FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-real30px-FeaturedIcon

Este artigo é sobre a série de TV. Você pode estar procurando filme ou outros usos do termo.
YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Este artigo ou seção precisa ser expandido.
Por favor, atualize este artigo adicionando as informações faltantes. Você também pode checar a página de discussão desta página. Remova esta mensagem quando terminar.

Z-95 Headhunter Conteúdo se aproximando. Classe The Clone Wars: Quinta Temporada, The Clone Wars: Sexta Temporada.

Partes deste artigo foram identificadas como desatualizadas.
Por favor, atualize este artigo com os eventos recentes e remova este aviso quando terminar.

Star Wars: The Clone Wars é uma série animada de TV ambientada na galáxia de Star Wars. Ela estreou no Cartoon Network em 3 de outubro de 2008. Mostra os eventos entre Ataque dos Clones e A Vingança dos Sith, cobrindo o período do que seria a terceira temporada da série de televisão de 2003, “Star Wars: Clone Wars” A segunda temporada estreou em 2 de outubro de 2009 e a terceira estreou em 17 de setembro de 2010, e a quarta temporada estreou em 16 de setembro de 2011, quase 1 ano após a estréia da terceira.

A série trata dos vários conflitos entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes, sendo as duas manipuladas secretamente pelo Chanceler Supremo Palpatine, também conhecido como Darth Sidious, que planeja transformar o Cavaleiro Jedi Anakin Skywalker em seu novo Aprendiz Sith. A série é produzida em Alta Definição (HD), com episódios com duração média de 22 minutos como as séries animadas anteriores Star Wars: Droids e Star Wars: Ewoks.

Em 11 de Março de 2013, foi anunciado que a produção de novos episódios para o Cartoon Network foi suspendido, seguindo o lançamento da quinta temporada da série. Os episódios finais da série, que seriam lançados como parte da sexta temporada, serão lançados no início de 2014.[1]

EpisódiosEditar

Temporada Episódios Primeira Exibição Última Exibição
Primeira 22 13 de fevereiro de 2009 3 de julho de 2009
Segunda 22 4 de abril de 2010 22 de agosto de 2010
Terceira 22 3 de abril de 2011
Quarta 22 4 de junho de 2012 3 de julho de 2012
Quinta 20 06 de maio de 2013 31 de maio de 2013

Embora a série tenha sido criada em formato de série/antológica, cada episódio foi feito para ser assistido de maneira separada, sem precisar ter assistidos os anteriores, cada um com uma narração de abertura e uma moral. Henry Gilroy ganhou inspiração para cada título de episódio dos seriados de ficção científica da década de 1930. Em agosto de 2010, 70 episódios (incluindo os quatro que foram transformados no filme) tinham sido produzidos. Os mesmos foram produzidos em widescreen. As três primeiras temporadas tinham sido completadas e esta última começou a ser exibida em 17 de setembro de 2010. Lucas espera que a série seja exibida por quatro ou cinco anos, mas ainda vai produzir 100 episódios, independente da aceitação.

TCW cast of characters

Os personagens principais da série

A série estreou com o filme de mesmo nome nos cinemas em 15 de agosto de 2008. A história da foco primeiramente em Obi-Wan Kenobi, Anakin Skywalker e Ahsoka Tano. Entretanto, a série de TV examina a guerra de um ponto de vista mais amplo e dá foco também em outros personagens e eventos. A primeira temporada, que começa onde termina o filme, consiste de 22 episódios.

Para acompanhar os episódios, StarWars.com está hospedando uma história em quadrinhos web semanal, assim como um podcast chamado HoloNet News. Cada episódio está disponível no iTunes no dia seguinte à estréia, e no StarWars.com e CartoonNetwork.com uma semana depois da estréia.

