Wikia

Star Wars Wiki em Português

Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma

Discussão1
4 393 pages em
Este wiki

Redireccionado de Star Wars Episode I: The Phantom Menace

30px-Era-imp30px-Era-real30px-DefeaturedIcon
YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Esse artigo ou seção precisa ser atualizado.
Por favor expanda esse artigo adicionando as informações mais relevantes que faltam. Você também pode checar a página de discussão dessa página. Remova essa mensagem quando terminar.

Star Wars Episódio I:
A Ameaça Fantasma

Episodio1

Sobre o filme
Diretor(es)

George Lucas

Produtor(es)

Rick McCallum

Roteirista(s)

George Lucas

Estrelando
Distribuidora

20th Century Fox

Lançado em
Tempo de filme
  • 133 min. (no cinema)
  • 136 min. (DVD)
Orçamento

$115.000.000,00

Cânon

G

Cronologia

32 ABY

Era

Era da Ascensão do Império

Seguido por

Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones

"Toda saga tem um início."
―Epígrafe do filme[fonte]

Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma é um filme de 1999 escrito e dirigido por George Lucas. Foi o quarto filme da saga Star Wars a ser lançado, embora seja o primeiro dos seis filmes em ordem cronológica. Em 10 de fevereiro de 2012, o filme retornou aos cinemas em 3D.

O filme começa com dois Jedi, Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi, designados para solucionar uma disputa comercial como embaixadores, chegando à órbita do ameaçado planeta Naboo. Quando a situação se torna violenta, com o desembarque do exército de dróides da Federação de Comércio, os Jedi, juntamente com a rainha de Naboo, Padmé Amidala, fogem do planeta numa tentativa de chegar ao planeta capital da República, Coruscant. Lá, eles esperam encontrar uma solução pacífica para a disputa.

Durante o caminho, a nave em que viajam precisa parar no longínquo planeta Tatooine, para reparos. É lá que Qui-Gon descobre Anakin Skywalker, um garoto escravo cuja ligação com a Força é incomumente forte.

Quando o grupo retorna a Naboo, eles percebem que a situação é pior do eles tinham previamente pensado pois os terríveis Sith, antigos inimigos dos Jedi, haviam reaparecido.

Texto InicialEditar

Episódio I
A AMEAÇA FANTASMA
A desordem instalou-se na
República Galáctica. A
cobrança de impostos das
rotas de comércio para
sistemas remotos está sendo
contestada.

Esperando resolver a questão
com um bloqueio de
poderosas naves de guerra,
a gananciosa federação de
comércio suspendeu toda
remessa para o pequeno
planeta Naboo.

Enquanto o Congresso
da República discute
indefinidamente essa
alarmante sequência de
eventos, o Chanceler Supremo
enviou, secretamente, dois
Cavaleiros Jedi, guardiões da
paz e da justiça na galáxia,
para porem fim ao conflito...

ResumoEditar

Star-wars-1-800b

Nute Gunray envia droidekas para destruir os Jedi

É o ano de 32 ABY e uma disputa comercial entre a Federação de Comércio e o planeta Naboo levou à um bloqueio ao planeta. Chanceler Finis Valorum da República Galáctica secretamente envia dois Jedi, Qui-Gon Jinn e seu Padawan Obi-Wan Kenobi, como embaixadores à nave-capitânea Saak'ak para encontrar com o Vicerei da Federação de Comércio Nute Gunray a fim de resolver a disputa.

A mando do misterioso Darth Sidious, com quem mantém relação secreta, a Federação de Comércio ordena a morte dos dois Jedi e inicia a Invasão de Naboo. Assim sendo, a nave dos embaixadores, a Radiant VII, é destruída. Qui-Gon e Obi-Wan escapam da tentativa de assassinato da Federação enfrentando dróides de batalha mas se vêem obrigados a fugir para Naboo.

Star-wars-submarine theed

Bongo tribolha de Qui-Gon chega à superfície de Theed.

