Wikia

Star Wars Wiki em Português

Orgus Din

Discussão0
4 397 pages em
Este wiki
30px-Era-old
Orgus Din

363px-OrgusDin

Informações biográficas
Data de morte

c. 3,641 BBY

Descrição física
Espécie

Humano

Gênero

Masculino

Cor do cabelo

Careca, mais tarde cinza escuro

Cor dos olhos

Castanho

Cor da pele

Clara

Informações cronológicas e políticas
Era(s)

Era da Velha República

Afiliação
Aprendiz(es)
"Naves de guerra! Fomos tolos em confiar nos Sith!"
―Orgus, durante o Saque de Coruscant[fonte]

Orgus Din foi um Mestre Jedi Humano que viveu nos tempos da Grande Guerra Galáctica. Durante a Guerra Fria ele já fazia parte do Alto Conselho Jedi da época.

HistóriaEditar

297px-Orgus

Mestre Din durante a Grande Guerra Galática.

Orgus Din estava presente em Coruscant, tendo apenas comunicado, junto com o Tenente Harron Tavus do fim da ofensiva do Império Sith no Setor Minos, quando as forças Sith atacaram o mundo capital. Ele "saudou" o Lorde Sith Darth Angral em Coruscant enfrentando-o em combate. Angral rapidamente levou vantagem mas Din escapou com vida após o duelo ter sido interrompido por uma sonda Sith colidir. Din então fugiu diretamente ao Templo Jedi em chamas na compania de Tavus, apenas para perceber que era muito tarde para salvar seu antigo lar.

Din foi mais tarde enviado pelo Grande Mestre Zym para lidar com o problema que seu antigo Padawan, Fortris Gall, tinha causado em Balmorra. Na rota, ele encontrou e resgatou Satele Shan dos mercenarios Mandalorianos. Após ter sido informado da situação por ela, ele decidiu informar Zym. Ele finalmente encontrou-se com seu Padawan, Fortris, e decidiu assumir a evacuação do planeta. Logo depois, após ouvir a morte do grande Mestre Zym, Din perseguiu o Caçador de Recompensas responsavel em Nar Shaddaa. Após um breve mais intenso duelo, Din estava segurando seu Sabre de Luz, sobre a cabeça de Braden exigindo informações. Braden prometeu entregar as informações, assim que eles chegassem em Dantooine. Braden mais tarde escapou da custódia do Mestre Dim, Din retornou para a base republicana, aonde o Major em comando finalmente concordou com a retirada. Ele então encontrou-se com Satele, Tavus e Gall. Os três haviam recentemente posto um fim no verdadeiro culpado por trás dos rompimentos do tratado, mas não deram a Din um relatório completo sobre o assunto.

Guerra FriaEditar


684px-AngraldefeatsOrgus

Mestre Din, derrotado pelo seu inimigo de longa data, Darth Angral

Durante da Guerra Civil, Din se tornou membro do Alto Conselho Jedi e começou seus ensinamentos em Tython. Quando os Flesh Raiders começaram a invadir o templo, Orgus Din liderou muitos Jedi para defender a área, e expulsa-los do local. Quando um jovem Padawan Jedi derrotou Callef que era responsável por liderar os Flesh Raiders diretamente para o templo, Orgus descbriu que ele não era um Jedi, mas em fato um Jedi Negro. Ele acreditava que o Jedi Negro não estava sozinho, e então decidiu enviar seu Padawan para continuara procurar quem realmente era o responsável enquanto ele retornava para o templo para falar com os membros do Conselho. O Padawan de fato descobriu que o culpado era um Jedi Negro mais experiente, Bengel Morr, que foi derrotado. Pelos seus méritos Din pegou o Padawan como seu, e o direcionou-o em muitas missões, incluindo salvar Coruscant da infriltação do Lorde Sith e sua superarma Planeta Prisão.

Por fim, no entanto, seu antigo enimigo Darth Angral, pai de Tarnis, criou a mais poderosa super-arma, O Desolador, para buscar vingança e destruir Tython, na esperança de para-lo, Din e seu aprendiz infiltraram-se na nave de Angral mas lá Orgus foi morto por Angral.

Apesar de sua morte, Din se tornou um Fantasma da Força. Após seu pupilo, agora conhecido como Herói de Tython, conseguiu derrotar Angral e sobreviver a um confronto com o Imperador Sith, Din fez contato com o Cavaleiro e insistiu ao seu antigo Padawan para ir a Tatooine resgatar o Jedi Jomar Chul, que tinha parte da informação para a infiltração na Fortaleza do Imperador. Infelizmente, o Cavaleiro e o time de ataque subestimaram o poder do Imperador Galáctico e assim, sucumbiram a sua influencia, e cairam para o Lado negro da Força. Din foi capaz de quebrar o controle do Imperador sobre seu aprendiz. Ele contou ao seu aprendiz para achar "um aliado Negro" que acabaria por facilitar a aliança com o Lorde Scourge.

Traços e PersonalidadesEditar

Orgus era conhecido por ser bem firme em seus crenças entre os mais sabios do Conselho Jedi. Ele se importava com os outros e iria se culpar por seus erros, assim como a queda de Bengel Morr e é o porque de ele não ter pego um Padawan por tantos anos. Mas apesar disso, ele tinha um humor seco e tinha frequentemente uma linha de conduta astuta no caso de ele precisar, especialmente quando ele falava com seu antigo Padawan, o Herói de Tython.

Orgus era um guerreiro do começo ao fim. Um homem de ação, ele achava irritante como o Conselho Jedi conversaria horas afim quando a solução para certo problemas estava bem na frente deles. Apesar disso, ele não desrespeitava os outros mestres e nunca iria fugir do chamado. Ele também ficava preocupado quando via Jedi se apegarem, mas era o primeiro a perdoar aqueles que o faziam.

Poderes e HabilidadesEditar

Ele era um combatente habilidoso com o Sabre de Luz, utilizando a Forma III: Soresu. Ele foi capaz de se tornar um Fantasma da Força. Ele era também muito forte com o lado luminoso; de fato sua mera presença como fantasma foi capaz de quebrar o controle do Imperador sobre seu antigo Padawan. No entanto, parece que não foi forte o suficientemente fisicamente, pois foi facilmente vencido por seu antigo Padawan, Morr, embora seu último aprendiz o tenha derrotado. Ele também foi morto por Darth Angral, embora seu aprendiz o tenha derrotado também.

PersonajeP
Este artigo é, por hora, apenas um esboço de um artigo de prioridade da saga. Por favor complete-o pois ele está incompleto. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.


ApariçõesEditar

Rede da Wikia

Wiki Aleatória