seus órgãos. mas é chutado para longe pelo dróide e deixa cair a arma. Então, Grievous a pega e joga para a beirada da plataforma. Enfurecido, Grivous segura o Jedi e tenta joga-lo no penhasco. Enquanto Grievous se aproxima, com a barra elétrica carregada, Obi-Wan usa a Força para pegar de volta o blaster, e atira nos orgãos de Grievous. Ele acerta, e o General pega fogo, explodindo e matando o poderoso comandante militar Separatista.

Sidious reveladoEditar

"Em nome do Senado Galáctico da República, o senhor está preso, Chanceler"
"Está me ameaçando, Mestre Jedi?
"
―Mace Windu e Palpatine[fonte]

Anakin se oferece para ajudar na prisão de Palpatine, mas Windu pede para que ele fique fora disso. Mestres Windu, Fisto, Kolar, e Tiin entram numa nave e vão para o escritório de Palpatine.

Duel on Coruscant

Os quatro Mestres Jedi enfrentam Darth Sidious.

Sentado nas Câmaras do Conselho, relembrando da promessa de Palpatine de impedir a morte e os seus sonhos com Padmé morrendo , Anakin corre atrás dos quatro Jedi.

Mace Windu e os três outros Mestres Jedi chegam no escritório do Chanceler Palpatine e declaram suas intenções de prender o Chanceler em nome da República. Palpatine grita de raiva, puxa um sabre-de-luz da manga e se arremessa em direção aos Mestres Jedi. Agen Kolar fica distraído e acaba sendo apunhalado no estômago. Saesee Tiin tenta atacar Palpatine, mas o Sith é mais rápido e mata o Jedi Iktotchi. Os dois Mestres caem no chão, mortos. Mace Windu e Kit Fisto testemunharam isso e ficaram na defensiva. Palpatine os ataca , e acerta Kit. O Mestre Jedi Nautolano morre quando é cortado na cintura. Somente Windu restou para enfrentar o Chanceler.

Levante-se, Lorde VaderEditar

Palpatine e Mace continuam a lutar até o peitoril da janela. Enquanto isso, Anakin chega à cena bem quando Windu desarma Palpatine. Durante o duelo, o Relâmpago da Força do Lorde Sith é refletido de volta para ele por Mace Windu. Com a face distorcida, Sidious afirma que está fraco demais para continuar. Bem quando Mace está para dar o ataque final, Anakin intervém e corta a mão de Mace. Anakin foi finalmente forçado a escolher entre a Ordem Jedi e Padmé. Palpatine atinge e arremessa o Jedi pela janela, fazendo-o morrer.

Anakin fica horrorizado por suas ações, mas ele sabe que deste ponto não há como voltar. Palpatine torna Anakin seu novo aprendiz Sith. Anakin se ajoelha diante a Palpatine, prometendo obedecer suas ordens desde que a vida de Padmé fosse salva, e Palpatine o renomeia com o nome Sith de Darth Vader. Palpatine ordena então: uma ataque ao Templo Jedi, para o fim da "Rebelião Jedi".

Exterminio Jedi

O Ataque ao Templo Jedi.

Vader ataca o Templo com a ajuda do batalhão da 501ª Legião. Ele brutalmente abre caminho pelo templo, matando todo o Jedi que cruzasse seu caminho, incluindo o Mestre Cin Drallig e os Padawans que se escondiam.

Ordem 66Editar

"Será feito, Meu Lorde"
―Comandante Gree para Palpatine[fonte]

Enquanto isso, de seu escritório, Palpatine ordena à todos os comandantes pela Galáxia; para cumprir a Ordem 66, dando início ao Grande Purgo Jedi e a Guerra Civil Galáctica

Pela Galáxia, os clone troopers se viram contra seus Generais Jedi. Em Utapau, Obi-Wan Kenobi é atirado de um penhasco quando a explosão de um AT-TE acerta a parede de rochas perto dele. Em Mygeeto, Mestre Jedi Ki-Adi-Mundi é atingido pelos tiros de CC-1138 e seus soldados. No planeta tropical Felucia, Amazona Jedi Aayla Secura é atacada por CC-5052 e a 327ª Star Corps . Em Cato Neimoidia, o caça Jedi de Plo Koon é abatido por seus companheiros de vôo. E em Saleucami, o speeder de Stass Allie é destruído pela sua escolta de speeders BARC. Em Kashyyyk, Yoda está observando a batalha enquanto o Comandante Gree e um tenente tentam matar Yoda, mas ele os sente e decapita os dois clones com seu sabre verde.