“The Clone Wars: Decoded” é uma re-seleção da primeira temporada de The Clone Wars, com a adição de pop-up contendo caixas de trivia especiais e por trás das cenas com informações relativas a cada episódio. Alguns deste são apresentados com anotações “em-universo” pelos personagens de cada episódio, como se fosse acessada a partir de um arquivo histórico de eventos durante as Guerras Clônicas. Entretando, é duvidoso que todas as anotações devam ser consideradas “canônicas”. The Clone Wars: Decoded estreou em 1º de maio de 2009, e continuou a passar toda sexta-feira as 21:00hs. “Decoded” continuou até 2 de outubro de 2009, na estréia da Segunda Temporada. No total, dezessete “Decoded” episódios foram ao ar – os primeiros quatorze episódios da primeira temporada, mais os episódios dezesseis, dezoito e vinte e dois.

1ª Temporada: 2008-2009Editar

  1. Emboscada (Ambush)
  2. Ascensão da Malevolência (Rising Malevolence)
  3. Escuridão da Malevolência (Shadow of Malevolence)
  4. A Destruição da Malevolência (Destroy Malevolence)
  5. Recrutas (Rookies)
  6. A Queda dos Droides (Downfall of a Droid)
  7. O Duelo de Droides (Duel of the Droids)
  8. Jedi Bombad (Bombad Jedi)
  9. O Disfarce das Trevas (Cloak of Darkness)
  10. A Toca de Grevious (Lair of Grievous)
  11. Dookan Capturado (Dooku Captured)
  12. General Gungan (Gungan General)
  13. O Impacto Jedi (Jedi Crash)
  14. Defensores da Paz (Defenders of Peace)
  15. Transgressão (Trespass)
  16. O Inimigo Escondido (The Hidden Enemy)
  17. Ascensão do Vírus Azul (Blue Shadow Virus)
  18. O Mistério das Mil Luas (Mystery of a Thousand Moons)
  19. Tempestade Sobre Ryloth (Storm Over Ryloth)
  20. Os Inocentes de Ryloth (Innocents of Ryloth)
  21. A Libertação de Ryloth (Liberty on Ryloth)
  22. Crise de Reféns (Hostage Crisis)

2ª Temporada: 2009-2010Editar

  1. Holocron Roubado (Holocron Heist)
  2. Carga da Destruição (Cargo of Doom)
  3. Filhos da Força (Children Of The Force)
  4. Espiã do Senado (Senate Spy)
  5. Desembarque no Ponto Chuva (Landing at Point Rain)
  6. Fábrica de Armas (Weapons Factory)
  7. Legado do Terror (Legacy of Terror)
  8. Invasores do Cérebro (Brain Invaders)
  9. Intriga de Grievous (Grievous Intrigue)
  10. O Desertor (The Deserter)
  11. Sabre de Luz Perdido (Lightsaber Lost)
  12. A Trama de Mandalore (The Mandalore Plot)
  13. Viagem da Tentação (Voyage of Temptation)
  14. Duquesa de Mandalore (Duchess of Mandalore)
  15. Assassinatos no Senado (Senate Murders)
  16. Gato e Rato (Cat and Mouse)
  17. Caçadores de Recompensa (Bounty Hunters)
  18. A Fera Zillo (The Zillo Beast)
  19. A Fera Zillo Contra-Ataca (The Zillo Beast Strikes Back)
  20. Armadilha Mortal (Death Trap)
  21. R2 Volta Pra Casa (R2 Come Home)
  22. Perseguição Letal (Lethal Trackdown)

3ª Temporada: 2010-2011Editar

  1. Cadetes Clone (Clone Cadets)
  2. Soldados ARC (ARC Troopers)
  3. Rotas de Suprimento (Supply Lines)
  4. Esfera de Influência (Sphere of Influence)
  5. Corrupção (Corruption)
  6. A Academia (The Academy)
  7. Assassina (Assassin)
  8. Planos Malignos (Evil Plans)
  9. Caça a Ziro (Hunt for Ziro)
  10. Heróis em Ambos os Lados (Heroes On Both Sides)
  11. Busca da Paz (Pursuit of Peace)
  12. Nightsisters (Nightsisters)
  13. Monstro (Monster)
  14. Bruxas da Névoa (Witches of the Mist)
  15. Os Soberanos (Overlords)
  16. Altar de Mortis (Altar of Mortis)
  17. Fantasmas de Mortis (Ghosts of Mortis)
  18. A Cidadela (The Citadel)
  19. Contra-ataque (Counterattack)
  20. Resgate na Cidadela (Citadel Rescue)
  21. Padawan Perdida (Padawan Lost)
  22. Caça Wookiee (Wookiee Hunt)

4ª Temporada: 2011-2012Editar

  1. Guerra Aquática (Water War)
  2. Ataque Gungan (Gungan Attack)
  3. Prisioneiros (Prisoners)
  4. O Guerreiro das Sombras (Shadow Warrior)
  5. Missão Misericórdia (Mercy Mission)
  6. Droides Nômades (Nomad Droids)
  7. Escuridão em Umbara (Darkness on Umbara)
  8. O General (The General)
  9. Plano da Discórdia (Plan of Dissent)
  10. Carnificina de Krell (Carnage of Krell)
  11. Raptados (Kidnapped)
  12. Escravos da República (Slaves of the Republic)
  13. Fuga de Kadavo (Escape from Kadavo)
  14. Um Amigo em Apuros (A Friend in Need)
  15. Fraude (Deception)
  16. Amigos e Inimigos (Friends and Enemies)
  17. A Caixa (The Box)
  18. Crise em Naboo (Crisis on Naboo)
  19. Massacre
  20. Recompensa (Bounty)
  21. Irmãos (Brothers)
  22. Vingança (Revenge)

5ª Temporada: 2012-2013Editar

  1. Reencontro (Revival)
  2. Uma Guerra em Duas Frentes (A War on Two Fronts)
  3. Fugitivos da Frente (Front Runners)
  4. A Guerra Branda (The Soft War)
  5. Pontos Críticos (Tipping Points)
  6. O Encontro (The Gathering)
  7. Um Teste de Força (A Test of Strength)
  8. Rumo ao Resgate (Bound for Rescue)
  9. Um Vínculo Necessário (A Necessary Bond)
  10. Armas Secretas (Secret Weapons)
  11. Um Dia Ensolarado no Vazio (A Sunny Day in the Void)
  12. Perdido em Ação (Missing in Action)
  13. Ponto sem Retorno (Point of No Return)
  14. Eminência (Eminence)
  15. Sombras da Razão (Shades of Reason)
  16. O Sem-lei (The Lawless)
  17. Sabotagem (Sabotage)
  18. A Jedi que Sabia Demais (The Jedi Who Knew Too Much)
  19. Capturar uma Jedi (To Catch a Jedi)
  20. A Jedi Errada (The Wrong Jedi)

6ª Temporada: 2014 Editar

  1. Desconhecido (The Unknown)
  2. Conspiração (Conspiracy)
  3. Fugitivo (Fugitive)
  4. Ordens (Orders)
  5. Um velho amigo (An old Friend)
  6. A ascensão de Clovis (The Rise of Clovis)
  7. Crise no Coração (Crisis at the Heart)
  8. Desaparecido, parte I (The Disappeared, part I)
  9. Desaparecido, parte II (The Disappeared, part II)
  10. O último (The Lost One)
  11. Vozes (Voices)
  12. Destino (Destiny)
  13. Sacrifício (Sacrifice)

ElencoEditar

Samuel L. Jackson expressou interesse em dublar seu personagem na série Mace Windu, e acabou dublando o personagem para o filme. Hayden Christensen também expressou interesse em dublar seu personagem Anakin Skywalker, mas não foi chamado para retornar.

ProduçãoEditar

"É muito Star Wars. Não é uma, você sabe, comédia South Park. Não é um show de meninas como Hannah Montana. É tipo a primeira série animada dramática que é, hum, PG-13, então ele realmente não precisa passar tarde da noite, não passa nas tardes de sábado, ele realmente não passa em nenhum lugar. Eu não sei o que vamos fazer com isso, mas nós estamos tendo um trabalho infernal e... um bom tempo fazendo isso. "
George Lucas em 1º de Maio de 2007[fonte]
3DYoda

A primeira imagem liberada da série.