Na superfície do planeta, os Jedi encontram o nativo local Jar Jar Binks que, após ter sua vida salva por Qui-Gon, os leva para Otoh Gunga, uma cidade Gungan debaixo d'água, para escapar do exército da Federação de Comércio. Enquanto isso, a Federação invade Naboo e captura a líder do planeta, Rainha Amidala. Os Jedi têm uma audiência com o líder Gungan, Rugor Nass, e pedem o apoio dos Gungans para ajudar as pessoas de Naboo. Nass não se mostra disposto a ajudar, contudo oferece um bongo para que os Jedi cheguem à Theed. Ao chegarem à capital de Naboo, os Jedi, acompanhados de Jar Jar Binks, resgatam a Rainha Amidala do exército da Federação de Comércio. Eles planejam ir até Coruscant, o planeta capital da República Galáctica, para pedir ajuda ao Senado.

A nave da Rainha sofre danos graves ao tentar furar o bloqueio de naves da Federação de Comércio que orbita Naboo. No entanto um dróide chamado R2-D2 heroicamente consegue fazer reparos suficientes, possibilitando a entrada no hiper-espaço. Ao saber da fuga, Darth Sidious envia seu aprendiz, Darth Maul, para matar os dois Jedi e capturar a Rainha.

Devido ao ataque, a nave é forçada a fazer escala no planeta deserto de Tatooine para reparos. Enquanto procuram pelas partes necessárias, eles fazem amizade com o pequeno Anakin Skywalker, um garoto escravo, cujo mestre é Watto, um Toydariano dono de um ferro-velho. Anakin tem dons para pilotagem e mecânica (ele construiu quase completamente um dróide chamado C-3PO). Qui-Gon Jinn sente uma forte presença da Força em Anakin, e percebe que ele possa ser o Escolhido, que irá trazer equilíbrio à Força.

Ao inscrever Anakin numa corrida de pods, Qui-Gon faz uma aposta com Watto, na qual fica acertado que, caso o garoto vença a corrida, o Toydariano concederia as peças necessárias para o conserto da nave e libertaria Anakin. Se o menino perdesse, a nave seria de Watto. Ao fim do dia, o jovem Skywalker havia ganhado a corrida, conquistado as peças da nave para seus novos amigos e conquistado sua liberdade. Qui-Gon conversa com a mãe de Anakin sobre as habilidades do garoto, e ela acaba por autorizar que o filho vá para Coruscant, para ser apresentado ao Conselho Jedi.

Enquanto o grupo se prepara para sair do planeta, Darth Maul aparece e tem seu primeiro encontro com Qui-Gon Jinn. Após um breve embate, Qui-Gon embarca na nave que segue para Coruscant, deixando um irado Sith para trás.

Jedicouncil1

O Conselho Jedi avalia Anakin.

Em Coruscant, Qui-Gon Jinn informa ao Conselho Jedi sobre o misterioso ataque sofrido por ele em Tatooine. Devido ao fato do atacante ter profundos conhecimento da Força, o Conselho teme que esse acontecimento indique o reaparecimento dos Sith, uma ordem de seguidores do Lado Negro da Força que todos pensavam haver se extinguido há tempos. Qui-Gon também relata ao Conselho o encontro com Anakin, na esperança que este seja aceito para o treinamento Jedi. Após os testes com o garoto e deliberações a respeito, o Conselho nega permissão para treinamento alegando que, de acordo com o Código Jedi, Anakin é muito velho para ser treinado. A decisão também levou em consideração a forte presença de medo no garoto.

Enquanto isso é discutido no Templo Jedi, Palpatine, o senador de Naboo usa a situação da Rainha Amidala a seu favor, persuadindo-a a pedir um Voto de Desconfiança no Chanceler Valorum. Sem ver nenhuma outra alternativa e, dada sua frustração com a falta de atitude so Senado, a Rainha decide retornar ao seu planeta natal para repelir a invasão ao lado de seu povo. Os dois Jedi são designados para acompanhar a Rainha de volta para Naboo, tanto para protegê-la como para tentar obter mais informações sobre o possível envolvimento dos Sith.