Bail Organa chega no Templo e acaba testemunhando o abatimento do jovem Padawan Zett Jukassa por um esquadrão de troopers coamndados por Appo. Horrorizado, Organa deixa Coruscant em seu Tantive IV, esperando conseguir fazer contato com algum Jedi sobrevivente.

Ordem 66

Comandante Cody recebe a Ordem 66 em Utapau.

Obi-Wan e Yoda Kashyyyk sobrevivem à ordem e são recolhidos pela nave de Senador Organa, o Tantive IV. Os Jedi decidem voltar para Coruscant para recalibrar um sinal emanando do Templo Jedi falando para todos os Jedi voltarem para lá, caindo na armadilha de Palpatine. Kenobi espera que o aviso afaste qualquer Jedi sobrevivente.

Mais tarde, Vader procura Padmé no Complexo de Apartamentos do Senado. Ela vê a fumaça do Templo Jedi, mas não sabe o que estava acontecendo. Ele a conta que os Jedi tentaram tomar o controle da República e que há traidores no Senado. Ele diz que deve ir para o Sistema Mustafar, onde os Separatistas restantes se reuniram, onde acabará com a guerra. Ele promete que as coisas serão diferentes, que ambos e o bebê poderão viver em paz, e se despede.

Nascimento do ImpérioEditar

"Então é assim que a liberdade morre - com um extrondoso aplauso."
Padmé Amidala[fonte]

Em Mustafar, Vader é bem vindo pelo Vice-rei Nute Gunray mas rapidamente começa seu massacre dos líderes Separatistas, chegando ao fim, quando mata Nute Gunray. Neste ponto a primeira manifestação física do Lado Negro em Vader começou a se revelar: seus olhos se tornam amarelo pálido.

O Senado organizou uma sessão especial onde Palpatine conta aos membros do "complô dos Jedi para tomar controle do Senado". Ao meio de vários aplausos, ele anuncia que a República será reorganizada no primeiro Império Galáctico. Mas Padmé Amidala e Bail Organa não são enganados.

SabreClone

Yoda lança seu sabre de luz em um Clone.

Enquanto isso, Obi-Wan e Yoda vão ao Templo Jedi, matando clones e enquanto avançam entre vários corpos. Eles recalibram o sinal do Templo para avisar a todos os Jedi para ficarem longe do Templo. No centro de controle, Obi-Wan assiste as gravações de segurança.

Em descrença, ele vê Vader assassinando os Jedi. Yoda diz que eles não têm chance a não ser destruir os Sith, incluindo Vader. Obi-Wan suplica a Yoda para deixá-lo lutar com o Imperador, mas Yoda recusa, dizendo que Obi-Wan não ganharia tal luta, e que ele deveria lutar contra seu ex-aprendiz, seu "irmão".

Obi-Wan vai até o apartamento de Padmé, procurando por Vader. Ele a encontra e conta que Anakin fora para o Lado Negro e matara Padawans no Templo Jedi. Em desgosto, Padmé recusa-se a acreditar e a revelar onde Vader foi, pois ele é pai de seus filhos. Obi-Wan vai embora, mas antes diz que sabe que Anakin é o pai dos bebês.

Mais tarde, Padmé deixa Coruscant em seu esquife espacial, partindo para Mustafar para se encontrar com Vader. Sem que ela soubesse, Obi-Wan secretamente embarca na nave momentos antes de decolar.

Confronto de TitãsEditar

Grande Mestre Jedi x Lorde Sombrio de SithEditar

"Eu esperei um longo tempo por este momento, meu pequeno amiguinho verde. Finalmente os Jedi não existem mais!"
"Não enquanto para isso negar eu aqui estiver.
"
―Darth Sidious e Yoda[fonte]
300px-YodaPalpsduel

O duelo entre Yoda e Palpatine.

Após livrar-se dos guardas que guardavam o gabinete do chanceler com o Empurrão da Força Yoda encontra-se com Palpatine. Depois de um breve diálogo, inicia-se o duelo entre o Grande Mestre Jedi e o Lorde Negro dos Sith.

Palpatine, isto é, Darth Sidious lança Relâmpagos da Força na direção de Yoda que é jogado para trás. Após recuperar-se, Yoda responde ao ataque do Imperador, lançando-o longe com Empurrão da Força.

Ambos, Yoda e Darth Sidious sacam seus sabres-de-luz. Depois, jogam-se um contra o outro e começam a duelar por todo o gabinete até pularem para um elevador que os conduz até a Câmara Principal do Senado, onde segue-se um violento combate.

Darth Sidious mostra-se um exímio controlador do Lado Sombrio da Força ao erguer os pods do Senado para depois lança-los na direção de Yoda, cujos esforços para evitá-los esgotam suas energias.

Depois, eles pulam para um pod onde Darth Sidious desarma Yoda, lançando seu sabre de luz longe com os Relâmpagos da Força. O Lorde Negro dos Sith volta a lançar os relâmpagos no Grande Mestre Jedi, cujas mãos nuas concentram a energia dos relâmpagos em uma bola de luz que explode arremessando-os para trás.

Então, Yoda tem um vislumbre do futuro: uma esperança para a galáxia ainda existia e ele não poderia arriscar morrer ali.

Darth Sidious consegue segurar-se, mas Yoda caí vários metros até ser salvo pelo senador Bail Organa.

Batalha de HeróisEditar

"Você é o Escolhido! Deveria destruír os Sith, não se unir a eles! Trazer equilíbrio para à Força, não joga-la nas Trevas!"
―Obi-Wan para Vader[fonte]

A nave pousa em Mustafar. Vader e Padmé se abraçam. Ela revela sua conversa com Obi-Wan. Quando ela implora que ele fuja com ela para criar a criança em paz, Vader diz que eles não precisam mais fugir, pois ele havia trazido paz para a República e poderia até tomar o lugar de Palpatine, onde os dois governariam a Galáxia juntos. Se afastando com horror e tristeza, e percebendo que aquele já não era mais Anakin, Padmé diz que ele está partindo seu coração e que está indo por um caminho que ela não pode seguir.

Vader vê Obi-Wan emergindo do esquife. Enfurecido, ele usa o Force Grip em Padmé, achando que ela o trouxe para matá-lo. Ela fica inconsciente e Vader a solta. Obi-Wan e Vader começam um duelo intenso.

O duelo leva Obi-Wan e Vader para vários lugares em Mustafar. Um ataque errônio do sabre de Darth Vader acertou um computador, o que desativou os escudos das instalações. O duelo continuava enquanto todo o prédio era bombardeado por lava. Ambos caíram num rio da lava pendurados em um dos "braços" centrais da estrutura. Eles continuam sua batalha sobre a lava, avançando por plataformas flutuantes.

250px-Kenobi skywalker duel

Dois amigos lutando até o fim em um duelo épico

Durante a luta, Obi-Wan pula de um dróide para a terra firme, ganhando uma vantagem. Cego em sua ira, Vader imprudentemente pula de encontro a seu antigo Mestre e rapidamente Obi-Wan corta as pernas e o braço esquerdo de Vader. Vader desce rolando o terrapleno até a beira do rio de lava. Com as roupas e a carne começando a queimar, Vader se afunda ainda mais no lado negro.

Com Obi-Wan assistindo em desespero, Vader tenta em vão se puxar para cima do terraplano com sua única mão mecânica. Obi-Wan grita com ele em desgosto, dizendo que não era seu destino, mas Vader só consegue gritar em raiva. Quando suas roupas entram em contato com a lava, ele pega fogo, fazendo com que ele perdesse a maioria, senão toda, pele. Obi-Wan olha por um momento e então leva o sabre-de-luz de Anakin e se afasta, incapaz de assistir seu ex-melhor amigo morrer. Ele então vai embora com a gravemente ferida Padmé e os dróides na nave da senadora.

Nascimento e RenascimentoEditar

"Lorde Vader, pode me ouvir?"
"Sim mestre.
"
―Sidious e Vader[fonte]

Darth Sidious chega a Mustafar com um batalhão de Shock trooper Clone. Eles salvam Darth Vader da beira da morte usando um pod-stacis e medicina Sith da nave de Sidious.