George Lucas primeiro queria criar uma série animada de Clone Wars em 2002, “Star Wars: Clone Wars” foi lançada em 2003 até 2005. Ele anunciou sua idéia para “Star Wars: The Clone Wars” em Abril de 2005 no “Star Wars” Celebration III: “Vocês sabem que estamos trabalhando em uma continuação em 3D para a série piloto que foi exibida no Cartoon Network, nós provavelmente não iremos iniciar o projeto para o ano que vem”. Ele creditou o sucesso da série original de “Clone Wars” à gênese do projeto. Na Comic-Con de 2005, Steve Sansweet confirmou que a pré-produção da série tinha começado. Ele descreveu a cara da nova série como “uma mistura do anime asiático com um estilo de animação 3D único”. O vice-presidente da Lucasfilm Animation e Gerente Geral Gail Currey teve uma reação positiva ao tratamento inicial dos episódios para a série. Muitos artistas digitais e outros produtivos e criativos talentos foram contratados da Califórnia e Singapura para trabalhar na série. Ela é realizada em um projeto de animação 3D computadorizado pela nova divisão Lucasfilm Animation nas localizações de Califórnia e Singapura. Nem Genndy Tartakovsky (diretor da série original Clone Wars) new Nelvana Ltda. (produtora de toda animação pré-Clone Wars) estão envolvidos com a produção, mas o designer de personagens Kilian Plunkett se refere ao desenho de personagens da série “Clone Wars” original quando desenha os personagens para a nova série. O estilo de animação foi inspirado também na séries espaciais da década de 60, como “Thnderbirds”.

LWF

(esquerda para direita) George Lucas, Dave Filoni e Catherine Winder discutindo a série.

Lucasfilm Ltd. e Lucasfilm Animation usaram o software Autodesk para animar o filme e a série. O programa de modelagem 3D, Maya foi utilizada para criar os mais detalhados mundos, personagens e criaturas. Desde 15 de fevereiro de 2006, Lucas Animation esteve trabalhando nos testes de animação e nos scripts iniciais, com Lucas participando da maior parte de todo o processo. Catherine Winder revelou posteriormente no Celebration IV que Lucas estava muito mais focado na história, e Lucas e Winder trabalharam nos scripts juntos com os escritores. Em termos de história e cinematografia, a série não é dirigida com uma série animada, e sim como se fosse uma série live-action. Na Comic-Con 2006, Sansweet prometeu que as imagens seriam mostradas na Celebration IV, e revelou que a série se passa durante as Guerras Clônicas depois de Anakin Skywalker ter alcançado o status de Cavaleiro Jedi. O primeiro grupo de scripts estava completo, e os episódios iniciais estavam sendo trabalhados.

"Dave, eu tenho até meia-noite. Vamos jogar"
George Lucas[fonte]

Dave Filoni foi contratado como diretor de supervisão, e era familiar aos projetos de animações anteriores de Star Wars.

Durante a Imagina 2007, Rob Coleman revelou que George Lucas estava extremamente envolvido em cada passo da produção, do script ao complemento final. Em termos de efeito, não tinha nenhum rotoscópio envolvido em nenhuma imagem da série. Contudo, ILM não usou captura de movimento. Script, desenho de personagens e direção de arte foram feitas na ILM, com animação e renderização sendo feita em Singapura. A montagem final de cada episódio foi feita no Rancho Skywalker. Em 31 de agosto, o envolvimento de Lucas resultou na regravação da maioria dos scripts, como Lucas insitiu em um maior desenvolvimento de personagens e que o show não poderia ser baseado em apenas uma localidade, mas no maior número possível para fazer a história ser o mais interessante possível para o espectador. Na apresentação de 3 de março de George Lucas no William S. Paley Television Festival, ele discursou sobre a estrutura dos episódios da série, e que a mesma não seria focada na história do Skywalker. Citações específicas foram sobre a existência de “episódios com nada além de Tropas Clone” e um “episódio somente sobre Kit Fisto”. Naquele momento, não existia nenhuma rede de televisão para a série. Em uma entrevista de setembro de 2007, Lucas disse que “nós estamos no episódio 40 neste momento. Nós provavelmente estaremos com 50 ou 60 episódios antes de começarmos a colocar a série no ar. Nós gostaríamos de coloca-la no próximo outono, mais ou menos daqui a um ano, mas vamos ver o que acontece.” A série utiliza idéias de Lucas não utilizadas nos projetos anteriores de Star Wars.