De volta em Naboo, Rainha Amidala consegue convencer os Gungans a formarem uma aliança e lutarem juntos contra a Federação de Comércio. Os Gungans conseguem defender-se da artilharia dos dróides usando o escudo de tecnologia Gungan. Porém os dróides de batalha entram em ação e começam a subjugar os Gungans. A derrota para a aliança parece iminente.

Mas a vitória é conseguida quando pequeno Anakin Skywalker acidentalmente pilota um caça em meio a batalha na órbita de Naboo e destrói a Nave de Comando dos Dróides da Federação, desativando o exército de dróides. Enquanto isso, a Rainha Amidala e sua força invadem o palácio e capturam Nute Gunray.

TPM fight small

Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi lutam contra Darth Maul.

Ao mesmo tempo, Darth Maul entrou em combate com Qui-Gon e Obi-Wan usando seu sabre de luz duplo. Durante a luta, Obi-Wan acaba se separando de seu mestre pelo campo de força na entrada da sala de geradores. Jinn e o Sith continuam sua batalha observados por Obi-Wan. Em meio ao confronto, Maul atinge Qui-Gon Jinn no rosto e, aproveitando o atordoamento de seu adversário, acerta-o no peito com o sabre de luz, ferindo-o mortalmente. Obi-Wan luta com Darth Maul vigorosamente, consguindo, inclusive, partir o sabre-duplo de Maul ao meio. O Sith obtém vantagem jogando o padawan no fosso da sala de geradores. Obi-Wan escapa da queda segurando-se na beira do fosso. Darth Maul chuta o sabre de luz do Jedi no fosso e prepara-se para executá-lo. O Padawan utiliza da Força para pular fora do fosso ao mesmo tempo que puxa de volta o sabre de luz de seu mestre. Ao pousar atrás do supreso Sith, Obi-Wan ativa o sabre em suas mãos e corta ao meio Darth Maul, cujo cadáver cai dentro do fosso. Pouco antes de falecer, Qui-Gon pede que Obi-Wan treine Anakin e faça dele um Jedi.

Após a batalha, na qual derrotou sozinho um Sith, o Conselho Jedi nomeou Obi-Wan como um Cavaleiro Jedi. Kenobi informa para Yoda sobre o pedido de Qui-Gon acerca do jovem Anakin Skywalker. O Mestre Jedi relutantemente o permite treinar o garoto. Durante a cerimônia de cremação do corpo de Qui-Gon Jinn, Mace Windu e Yoda concordam que o incidente foi definitivamente causado pelos Sith. Sabendo que sempre há somente dois Sith (um Mestre e um aprendiz), os dois Mestres Jedi acreditam que ainda há um outro Sith a ser descoberto.

Palpatine, o recém-eleito novo Chanceler, chega à Naboo para parabenizar a Rainha Amidala em sua vitória contra a Federação, enquanto Nute Gunray é mandado para ser sentenciado por seus crimes.

O episódio termina com uma grande celebração em Theed pela liberação da Federação de Comércio e pela união entre os povos de Naboo. Rainha Amidala presenteia Chefe Nass a fim de simbolizar a estima e amizade resultantes da união.

ElencoEditar


ApariçõesEditar

CriaturasEditar


Modelos de dróidesEditar


PersonagensEditar


LugaresEditar


Organizações e títulosEditar


Espécies conscientesEditar


Veículos e navesEditar


Armas e tecnologiaEditar

Nos bastidoresEditar

ProduçãoEditar

O dinheiro gasto na produção de Episódio I: A Ameaça Fantasma foi de 115 milhões de dólares. As filmagens foram feitas em um estúdio da Inglaterra, com algumas cenas em um deserto na Túnisia e em um castelo italiano.

250px-400px-TPM Cast

A equipe principal do filme: Liam Neeson (Qui-Gon Jinn), Ewan McGregor (Obi-Wan Kenobi), Natalie Portman (Padmé Amidala e Ahmed Best (Jar Jar Binks).

FilmagensEditar

As filmagens aconteceram entre 26 de junho e 30 de setembro, 1997. Assim como Uma Nova Esperança, uma das principais filmagens aconteceu na Tunísia. O set foi construído próximo à Oung Jmel, para representar Mos Espa em Tatooine. A Área de acomodação de escravos foi filmada próxima de Tataouine e Medenine. Algumas cenas foram filmadas no Palácio Caserta, um palácio real italiano.

ControvérsiasEditar

Cheio de efeitos especiais, esperava-se que o filme fizesse sucesso, mas o resultado foi o inverso do esperado. Isso foi confirmado quando Matrix, rival do filme na categoria de efeitos especiais, ganhou o prêmio. Foi a primeira vez que um filme da saga não ganhou.

Vários critícos afirmaram que a causa foi a direção e atuação de Portman (Padmé) e principalmente Jake Lloyd (jovem Anakin Skywalker). O que também desapontou os fãs foi o personagem Jar Jar Binks, por causa de sua atuação e estilo. Além disso, explicações sobre a Força e os midi-chlorians tiraram o aspecto de saga do filme.

Anonimamente, o filme foi modificado e publicado na internet. Ficou conhecido como The Phanton Edit (A Ameaça Editada).

RelançamentoEditar

Em outubro de 2005, na Conferência da Imprensa de Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith nos Estados Unidos, Diretor de Animação Rob Coleman, confirmou rumores que a marionete do Yoda visto no Episódio I irá ser trocado por um Yoda de CGI para ficar mais idêntico a sua aparição nos Episódios II e III.

Lançamento em DVDEditar

200px-Ep1DVD

O DVD de A Ameaça Fantasma

O DVD de Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma foi lançado em 2001, com certas cenas e elementos editados e adicionados por George Lucas. o que faz o DVD ser um pouco diferente da versão cinematográfica. Porém, essa mudança não interfere na história do filme de nenhuma maneira.

Cenas deletadasEditar

  • Sequência da cachoeira - Qui-Gon, Obi-Wan e Jar Jar chegam a Theed no submarino, mas estão muito próximos a uma enorme cachoeira.
  • Conversa antes da corrida - Anakin se levanta na manhã da corrida, e antes dela conversa com Padmé.
  • Sequência completa da abertura da corrida - Esta cena mostra mais competidores da corrida.
  • Segunda volta entendida - Esta mostra mais da interpretação criativa das regras por Sebulba.
  • Anakin vs. Greedo - A luta acontece pouco depois da corrida para mostrar que Anakin seguia o Lado Negro, mas foi cortada para mostrar que Anakin era 100% bom e depois começou a seguir o Lado Negro.
  • Adeus, Jira - Essa ocorre quando Qui-Gon e Anakin estão partindo de Mos Espa, e o garoto para se despedir de Jira. Um dos dróides sonda de Darth Maul seguia eles, mas foi destruída pelo Jedi antes de passarem pelo Dusty Duck.
  • Sequência do Táxi Aéreo - O táxi voa por quase dez segundos, mas a cena mostra mais dez segundo do voo em Coruscant.

Referência com a os primeiros filmesEditar

EpIVaderShadowPoster-SWE

Um dos mais populares pôsteres de marketing para o filme.

  • Nute Gunray ordena que Fechem as portas blindadas!. Em Uma Nova Esperança (lançamento pós-1997), um stormtrooper fala uma frase similar: Abram as portas blindadas.
  • Um Mestre Jedi usa um truque mental para ajudar ele e seu padawan: Qui-Gon Jinn em Chefe Nass para que ele e seu padawan (Obi-Wan Kenobi) consigam chegar em Theed. Em Uma Nova Esperança, Kenobi usa o mesmo truque para conseguir passar pelos stormtroopers com R2-D2, C-3PO e seu padawan informal (Luke Skywalker).
  • Qui-Gon identifica a nave da Rainha Amidala como "Nubian J 327". O número é igual ao do hangar em que a Millennium Falcon pousa na Estrela da Morte (Uma Nova Esperança') e na Cidade das Nuvens (O Império Contra-Ataca)
  • O Infiltrador Sith relembra o Caça espacial TIE.
  • A volta final da corrida entre Anakin Skywalker e Sebulba é semelhante à corrida nas trincheiras da Estrela da Morte entre Luke Skywalker e Darth Vader
  • A parte final da corrida acontece no Canyon Beggar, mencionado por Luke em Uma Nova Esperança.
  • Um Jedi usa um truque mental, mas o alvo resiste. Qui-Gon Jiin tenta usar em Watto para conseguir as peças do motor, mas ele resiste. Em Retorno de Jedi, Luke usa o truque em Jabba o Hutt para que Han seja liberado, mas ele também resiste. Coincidentemente, ambos são de Tatooine, e a cenas também.
  • O Conselho Jedi declara que Anakin é velho demais para iniciar seu treinamento, mas depois o Conselho permite que ele treinado por Obi-Wan. O mesmo acontece anos depois com seu filho Luke, que é rejeitado e aceitado por Yoda durante O Império Contra-Ataca.
  • Um Mestre Jedi é morto por um Sith na frente de seu padawan, que grita "Nãããooo!". Qui-Gon na frente de Kenobi por Darth Maul e Obi-Wan por Vader na frente de Luke, seu padawan informal.
  • Um Skywalker salva o dia destruindo uma enorme e blindada estação espacial, contra todas as possibilidades. Anakin destrói a Estação de Controle dos Dróide e Luke a Estrela da Morte.
  • Uma raça primitiva se envolve em uma elaborada batalha contra uma armada mais avançada tecnologicamente. Os gungans contra as dróides da Federação de Comércio e os Ewoks contra os Stormtroopers em O Retorno de Jedi
  • De fato, a Batalha de Naboo e a Batalha de Endor são similares já que têm: uma missão, uma batalha em terra, uma batalha espacial e um duelo. Todos acontecem ao mesmo tempo.
  • Qui-Gon é cremado no fim do filme, o mesmo que acontece com a armadura de Vader ao fim de O Retorno de Jedi.
  • Um idealista político é o superior de um Sith: Nute Gunray de Darth Maul e Wilhuff Tarkin e Darth Vader.
  • Durante a cerimônia ao final do filme, uma mulher entrega uma recompensa.
  • Obi-Wan salva uma pessoa da realeza nos primeiros filmes da primeira e da segunda trilogia.
  • Na primeira aparição de Qui-Gon e Obi-Wan, estes tiram seu capuz para revelar o rosto; da mesma forma como Obi-Wan em sua primeira aparição em Uma Nova Esperança.

TriviaEditar

  • Star wars episódio 1 3D

    O pôster para o relançamento do filme em 3D nos cinemas.

Na cena em que a Rainha Amidala declara o Voto de Desconfiança, um grupo de alienígenas no Senado Galáctico se assemelha aos de E.T. o Extra-Terrestre. Também é visível alguns Wookieee, que pela primeira vez em 20 não são atuados por Peter Mayhew.