No asteróide isolado de Polis Massa, Yoda medita e ouve a voz do espírito de Qui-Gon Jinn. A voz diz que há uma maneira de se unir à Força e continuar com consciência após a morte. Para aprender este poder, Yoda se declara um aprendiz do espírito de Qui-Gon Jinn. Pela primeira vez em séculos Yoda toma posição de aprendiz.

Obi-Wan chega a Polis Massa e Padmé é trazida para assistência médica. Ela está morrendo, tendo perdido toda a vontade de viver. Os dróides médicos trabalham para salvar seus bebês - dois gêmeos, para surpresa de Bail Organa, Obi-Wan, e Yoda. Um menino e uma menina nascem. Em suas últimas palavras, Padmé os nomeia "Luke" e "Léia".

Ani01

Vader durante sua cirurgia de substituição de membros.

Com suas crianças nascidas, Vader é colocado em sua armadura. No Centro de Reconstrução Cirúrgica de Imperador Palpatine em Coruscant, lhe são dadas novas pernas, um novo braço, pulmões mecânicos e outras "partes de substituição". Ele se veste na armadura preta, uma máscara é selada e seu capacete é ajustado. Darth Vader começa a respirar pela máscara. A maior parte, se não a cirurgia inteira é levada com Vader acordado e consciente, com nenhuma anestesia aparente (talvez para fazer o seu ódio e raiva crescerem), fazendo-o lamentar, gritar, e se contorcer na agonia torturante.

No último suspiro de Padmé, ela diz que acredita que ainda existe algo bom dentro de Anakin. Ela morre acreditando no homem que sempre amou.

Darth Vader começa a falar por seu amplificador de voz. Ele pergunta o que houve com Padmé. Darth Sidious diz que, em sua raiva, Vader a matou, juntamente com seus filhos que jamais nasceriam. Vader, muito nervoso, convoca a Força para destruir tudo em sua volta, inclusive Palpatine, apesar de ele não ser tão forte na Força como antes - Ele apenas conseguiu fazer os dróides e os equipamentos implodirem a sua volta ao gritar "Nãoooo!"

A separação das criançasEditar

"Escondidas, a salvo, as crianças devem ficar."
―Yoda[fonte]

Abordo do Tantive IV, pousado em Naboo, Obi-Wan, Yoda, e Bail Organa se sentam em uma mesa de conferência. Eles concordam em manter Padmé aparecendo grávida, fingindo que as crianças morreram. Para sua própria segurança, Luke e Léia são separados esperando que os Sith não sintam sua presença. Léia será adotada por Bail Organa e Luke será mandado para sua família em Tatooine. Obi-Wan e Yoda irão esperar até o tempo certo para as crianças Skywalker fazerem sua parte. Yoda pede a Obi-Wan para estudar a técnica que Qui-Gon aprendeu para alcançar a imortalidade.

Bail Organa deixa R2-D2 e C-3PO aos cuidados de Raymus Antilles do Tantive IV. Ele ordena a limpeza de memória do dróide protocolo.

Vaderimperador

Vader e Sidious observam a construção da Primeira Estrela da Morte.

Yoda vai para Dagobah para começar seu exílio, o qual ele parcialmente leva como uma penitência por falhar ao derrotar Sidious.

Na ponte de um Destróier Estelar classe Venator, Vader, o Imperador, e o Grande Moff  Wilhuff Tarkin observam a construção da Estrela da Morte I.

Em Alderaan, a pequena Léia é trazida por Bail Organa para sua mulher, Rainha Breha Organa de Alderaan.

Em Tatooine, Obi-Wan traz Luke Skywalker para sua nova família: seu tio, Owen, e sua tia, Beru. Obi-Wan vai embora em um eopie, indo para seu exílio no Deserto Jundland. Owen e Beru, segurando o pequeno Luke, olham no horizonte e observam os dois sóis de Tatooine se pondo, esperando por uma Nova Esperança .

Frases memoráveisEditar

"Agora a diversão vai começar."
Anakin Skywalker[fonte]
"Meus poderes duplicaram desde a última vez que nos encontramos, Conde"
"Bom. O dobro do orgulho, o dobro da queda!
"
―Anakin Skywalker e Conde Dookan[fonte]
"Ótimo, Anakin, ótimo. Mate ele. Mate ele agora, Anakin."
Palpatine para Anakin[fonte]
"O lado sombrio é o caminho para várias habilidades que alguns consideram como não-naturais."
―Palpatine para Anakin[fonte]
"Com ou sem exército... você tem que aceitar que é o seu fim."
"Eu acho que não
"
General Grievous e Obi-Wan Kenobi[fonte]
"Eu sinto um plano para destruir os Jedi. O Lado Sombrio da Força envolve o Chanceler."
Mace Windu[fonte]
"Tão pouco civilizado!"
―Obi-Wan Kenobi após matar Grievous[fonte]
"Em nome do Senado Galáctico da República, o senhor está preso, Chanceler"
"Está me ameaçando, Mestre Jedi?
"
―Mace Windu e Palpatine[fonte]
"Todo os Jedi - inclusive seu amigo Obi-Wan Kenobi - são agora inimigos da República"
―Palpatine para Darth Vader[fonte]
"Chegou a hora. Execute a Ordem 66"
―Darth Sidious para Comandante Cody[fonte]
"Então é assim que a liberdade morre - com um extrondoso aplauso."
Padmé Amidala[fonte]
"Destruir os Sith, nós devemos!"
―Mestre Yoda[fonte]
"Esperei muito tempo por este momento, meu pequeno amiguinho verde!"
―Palpatine para Yoda[fonte]
"Anakin... Você está partindo meu coração! Está escolhendo um caminho por onde eu não posso ir!"
―Padmé Amidala para Darth Vader[fonte]
Darth Vader: "Eu deveria saber que os Jedi estavam tentando tomar o poder!"
Obi-Wan Kenobi: "Anakin! O Chanceler é maligno!"
Vader: "Do meu ponto de vista, malignos são os Jedi!"
Obi-Wan: "Você já não tem solução!"
―Darth Vader e Obi-Wan Kenobi durante o duelo em Mustafar[fonte]
"Anakin é o pai, não é?"
―Obi-Wan Kenobi para Padmé Amidala, referindo-se a gravidez dela[fonte]
"Se tão poderoso é você... fugir quer por que?"
― Mestre Yoda para Darth Sidious[fonte]
" Foi dito que você iria destruir os Sith, não se unir a eles. Trazer o equilíbrio para a Força, não joga-lá nas trevas!"
"Eu te odeio.
"
Obi-Wan Kenobi e Darth Vader[fonte]
" Você era meu irmão Anakin, eu amei você.""
Obi-Wan Kenobi para Darth Vader[fonte]
"Onde está Padmé? Ela está a salvo? Ela está bem?"
―Darth Vader para Darth Sidious[fonte]
"Parece que em seu ódio,você a matou"
―Darth Sidious para Darth Vader[fonte]
"Não! Não pode ser! Ela estava viva, eu senti - NÃOOOOOOOOOO!"
―Darth Vader ao descobrir a morte de sua amada[fonte]
" Obi-Wan... Ainda tem bondade nele... Eu sei que... ainda..."
―Padmé Amidala para Obi-Wan Kenobi[fonte]

ElencoEditar


ApariçõesEditar

CriaturasEditar


Modelos de DróidesEditar


PersonagensEditar


LocaisEditar


Organizações e títulosEditar


Espécies côncientesEditar


Veículos e navesEditar


Armas e tecnologiaEditar


Por trás das cenasEditar

FilmagensEditar

A parte principal da filmagem aconteceu entre 30 de Junho e 17 de Setembro de 2003, no Estúdio Fox, Sydney. Cenas adicionais no Estúdio Elstree no Reino Unido. Pequenas e curtas cenas aconteceram em Chott El Jerid (Tunísia), Grindelwlad (Suíça), Guilin (China), Phuket (Tailândia) e no Monte Edna (Itália).

DesempenhoEditar

180px-ROTSteaser

Um dos posters do filme.