Diretores:Editar

Escritores:Editar

Produtores:Editar

Editor de Filme:Editar

Gestão de Produção:Editar

Diretor de Segunda Unidade ou Assistente de Direção:Editar

Departamento de Arte (Storyboard / Pré-visualização):Editar

Departamento de som:Editar

Efeitos Visuais:Editar

Departamento de animação:Editar

Departamento Editorial:Editar

Outras equipes:Editar


LançamentoEditar

SWTCW-poster

Pôster exclusivo da Celebration IV para a série

Embora a série teve seu primeiro anúncio em abril de 2005, Lucasfilm revelou pouca coisa sobre ela até o Toy Fair 2007, durante o qual os fãs tiveram a primeira visão da série animada em 3D.

Yoda. Em uma atualização regular no StarWars.com algumas semanas antes do Celebration IV em 2007, os fãs foram informados que a produtora executiva Catherine Winder e o diretor supervisor Dave Filoni iram fazer uma apresentação da série no Celebration IV. Foi realizada no domingo 27 de maio de 2007, no Celebration Theater (sala 408AB). Winder e Filoni explicaram as origens da série e do processo de duração durante os dois anos anteriores. Os dois também exibiram a série para os participantes, que depois foi postada no StarWars.com. Antes do lançamento do trailer, o site tinha postado um banner prometendo uma “surpresa” a ser postada no site no dia 27 de maio. Cópias do primeiro pôster oficial para o filme foram distribuídas a todos os participantes da apresentação. Os dois também realizaram apresentações semelhantes no Celebration Europe em julho de 2007. StarWras.com criou uma nova seção no site dedicada a “The Clone Wars”, que é atualizada regularmente com conteúdos relevantes, incluindo novos artigos, vídeos de por trás das cenas, e posts no blog por Pete Vilmur.

TelevisãoEditar

Após a conclusão dos primeiros vinte e dois episódios, Lucas ofereceu a série para vários canais. Entretanto, ele teve dificuldade em escolher um canal devido ao fato que a série tem um tom diferente em relação a maioria das séries animadas. Fox Broadcasting não aceitou e Cartoon Network estava inicialmente inseguro. Várias redes, eventualmente, entraram em guerra de ofertas para a série. Cartoon Network e TNT ganharam os direitos de transmissão, com a Warner Brothers distribuindo o filme de estréia. Warner tinha acompanhado o desenvolvimento da série e decidiu pelo lançamento no cinema depois de ver algumas imagens. Stuart Snyder, que supervisiona Cartoon Network e outras redes pagas da Turner Broadcasting System, disse que ficou interessado na nova série de “Clone Wars” imediatamente ao iniciar os trabalhos em maio de 2007. Snyder voou para São Francisco, Califórnia para ver alguns episódios e disse a George Lucas que o único lugar que ele queria ver a série seria no Cartoon Network. Foi anunciado em 12 de fevereiro de 2008 que o filme estrearia nos cinemas em 15 de agosto de 2008, com a séire de TV estreando no outono. Este anúncio foi acompanhado por uma atualização no kit do fã-clube on-line Hyperspace, e uma oferta de camisetas do Capitão Rex e da Ahsoka Tano para os membros do Hyperspace. Cartoon Network exibiu os episódios na noites de sexta-feira, devido aos dias das escolas. “The Clone Wars” estreou em 3 de outubro de 2008, às 21:00 no Cartoon Network. Stuart Snyder também programou “Os Sábados Secretos” e “Bem 10: Força Alienígena” para criar um bloco de ação-aventura nas noites de sexta-feira em uma tentativa de rejuvenescer o Cartoon Network e competir com outros canais como Nickelodeon e Disney Channel. Snyder expressou confidencialmente que a série ajudaria a aumentar a audiência: “Você me pegou em um momento onde eu tenho um sorriso no meu rosto por causa de nossos resultados internos”, disse Snyder. “Eu posso dizer que há um pouco para se gabar sobre o terceiro trimestre para nós.”