  • A criatura jogada da varanda de Jabba faz um barulho semelhante ao de um dróide astrométrico.
  • Vários personagens fazem sua primeira aparição cronológica nesse filme, incluindo C-3PO, Bib Fortuna, Obi-Wan Kenobi, Palpatine/Darth Sidious, Jabba the Hutt, R2-D2, Anakin Skywalker e Yoda.
  • No fim dos créditos, é possível ouvir a inesquecível respiração de Vader.
  • Este foi o primeiro filme desde Episódio IV: Uma Nova Esperança que não terminou com nenhuma forma de diálogo ou monólogo, apenas com uma palavra do Chefe Nass: Paz!
  • O abrir e fechar de um guarda-chuva fez o som das asas de Watto.
  • Darth Maul pisca apenas uma vez, segundos antes de ser morto por Kenobi.
  • O título inicial temporário era O Começo.
  • Jar Jar Binks foi muito criticado pela comunidade afro-caribenha, já que a cultura de sua ilha foi caracterizada como imbecil e incompetente.
  • Natalie Portman perdeu a premiere do filme para estudar para os exames finais do colegial.
  • O duelo entre Darth Maul contra Qui-Gon e Obi-Wan demorou um mês para ser feito, já que é o primeiro duelo triplo da saga.
  • Quando os Jedi salvam a rainha dos dróides, Qui-Gon lança um dos dróides, que emite um som parecido com o de Homer Simpson': "D'oh!"
  • O nome de Mace Windu nunca foi pronunciado no filme, nem mesmo nas cenas do Conselho Jedi.Ele foi ouvido bem no final do filme, quando Yoda conversa com Obi-Wan sobre o treinamento de Anakin.
  • Pouco antes de Padmé e seus guardas serem capturados por Droidekas no palácio, olhe para o fim do corredor. E difícil, mas possível ver a silhueta de George Lucas.
  • Este é o único filme em que Obi-Wan aparece sem barba.
  • Na cena em que Darth Sidious e Darth Maul estão em Coruscant, é a única em que Sidious não aparece em holograma.
  • Todos os gungans foram baseados na imagem CGI de Jar Jar.
  • Nathan Hamill, o filho de Mark Hamill faz uma aparição como espectador da corrida e guarda do palácio.
  • Na cena em que Sidious conversa com Darth Maul, existem várias naves voando ao fundo. Uma delas é a Discovery, de 2001: A Space Odyssey. Ela voa da esquerda para a direita e some antes do fim da cena.
  • Enquanto Qui-Gon e Watto discutem sobre o hyperdrive, é visível um pod de fuga da 2001: A Space Odyssey em uma pilha de lixo ao fundo.
  • Jabba o Hutt é creditado atuando si mesmo.
  • Principe Xizor aparece em uma das bancadas da corrida de pods.
  • Este é o unico filme em que Anakin Skywalker/Darth Vader não usa um sabre-de-luz.
  • Um dos mitos incluem que uma versão digital da Enterprise de Jornada nas Estrelas foi colocada no meio do trafego aéreo de Coruscant, junto com a primeira nave de Kyle Katarn.
  • Os sons dos tanques da Federação são de um barbeador elétrico ligado dentro de uma saladeira de metal.
  • Os movimentos de Jar Jar durante a batalha contra os dróides remetem às comédias mudas feitas na época da Primeira Guerra Mundial.
  • As videoconferências entre a Rainha Amidala e a nave da federação começam e terminam com imagens e sons que remetem às vídeo-conversações da série de cinema Flash Gordon, dos anos 30.
  • Padmé, o nome da rainha Amidala, é o termo em sânscrito para "lótus". Yoda é o termo em sânscrito para "guerreiro".
  • George Lucas filmou duas cenas do Episódio I em película (o resto do filme é digital) e desafia os fãs a dizer quais são.
  • O vestido que a Rainha Amidala usa na cena do trono levou oito semanas para ser feito.
  • Ao contrário do que muitos imaginam George Lucas atuou como diretor somente em A Nova Esperança. Nos Episódios V e VI, ele somente supervisionou a direção. Somente a partir de Ameaça Fantasma e Ataque dos Clones que ele então retomou como diretor.
  • Apenas 5% das cenas de A Ameaça Fantasma não passaram por algum tipo de intervenção digital. Hoje em dia, uma produção típica de Hollywood conta em média com 250 efeitos especiais. Titanic tem 500 e A Ameaça Fantasma, 1950. O filme foi rodado em dois meses, mas foram necessários dois anos, antes e depois das filmagens, para que a equipe da Industrial Light & Magic, o estúdio de George Lucas, executasse todos os truques adicionais. Ao final, eles haviam criado digitalmente três planetas, 65 cenários e 140 monstros.

Trilha sonoraEditar

Duas trilhas sonoras foram lançadas separadamente. A primeira, tradicional, possui 17 músicas. A segunda, a Suprema Edição de Colecionador, possui 18 músicas, incluindo algumas que foram cortadas do filme

Maiores temasEditar


Episódios de Star Wars
Episódio I:
A Ameaça Fantasma
Episódio II:
Ataque dos Clones
Episódio III:
A Vingança dos Sith
Episódio IV:
Uma Nova Esperança
Episódio V:
O Império Contra-Ataca
Episódio VI:
Retorno de Jedi

Rede da Wikia

Wiki Aleatória