A Vingança dos Sith foi premiado no Festival de Cannes (fora da competição) em 15 de Maio de 2005. Foi lançado nos outros países 4 dias depois. É possível que a premiere do filme custou à economia americana aproximadamente $627 milhões.

No total, ele bateu $50 milhões dia de estréia. O Episódio III teve a segunda melhor bilheteria de estréia. O primeiro lugar ficou com Piratas do Caribe: O Baú da Morte que ganhou $55 milhões da primeiro dia.

No segundo dia, os 3,661 cinemas juntaram mais $33.5 milhôes de dólares. Superou a velocidade em Homem-Aranha e The Matrix Reloaded juntaram $100 milhões (em 3 dias), se tornando o número 1 no rank "filme que juntou $100 milhões mais rapidamente". Esse recorde foi quebrado por Piratas do Caribe: O Baú da Morte já que ganhou tudo isso em apenas dois dias. A partir dai, perdeu alguns títulos, mas ficou com o primeiro lugar em ganhar mais dinheiro em cinco dias de exibição.

O filme foi tão popular no Reino Unido que, em duas semanas de exibição, vendeu mais ingressos que os próximos 20 filmes juntos.

Reação dos críticosEditar

O filme teve as reaçoes mais positivas, especialmente em comparação aos Episódios I e II. Alguns disseram que era o melhor da trilogias, outros, de toda a saga.

  • Roger Ebert do Chicago Sun-Times recomenda o filme por causa de todo o seu entreternimento, visual, imaginação e ação. Ao contrário de Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones, onde Roger Ebert disse que o diálogo e cenas de amor o tornou banal.
  • Richard Roeper do Chicago Sun-Times afirma ser o melhor desde Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca.
  • A.O. Scott do New York Times diz ser o melhos desde o Episódio IV.

Alguns ainda disseram que George Lucas continuava criando diálogos fracos. Mesmo assim, os antores foram parabenizados no geral.

Elementos da TramaEditar

Estrela da Morte IEditar

No comentário do DVD, George fala mais sobre a Estrela da Morte vista nos momentos finais do filme. Ele afirma que é a mesma vista em Uma Nova Esperança, e também explica que houve "disputas na união e problemas técnicos", já que demorou 19 anos para fim da construção. As novelas de Kevin J. Anderson Busca Jedi e Campeões da Força mostra que foi construído um protótipo durante construção da primeira. A Nova Cronologia Essencial afirma que o protótipo foi abandonado após os teste e o superlaser instalado na estação.

O livro também indica que várias pessoas tentaram sabotar ou destruir a super estação, por isso o local da construção foi mudada dezenas de vezes durante a construção. A teoria é suportada pela frase de Vader "Nada vai nos impedir desta vez"

