FANDOM


Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Cânon desta página.

Este artigo detalha um assunto sob a marca Legends.

O assunto deste artigo aparece na era da Ascensão do Império.


O OOM-9 foi criado, como qualquer outro droide de combate, para o único propósito de guerrear e destruir. Os seus mestres foram o Vice-rei Neimoidiano Nute Gunray, Lott Dodd e a Rune Haako. O OOM-9 começou sua existência como um droide de combate padrão, mas foi especialmente programado para se tornar um Droide Comandante na invasão de Naboo.

Os ombros superiores do OOM-9 foram pintados de amarelo mostarda escuro e sua chapa traseira foi removida para acomodar uma mochila de comando padrão, caracterizada por um gerador de força avançado e várias antenas para transmitir e receber ordens do Computador do Controle Central, o qual permanece seguro em órbita ao redor do planeta azul. O OOM-9 não sentiu orgulho ou temor com relação à sua nova função. A sua programação era limitada a coletar e compilar táticas e planos de batalha.

A primeira tarefa do novo comandante foi organizar a invasão de Naboo, a qual ele realizou competentemente. Sua programação foi posta à prova pela presença de dois Jedi que se alojaram, de alguma maneira, nos trens de aterrissagem da nave e fugiram pelos pântanos. Ele assegurou aos seus superiores que poderia encontrá-los e prosseguiu redobrando o patrulhamento com STAPs e droides terrestres.

A inabilidade do droide para encontrar os Jedi parecia não ter importância para ele, ou seus mestres, e sua próxima missão foi ser guarda pessoal do Vice-rei no Palácio da Rainha. O OOM-9 observou a arquitetura refinada e o mármore esculpido com a indiferença peculiar de um soldado. Seus mestres logo ordenaram que ele transportasse a impertinente Rainha para o Campo Quatro. Ampliando seus protocolos de prioridade, o OOM-9 delegou quatro de suas unidades de segurança para supervisionar o transporte, monitorando-os no Palácio por um canal seguro. O OOM-9 ficou com os Neimoidianos e continuou controlando, remotamente, a procura por formas de vida primitivas nos pântanos e no centro do oceano.

Depois de perseguir os primitivos Gungans da cidade submarina, o OOM-9 subiu a bordo de um tanque de batalha AAT e pessoalmente liderou-a nas planícies. Ele ordenou a primeira salva de tiros contra os escudos de proteção dos Gungan e, percebendo a ineficiência desse ataque, deteve a artilharia e enviou sua volumosa divisão de infantaria. O ataque bem sucedido do OOM-9 fez recuar o exército dos Gungans e ele liderava suas tropas para derrotá-los por completo, quando a sua vitória lhe foi cruelmente tirada. Distante dali, na órbita do planeta, o Computador do Controle Central tinha sido destruído por um jovem menino em um caça estelar roubado. O maior triunfo do OOM-9 também foi sua pior derrota. Ele caiu ao solo, desativado e inútil.

Droide-esboço.png Este artigo é um esboço de um droide. Você pode ajudar o Star Wars Wiki expandindo-o.


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória