Wikia

Star Wars Wiki em Português

Plo Koon

Discussão0
4 365 pages em
Este wiki
30px-Era-imp
YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Esse artigo ou seção precisa ser atualizado.
Por favor expanda esse artigo adicionando as informações mais relevantes que faltam. Você também pode checar a página de discussão dessa página. Remova essa mensagem quando terminar.

Plo Koon

250px-PloKoon-Ep1IG

Informações biográficas
Planeta natal

Dorin

Data de morte

19 ABY

Descrição física
Espécie

Kel Dor

Gênero

Masculino

Altura

1,88 metros

Cor do cabelo

Nenhum

Cor dos olhos

Pretos

Informações cronológicas e políticas
Era(s)

Era da Ascensão do Império

Afiliação
Mestre(s)

Tyvokka

Aprendiz(es)

Plo Koon foi um Mestre Jedi e General durante as Guerras Clônicas. Koon foi treinado por um Wookiee chamado Tyvokka. Koon teve lugar no Alto Conselho Jedi, onde permaneceu até 19 ABY, quando ocorreu a queda da República e a ascensão do Império. Koon era um exímio piloto em seu Caça Estelar.

Koon era também padrinho de Sha Koon, Cavaleira Jedi morta no Templo Jedi em Coruscant por Darth Vader. Plo Koon foi morto durante a Ordem 66 em seu Caça Estelar. No entanto, sua nave caiu sobre um ponto de encontro do Império, matando 141 Clones. Entre o circulo íntimo de Plo, estavam os Mestres Jedi Kit Fisto, Qui-Gon Jinn, Micah Giiett, Ki-Adi-Mundi e o Saesee Tiin.

Biografia Editar

JuventudeEditar

Nativo de Dorin, da espécie Dor Kel, Plo estava acostumado a respirar em uma atmosfera contendo pouco oxigênio, forçando-o a usar uma máscara de respiração Anti-oxigênio em outros planetas. Nascido em uma família forte na Força, Plo foi identificado como um sensitívo a força foi enviado à Ordem Jedi no início de sua infância para treinamento. Como seu tio antes dele, Koon foi treinado na academia do Templo Jedi em
Plo Koon Unmasked

Plo Koon durante treinamento jedi

Coruscant a maioria de seus anos de infância, acabou passando os Treinos e se tornar elegível para ser um Padawan. Selecionada pelo estimado membro do Conselho Jedi, Mestre Jedi Tyvokka, Plo tinha a reputação de fazer distinções rápidas e claras entre o certo eo errado. Esta atitude, o fez virar amigo de Giiett, que o acompanhou em diversas missões. Durante uma missão em Shili, Plo encontrou uma Togruta sensitiva à força chamada Ahsoka Tano. Plo a levou para o Templo Jedi em Coruscant, onde foi formalmente treinada por Anakin Skywalker. Plo manteu contato com Ahsoka, e observou seu treinamento.

Cavaleiro JediEditar

Durante sua "estadia" no Conselho, Plo Koon raramente discutia e debatia assuntos pendentes, e apenas ouvia os outros discutirem. Foi durante esta mesma época que Plo fez da Trandoshana Lissarkh sua Padawan, a-treinando nos caminhos da Força. Plo estava presente quando Qui-Gon contou ao conselho sobre sua descoberta em Naboo, O Escolhido da Profecia. Antes que o Conselho chegasse á uma decisão final, Qui-Gon foi morto por Darth Maul, um assassino Zabrak, usuário da Força, o que confirmou a especulação de Qui-Gon de que os Sith haviam retornado. Á caminho para Naboo, Koon e os outros membros do Conselho Jedi deram permissão á Obi-Wan Kenobi para treinar Anakin Skywalker, o Escolhido pois fora o último desejo de Qui-Gon.

Pouco tempo depois do incidente em Naboo, Plo Koon foi para Malastare, acompanhado por Mace Windu, Yaddle, Adi Gallia, Even Piell, Ki-Adi-Mundi e A'Sharad Hett para negociar uma trégua entre os Lannik e o grupo terrorista conhecido como Red Laro. Plo aconselhou Hett á apenas olhar as obras de arte presente no estabelecimento dos Lannik. Após a primeira audiência com os Lannik, os Jedi foram para um estabelecimento menor, nos fundos, oferecido pelo Lannik Hurtar Zash. Zash e um grupo de Lanniks se voltaram contra os Jedi, e fizeram uma tentativa de assassinato múltiplo, totalmente inesperada. Os Jedi especularam que o mesmo grupo que os atacara pretendia assassinar o Príncipe Lannik, e suspeitaram que a Red Laro estava infiltrada nos estabalecimentos dos Lannik. Então, liderados por Mace Windu, fizeram seu caminho até o saguão, onde o Príncipe acabava de ser engolido por um Cachorro Akk. O líder da Red Laro também estava presente no saguão, entretanto, fugiu, deixando para trás os Jedi e os Lannik.