No Canadá, a primeira temporada foi ao ar no CTV e SPACE, enquanto que a segunda foi ao ar pelo Teletoon, que reprisou a primeira temporada como parte do seu bloco “Final de Semana de Força e Ação”. Na Austrália, ela foi ar no canal Ten.But em 13 de abril de 2011. ABC3 irá exibir a primeira temporada. A série foi ao ar pela primeira vez no Reino Unido pela Sky Movies Premiere e Premiere HD todo sábado às 17:30 com o primeiro episódio sendo exibido em 25 de outubro de 2008. Assim como todos os programas no Sky Movies, ela exibia o episódio nos primeiros 22 minutos do seu slot de 30 minutos com anúncios sendo mostrados no final, sem interrupção nos episódios.

MarketingEditar

The Clone Wars TV

Imagem de marketing para a Primeira Temporada da emissora norueguesa da série.

De acordo com o co-diretor da série, Rob Coleman, algumas licenças tiveram uma reação muito positiva sobre as primeiras exibições da série. Sue Rostoni expôs pela primeira vez em junho de 2007 que um programa de publicação baseado na série era possível, mas ainda não tinha sido discutido. No verão de 2008 foi anunciado que um seriado de romance de cinco livros seria lançado paralelo a série de TV. O primeiro livro da série, Star Wars: The Clone Wars, escrito por Karen Traviss é uma romantização do filme cinematográfico que deu início a série de tv. Os quatro livros subseqüentes recontam a história da série em si. O segundo livro da série, “The Clone Wars: Wild Space,” é autorado por Karen Miller. Karen Traviss escreveu o terceiro fascículo que foi intitulado The Clone Wars: No Prisoners, o quarto, intitulado Clone Wars Gambit: Stealth e o quinto, Clone Wars Gambit: Siege.

RiseOfTheBountyHunters-CN

Pôster promocional do Cartton Network para a Segunda Temporada: A Ascensão dos Caçadores de Recompensas

Uma série em quadrinhos foi publicada pela Dark Horse Comics com o trabalho de arte baseado no estilo visual da série. The Clone Wars comics teve doze capítulos lançados. Uma série de romances gráficas também foi publicada pela Dark Horse. Existe também um volume que foi feito para o Free Comic Book Day.

LucasArts lançou três jogos de vídeo game. Star Wars: The Clone Wars: Jedi Alliance, feito para Nintendo DS, incluindo um enredo envolvendo as Irmãs da Noite de Dathomir. Star Wars: The Clone Wars: Lightsaber Duels foi feito para Wii e utiliza o controle do Wii para simular combates com Sabre de Luz durante os eventos do filme e partes da série de TV. O terceiro jogo, Star Wars: The Clone Wars: Republic Heroes, que é baseado na série, foi lançado em 6 de outubro de 2009, que tem lugar entre a primeira e a segunda temporada.

Hasbro lançou uma linha de brinquedos baseada na série, continuado do filme, que continua durante toda a execução da série. Um certificado de resgate da Hasbro vazou com o logotipo da série podendo implicar no lançamento de um boneco antes da série (possivelmente Kit Fisto).

Em 4 de julho de 2008, Lucasfilm patrocinou uma exibição de “Star Wars: The Clone Wars” no Centro Espacial de Houston.

Vídeo domésticoEditar

Warner Brothers possui os direitos de vídeo doméstico e em 24 de março de 2009, lançou os primeiros quatros episódios, Ambush, Rising Malevolence, Shadow of Malevolence e Destroy Malevolence em DVD com o título “The Clone Wars: Uma Galáxia Dividida”. Uma segunda compilação, intitulada “The Clone Wars: Clone Commandos”, contendo os episódios Rookies, Storm Over Ryloth, Innocents of Ryloth e Liberty on Ryloth foi lançado em 15 de setembro de 2009. Adicionalmente, uma caixa, “Star Wars: The Clone Wars: A primeira temporada completa”, contendo toda a primeira temporada foi lançada no Reino Unido em 2 de novembro de 2009 e nos Estados Unidos em 3 de novembro. Este lançamento, entretanto, não continha a versão “Decoded” dos episódios da primeira temporada. Uma segunda caixa, “Star Wars: The Clone Wars: A segunda temporada completa” contendo todos os episódios da segunda temporada foi lançada nos Estados Unidos em 26 de outubro de 2010 e no dia 25 no Reino Unido.

RecepçãoEditar

Cartoon Network exibiu um episódio para os críticos, como parte do TCA Tour de 2008. O episódio recebeu críticas positivas. A série estreou em 3 de outubro de 2008 com o episódio “Ambush” (Emboscada) , que trouxe 3,96 milhões de expectadores, e foi a estréia de série de maior audiência do canal. A segunda temporada estreou em 2 de outubro de 2009 com os episódios "Holocron Heist" e "Cargo of Doom", com uma média de 2,58 milhões de expectadores.

O episódio da primeira temporada "Lair of Grievous" ganhou o Golden Reel Award pela melhor edição de som em uma animação de TV. A série foi indicada para o Saturn Award 2009 como “Melhor Série de TV a Cabo”. Em 2008, IGN listou “The Clone Wars” como 89º (de 100) melhor série animada de todos os tempos. Em comparação, a série original Clone Wars ficou em 21º (de 100).

ContinuaçãoEditar

Republic Y-wing

Arte de concepção da nave da República Y-wing fighter para aparecer na série.

De acordo com os criadores da série, continuação com as outras obras do Universo Expandido está sendo levado muito a sério pelos criadores da série, com Dave Folini sendo bem familiarizado com o Universo Expandido. Entretanto, Lucas tem o direito de fazer pequenos ajustes para o bem da história. Adicionalmente, ele era diretamente consultado quando se lidava com os personagens principais.

De acordo com um post na internet em novembro de 2006, feito por Randy Stradley, editor e autor da Dark Horse Comics, ele teve uma reunião com a Lucas Animation para discutir a integração da série com os quadrinhos de Clone Wars.[2] Contudo, o filme e a série de TV um número de inconsistências de continuidade, muitos dos quais contradizem diretamente fontes anteriores e requerem uma continuidade retroativa e grandes mudanças na linha do tempo previamente estabelecida das Guerras Clônicas, que estão ainda a ser determinado pelo Guardião do Holocron. Leland Chee indicou que eles vão esperar até que a série esteja praticamente concluída antes da emissão de “uma linha do tempo renovada.”[3]

VentressKissColt-ARCT

Na Terceira Temporada, uma cena, em que Ventress beija um Clone que ela matou, foi censurada pelo Cartoon Network do episódio ARC Troopers.

Lucasfilm confirmou com a Guia de TV que “The Clone Wars” não irá substituir a série original “Clone Wars” em continuação, mas ao invés disso, irá expandir o que a série original estabeleceu. Contudo, Dave Filoni defendeu quaisquer diferenças na continuidade: "Mas nunca terá uma conexão implícita entre as micro-séries que o Cartoon Network fez anteriormente e a série que estamos fazendo agora. Eu particularmente como fã nunca penso nisto como desacreditar nenhum outro material, é somente um outro material de um ponto de vista diferente, um olhar diferente na guerra e sobre a guerra. Isso é um universo sempre em expansão em diversas maneiras."[4] Apesar disto, contudo, quase todos os conteúdos precedentes da era das Guerras Clônicas está sendo retroativamente continuados para combinar com a nova série, seja apenas por mudança de linha do tempo ou por outros fatores. Um exemplo de uma contradição direta entre “The Clone Wars” e “Clone Wars” é o uso do Interceptador Eta-2 classe Actis no mesmo ponto da linha do tempo em que Anakin é nomeado Cavaleiro Jedi [5], enquanto que em “The Clone Wars” o Interceptador leve Delta-7 classe Aethersprite é usado, que foram ostensivamente usado antes da Eta-2. Somado a isso, alguns elementos de G-canon que funcionam como a romantização do Episódio III estão sendo retroativamente continuados. Por exemplo, na romantização, Anakin comenta que ele apenas tinha lido sobre Grievous e os MagnaGuarda em um relatório de inteligência, apesar de ter lutado contra eles na série.[6] Outra continuação errada que foi muito noticiada é o fato de Anakin tem sua cicatriz que ele recebeu logo após a Batalha de Rendili de Asajj Ventress. Ele, então, tendo ferido Ventress tão severamente, ela foi forçada a se recuperar até a Batalha de Boz Pity, depois que ela desertou da CIS e da guerra para o bem. Entretanto, como ele foi originalmente apresentado para receber sua cicatriz em 19 ABY, a série se passa ainda em 21 ABY, este é um erro de continuidade gritante.

Naquela apresentação no Celebration IV, Filoni mostrou uma série de slides mostrando vários desenhos de personagens para a série—afirmando que iria partilhar algumas das estilizações do “Clone Wars” original, mas iria ter também algumas das imagens realísticas do filme. Ele afirmou, no entanto, que os elementos da série será um pouco diferente do que foi previamente estabelecido na continuidade. Várias mudanças foram feitas da série original; Obi-Wan não se veste tanto como sua armadura de geral clone,[7] General Grievous terá uma tosse, aparentemente, antes da Batalha de Coruscant [7] e os estilos de lutas Jedi estão mais parecidos com os filmes, e não como as habilidades Jedi exageradas retratadas na série original de 2003. Somado a isso, um duelo envolvendo Anakin Skywalker e Conde Dookan pode dar um novo significado nas falas dos dois personagens em “A Vingança dos Siths.”

AniObiAhsoka-TCWs3

A "nova aparência" dos heróis de The Clone Wars

Em 8 de agosto de 2009, a autora de Republic Commando, Karen Traviss afirmou que ela estava deixando a franquia Star Wars devido a problemas de continuidade alegada levantada com a publicação de The Art of Star Wars: The Clone Wars,[8] que incluiu informações sobre os Mandalorianos que entraram em confronto com a continuidade criada por seus romances, mais especificamente em referência a trilogia de episódios envolvendo Mandalore na segunda temporada ("The Mandalore Plot", "Voyage of Temptation", e "Duchess of Mandalore") em que a principal facção Mandaloriana é retratada como uma sociedade pacifista vivendo em arcologias em Mandalore, que é retratado como um deserto radioativo, contradizendo todas as aparências anteriores.[9] Leland Chee[10] e Sue Rostoni afirmam que as complicações serão eventualmente trabalhadas.[11]

Em 2003, o livro de referência Inside the Worlds of Star Wars: Attack of the Clones estabeleceu que o Mestre Jedi Eeth Koth morreu durante a Batalha de Geonosis quando sua nave foi abatida pelo fogo inimigo. Contudo, o personagem “ressuscitou” para o projeto; ele foi primeiro mencionado lutando nas Guerras Clônicas na romance de 2008 The Clone Wars: Wild Space e mais tarde foi proeminentemente caracterizado no episódio "Grievous Intrigue" da segunda temporada.

A terceira temporada viu uma evolução na aparência dos personagens principais. A nova vestimenta de Ahsoka Tano representou um olhar mais maduro e adulto. As roupas de Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi foram ajustadas para parecerem mais com as roupas utilizadas na “Vingança dos Sith”.[12]

O episódio da terceira temporada, "Citadel Rescue," mostrou a morte do Mestre Jedi Even Piell, mesmo o personagem já tendo morrido anteriormente na romance de 2008, chamada Coruscant Nights I: Jedi Twilight, escrita por Michael Reaves. Even Piell viveu durante as Guerras Clônicas e morreu durante o expurgo dos Jedi em 19 ABY em Coruscant na romance, enquanto que no episódio, ele morreu durante uma missão por volta do segundo ano da guerra

ApariçõesEditar

Chi Cho Escute dróide, traduza tudo o que eu disser
exatamente como eu disser

Este artigo ou seção não está escrito em português.
Por favor, traduza o artigo para nossa língua, seguindo o Manual de Estilo e com a gramática correta.

Por tipo [Esconder]
Personagens Criaturas Modelos de Dróides Eventos Lugares
Organizações e títulos Espécies Veículos e naves Armas e tecnologia Miscelânea

Personagens

Unidentified characters

Criaturas

Modelos de dróides

Eventos

Lugares

Organizações e títulos

Espécies

SavageOpressFull-TCW

Zabrak, Acólito Negro Savage Opress

Veículos e naves

Armas e tecnologia

Miscelânea

The Force

Notas e referênciasEditar

Links externosEditar


Star Wars: The Clone Wars
[Esconder][Fonte]
[Esconder][Fonte]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.