Comparando com os outros filmesEditar

  • A Vingança dos Sith começa com uma batalha espacial (entre as forças da República e da Confederação),a única alem de Uma Nova Esperança.
  • A última fala de A Vingança dos Sith e a primeira de Uma Nova Esperança são do mesmo personagem (C-3PO) e é abordo da mesma nave (Tantive IV).
  • Tatooine é o último planeta a ser visto antes dos créditos finais. Em Uma Nova Esperança, é o primeiro planeta visto depois do texto inicial.
  • A terceira parte de cada trilogia começa com uma missão de resgate.
  • Um piloto avisa para "travar asas em posição de ataque", a mesma fala de Garven Dreis antes do ataque a primeira Estrela da Morte.
  • Veiculos como ARC-170 starfighter, V-wings, AT-RTs e outros se assemelham com os da Rebelião e Império.
  • Palpatine observa seu aprendiz (Dookan/Vader) sendo morto pelo seu futuro aprendiz (Anakin/Luke) durante uma enorme batalha espacial.
  • Anakin corta a mão de Dookan, para se vingar do mesmo que aconteceu no passado. Em O Retorno de Jedi, Luke corta o braço de Vader para se vingar também pelo feito no passado.
  • Após derrotar Grievous, Kenobi diz "Tão pouco civilizado". Anos depois, ele afirma que o sabre de luz era usado em tempos mais civilizados.
  • A batalha entre os wookies e os droides foi uma adptação da Batalha de Endor os ewoks e as tropas imperiais.
  • Anakin é forçado a escolher entre Palpatine e os Jedis, assim como abordo da Estrela da Morte II.
  • Anakin corta o braço armado de Mace Windu com Palpatine observando. Em O Retorno de Jedi, Luke faz a mesma coisa com Vader, enquanto Palpatine somente observa.
  • Comandate Neyo atinge o speeder de Stass Allie durante a sequncia da Ordem 66. Luke faz o mesmo com um scout trooper em Endor.
  • Kenobi encontra jedis mortos por clones no Templo, mas eles foram portos por alguem com um sabre de luz. Curioso, ele checa os holograma da segurança sob o aviso de Yoda que a descoberta traria dor. Infelizmente, vê Anakin assassinando os jedis.Em Uma Nova Esperança, ele e Luke encontram o transporte dos Jawas destruído, o que os faz pensar que foi um ataque do povo da areia. Mas como os tiros eram precisos, só poderia ser feito pelos stormtroopers. Luke volta para casa, sabendo que possivelmente os soldados tinham passado por lá. Ao chegar, encontra seus tios mortos, assim como Ben disse que poderia acontecer.
  • Palpatine sente Vader em perigo após ele ser derrotado, então ele e o Comandante Thire partem para salva-lo. Em O Império Contra-Ataca, Luke sente seus amigos em perigo e parte para salva-los.
  • O sabre usado por Anakin em A vingança dos Sith é o mesmo que Kenobi presenteia Luke em Uma Nova Esperança e que ele perde em O Império Contra-Ataca
  • Vader tenta fazer Padmé se unri a ele para que governem a galágia, mas ele não aceita. Em O Imperio Contra-ataca, ele faz a mesma oferta para Luke, que também rejeita.
  • Em Mustafar, Vader enforca Padmé, mas ela morre depois em Polis Massa já que ela perdeu a vontade de viver. Em Uma Nova Esperança, Vader enforca o Almirante Motti, mas ele também não morre já que Tarkin interfere. Motti e Tarkin morrem depois quando a Estrela da Morte é distruída.
  • No filme Anakin descobre que Palpatine e Dath Sidious eram a mesma pessoa. Em O Império contra-ataca Luke descobre que Darth Vader e Anakin são a mesma pessoa.
  • Na cena em que Palpatine, Anakin e Obi-Wan chegam ao prédio do senado após pousaram um pedaço da nave de Greievous, pode se ver a Millenium Falcon pousando também.
    MILLENIUM FALCON ON CORUSCANT

    Millenium Falcon pousando em Coruscant

  • Utapau era um dos nomes originais de Tatooine. Enquanto produziam o Episódio I, Utapau era o nome original de Naboo.
  • Anakin e Obi-Wan duelaram ao lado de uma janela em Mustafar. Já no duelo de Luke contra Vader eles duelaram ao lado de uma janela da Cidade nas Nuvens em Bespin.
  • Na cena final, Owen e Beru olham o por-do-sol binário assim como Luke faz em Uma Nova Esperança.
  • Quando o Imperador e Darth Vader observam a construção da Estrela da Morte é visível um jovem Tarkin.
  • Anakin salva Palpatine de cair no poço do elevador da Mão Invisível, ironicamente ele joga Palpatine no poço do gerador da Estrela da Morte II.
  • Kenobi quase cai da plataforma secreta de Grievous, mas usa a Força para pegar a pistola caida no chão e mata seu inimigo. No episódio I, ele quase cai no poço do palácio, mas usa a Força para pegar o sabre de seu mestre e mata Darth Maul .
  • Pequenos droides fogem de Anakin antes dele matar os lideres separatistas, na Estrela da Morte um droid parecido foge de Chewie.
  • A armadura dos clones de pântano é semelhante a dos pilotos dos speeders de Endor. O mesmo ocorre com a armadura dos clones que assassinaram Ki Adi-Mundi que também é semelhante a dos snowtroopers.
  • No último filme da tilogia clássica e da nova são os únicos em que Palpatine/Darth Sidious lança raios de força.
  • Muitos veículos e tecnologias no filme parecem ser antecessores (pelo menos em termos de concepção) dos seus homólogos na trilogia original. Exemplos incluem (predominantemente): o ARC-170 Starfighter e o T-65 X-wing Starfighter; o Jedi Interceptor e o TIE Advanced x1, TIE / In Starfighter e Scimitar, o V-wing Starfighter e o TIE / ln Starfighter e A ala-interceptador, o AT-TR e os AT-ST; Venator; e os de classe Destróier da República e Destróier Imperial .
  • Anakin diz a Palpatine que o destino de Obi-Wan "será o mesmo que o nosso". Todos os três personagens morrem a bordo da Estrela da Morte; Kenobi na primeira, Skywalker e Palpatine na segunda. Além disso, no romance, Obi-Wan comenta que ele sempre soube que Anakin estaria com ele quando ele morreu. Além disso, todos os três são mortos por Darth Vader: ele mata Obi-Wan em um duelo de sabres de luz, atira Palpatine no poço sem fundo e, ao fazê-lo sela seu próprio destino.
  • No começo do filme, após Obi-Wan e Anakin entrarem no Mão Inivível, dois dróides inspecionam os caças Jedi. Quando R2-D2 bipa, um deles pergunta "O que foi isso?", ao que o outro responde "Nao foi nada". Esta cena se repete em Uma Nova Esperança, quando Obi-Wan desativa o raio trator, e dois clones dizem o mesmo.