Guerras ClônicasEditar

176px-Plo Koon CN

Plo Koon durante as Guerras Clônicas.

"Quem espera pela maldade, não se surpreende quando ela vem"
―Plo Koon, durante as Guerras Clônicas, a bordo de seu pod de fuga

Plo Koon foi um dos 20 Jedi que voltaram com vida da Batalha de Geonosis durante as Guerras Clônicas. A Batalha deu inico ás Guerras Clônicas, na qual Plo Koon teve participação como General Jedi. Servindo como General, Plo resgatou o Senador Bail Organa ao lado de Gallia, e também acompanhado por Gallia, apoiou os Jedi Skywalker e Mundi á localizar Obi-Wan em Varonat. Também teve participação na Batalha de Breental IV, onde liderou a República para a vitória contra Shogar Tok. E ao lado de Kit Fisto, membro do Conselho Jedi, encontrou o caçador de recompensas Durge, que tentava escapar da prisão gálactica. O trancando nas catacumbas, no setor inferior á prisão, o Jedi barganhou com Durge. Em troca da localização de seus ex-comparsas, Durge teria pena reduzida.

Plo também serviu como negociador-chefe durante a Batalha de Rendili, onde foi monitorado por General Obi-Wan Kenobi e seu Padawan, Skywalker. No entanto, a tentativa de negociação falhou, e Koon fora preso por Yago, assim como Jan Donnonna, que o acompanhara na missão. No entanto, Anakin Skywalker distraiu as tropas de Yago enquanto Obi-Wan Kenobi e suas tropas resgatavam Jan e Plo.

Batalha de GeonosisEditar

Jedigeonosis

Batalha de Geonosis.

Plo, junto á outros 200 Jedi, foram reunidos por Mace Windu e Padmé Amidala na Arena Pentranaki em Geonosis. Plo e outros Jedi pousaram no planeta após desativar as suas defesas planetárias orbitais, e uma vez na arena, o time de ataque lutou com centenas de dróides de batalha. Alguns Jedi foram mortos pelo exército dróide, que era gigantesco, no entanto, Plo continuou á lutar ao lado dos Jedi. Contudo, os reforços vieram, trazidos pelo Mestre Yoda, salvando, assim, as tropas Jedi.

A caça por Boba FettEditar

250px-KoonFettOhnaka

Plo Koon leva Boba Fett á Hondo Ohnaka.

O Templo recebeu uma mensagem de Aurra Sing, que afirmava ter soldados da República reféns. Acompanhado por Tano, Plo foi até Sub-mundo de Coruscant buscar por compatriotas de Jango Fett, para conseguir encontrar Sing. Após uma série de investigações sem sucesso, Plo e Tano conseguiram encontrar o esconderijo de Sing. Plo foi sozinho até a mesa onde Sing estava, e se-sentou. Foi surpreendido por Boba Fett, que apontou uma arma para o pescoço de Plo. Tano usou seu sabre de luz para abraçar Sing por trás, em uma ameaça de matá-la, para que Boba se afastasse de Plo. No entatno, Sing atirou a mesa na direção de Plo e de Boba, e empurrou Tano para trás. Após se recuperar, Sing atirou em Tano, que desviou o tiro com seu sabre. Sing tentou correr, e Tano a-perseguiu. Assim foi com Fett, mas Plo, em um pulo, o agarrou. Plo levou Fett para Hondo Ohnaka, que convenceu Fett a revelar a localização dos soldados da República. Fett, de má vontade, revelou. Plo Koon e Ahsoka Tano o levaram para a prisão em Coruscant.

Grande Purgo JediEditar

Plo Koon morreu em seu Caça Estelar, durante a Ordem 66, que ordenava os Clones a matarem seus Generais Jedi. A parte traseira de seu Caça estava em chamas, e Plo Koon morreu antes de atingir o chão. No entanto, sua nave caiu sobre um ponto de encontro do Império, matando 141 Clones.

ApariçõesEditar

Rede da Wikia

Wiki Aleatória