CuriosidadesEditar

  • O traje de Darth Vader foi especialmente moldado para que o próprio Hayden Christensen o usasse durante as filmagens. Truques de câmera foram utilizados para que Christensen parecesse mais alto, de forma a ter uma estatura parecida a de David Prowse, que interpretou o personagem na trilogia original. O ator precisou insistir e pedir muito a George Lucas para usar o traje. A intenção era achar um ator que coubesse no figurino original dos primeiros filmes.
  • Anthony Daniels (C-3PO) e Kenny Baker (R2-D2) são os únicos atores que participaram de todos os seis filmes da saga. O personagem Obi-Wan Kenobi também aparece nos seis filmes, mas é interpretado por dois atores diferentes: Alec Guinness e Ewan McGregor.
  • Hayden Christensen teve que engordar mais de 10 quilos para atuar no filme, para tal, ele ingeriu seis refeições diárias.
  • A última cena do filme foi a primeira a ser filmada.
  • A Vingança dos Sith custou US$ 115 milhões e faturou mais de US$ 300 milhões apenas em seu fim-de-semana de estréia no mundo todo.
  • É o único filme da série Star Wars a não ser indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Especiais, mas foi indicado na categoria de Melhor Maquiagem.
  • Este é o único filme em dois duelos acontecem ao mesmo tempo: Anakin vs. Obi-Wan e Yoda vs. Sidious.
  • O duelo de Anakin contra Obi-Wan é o único em que os sabres de luz são da mesma cor.(Isto não considerando o duelo contra Grievous, já que ele possuia sabres azuis e verdes).
  • Darth Vader, Luke Skywalker, Leia Organa, Chewbacca, Grand Moff Tarkin e outros personagem fazem sua primeira aparição cronológica no filme.
  • Anakin/Vader, Obi-Wan, R2-D2 e C-3PO são os únicos personagens que aparecem em todos os filmes da saga.
  • As peças das armaduras dos clones foram feitas totalmente em computador.
  • Este é o único filme em que Palpatine não aparece com a mesma roupa o filme inteiro.
  • O filme possui mais duelos contra lordes Sith do que qualquer outro.
  • Este é o unico filme em que a texto inicial possui um ponto de exclamação.
  • A tosse de Grievous foi causada por um ataque da Força feito por Mace Windu.(Star Wars: Guerras Clônicas)
  • Quando a Mão Invisível está caindo e mostra R2 caindo,antes dá para ver dróides caindo e gritando no espaço.
  • Quando Anakin mata Dookan,é possível ver as mãos dele no chão, e até a cabeça decepada rolando no chão.
  • Algumas pessoas chamam as armas dos MagnaGuards IG-100 de "cotonete elétrico".
Episódios de Star Wars
Episódio I:
A Ameaça Fantasma
Episódio II:
Ataque dos Clones
Episódio III:
A Vingança dos Sith
Episódio IV:
Uma Nova Esperança
Episódio V:
O Império Contra-Ataca
Episódio VI:
Retorno de Jedi


Rede da Wikia

Wiki Aleatória