Wikia

Star Wars Wiki em Português

Leia Organa Solo

Discussão0
4 437 pages em
Este wiki
30px-Era-imp30px-Era-reb30px-Era-new30px-Era-njo30px-Era-leg30px-Era-Sprotect
Leia Organa Solo

Leia endorpromo02

Informações biográficas
Planeta natal

Alderaan[1]

Data de nascimento

19 ABY (16:5:24)[2], Polis Massa[2]

Descrição física
Espécie

Humana[1]

Gênero

Feminino[1]

Altura

1.5 metros[3]

Massa

49 kilogramas[4]

Cor do cabelo

Castanho escuro;[5] ligeiramente grisalho[6]

Cor dos olhos

Castanhos[5]

Cor da pele

Caucasiana[5]

Informações cronológicas e políticas
Era(s)
Afiliação
Mestre(s)
Aprendiz(es)

Allana Solo (informal)

Leia Organa Solo (nascida Leia Amidala Skywalker) foi em vários estágios da vida uma política, revolucionária e Cavaleira Jedi da Nova Ordem Jedi. A filha do Jedi Anakin Skywalker e da Senadora Padmé Amidala de Naboo, Leia era a irmã gêmea mais nova de Luke Skywalker e pouco após seu nascimento foi adotada por Bail Organa e a Rainha Breha de Alderaan, fazendo dela a Princesa de Alderaan. Uma Senadora bem-sucedida, Leia ficou famosa por sua liderança forte durante a Guerra Civil Galáctica e outros conflitos subsequentes, fazendo dela parte dos maiores heróis da Galáxia. Posteriormente ela casou-se com Han Solo e tornou-se mãe de Jaina, Jacen e Anakin Solo. No começo da Guerra Swarm, Leia se tornou avó através da filha de Jacen, Allana, embora não soubesse de seu parentesco com a criança na época.

Ela tinha uma personalidade forte e grande intelecto, tendo realizado muito em sua juventude: ela foi um proponente importante para a Aliança Rebelde, a mais jovem Senadora do Império Galáctico com dezoito anos de idade, além de ser membra da Família Real de Alderaan. Anos depois, ela foi instrumental na criação da Nova República, sendo eleita para a posição de Chefe de Estado, servindo duas vezes nesse posto.

Devido à poderosa conexão com a Força que herdou, Leia, seguindo o legado da famíla, se tornou uma Cavaleira Jedi na Nova Ordem Jedi. Ela foi parcialmente treinada por seu irmão Luke e depois pela Mestre Jedi Saba Sebatyne, que declarou-a uma Cavaleira treinada no fim da Guerra Swarm. Esse treinamento a serviria bem, já que a galáxia caiu em guerra novamente durante a Segunda Guerra Civil Galáctica, embora sua lealdade fosse complicada. Durante esse conflito, o filho de Leia, Jacen, caiu para o lado negro da Força, se tornando o Lorde Sith Darth Caedus. Leia e Han se determinaram a destruir Caedus, sentindo que seu filho já estava morto. Entretanto, foi sua filha Jaina, irmã gêmea de Jacen, que matou-o em duelo de sabre de luz que também concluiu a guerra.

Após a morte de Caedus, os Solos se tornaram guardiões de sua neta Allana, a pedido de sua mãe, Tenel Ka de Hapes, e permaneceram duas das mais importantes figuras da galáxia, ficando ao lado da Ordem Jedi no meio da tensão entre ela e o governo da Chefe de Estado Natasi Daala.

Biografia

Infância (191 ABY)

Nacimento e adoção pela Casa dos Organa

"É uma garota."
"Leia."
Obi-Wan Kenobi e Padmé Amidala[fonte]
Baby leia

Leia logo após seu nascimento

Leia nasceu na colônia de asteróides de Polis Massa em 19 ABY, logo após o começo do Grande Purgo Jedi e a fundação do Império Galáctico. Apenas segundos após seu nascimento, sua mãe Padmé Amidala morreu, efetivamente deixando Leia e seu irmão gêmeo mais velho, Luke, órfãos.[2]

Obi-Wan Kenobi e Yoda sabiam que as crianças, ambas fortes na Força, tinham que ser protegidas do Imperador Palpatine. Decidindo que seria melhor se fossem separadas, os dois Mestres Jedi concordaram em mandar o bebê garoto para viver com o irmão postiço de seu pai, Owen Lars, e sua esposa Beru em Tatooine. Leia foi adotada e criada pelo Senador Bail Organa de Alderaan e sua esposa, a Rainha Breha Organa.[2] Através da adoção, Leia Amidala Skywalker se tornou a Princesa Leia Organa.[16] Dezenove anos iriam se passar antes que os gêmeos se encontrassem de novo.[5]

BailBrehaLeia-hd

Leia bebê com seus pais adotivos, Breha e Bail Organa

A filha órfã da Senadora de Naboo e do Cavaleiro Jedi foi dada um lar amoroso dentro da Casa dos Organa, uma das chamadas Casas Anciãs.[17] Seus pais adotivos não podiam ter filhos,[18] então Leia se tornou a herdeira da Casa Real de Alderaan. Embora os Organas não tenham escondido o fato de que Leia era adotada,[1] eles nunca a informaram sobre seus pais verdadeiros, nem sobre a existência de seu irmão gêmeo.[19] Entretanto, durante o curto momento entre seu nascimento e a morte de sua mãe,[2] Leia ganhou uma vaga memoria de sua mãe como sendo uma mulher bela e gentil, embora triste.[19]

Leia tinha uma grande "família estendida" que participou de sua criação. Ela incluía Silya Shessaun, uma mentora e amiga de Amidala,[20] a irmã da Rainha Breha, Deara,[21] e as três irmãs de Bail Organa: Tia, Rouge e Celly, que Leia descreveu como as "três temíveis viúvas" que "fizeram de sua mocidade um fardo intermitente."[17]

Embora Leia fosse avançada para sua idade, tendo aprendido a falar e andar antes de completar um ano, ela não demonstrava sinais de potencial na Força—para alivio de seu pai, que sabia que ser sensitivo à Força no Império de Palpatine seria um fardo pesado. Entretanto, ela tinha herdado o dom de seu pai, que emergiu pela primeira vez em 18 ABY quando sua babá Memily estava quase se apoiando em uma cerca fraca. Leia lançou uma laserbola na cerca, alertando Memily e salvando sua vida.[21]

Por causa do incidente, Leia se tornou um alvo do Império Galáctico pela primeira vez. Boatos de uma criança com reflexos extraordinários chegaram a Coruscant e os Inquisidores Ferus Olin e Hydra foram enviados para investigar. Olin, uma antigo aprendiz Jedi, era na verdade um agente duplo tentando salvar o maior número de sensitivos possível que tinha ido a Alderaan a pedido de Obi-Wan Kenobi. Embora os Inquisidores não soubessem do gênero da criança, Obi-Wan tinha medo de que fosse Leia e queria tirar os olhos do Império de Alderaan. Olin cobriu o incidente, dizendo que era apenas um rumor, mantendo os poderes de Leia um segredo. A informante Imperial se revelou como Deara Antilles; A Rainha Breha teve piedade de sua irmã, mas exilou-a da família real para sempre.[21] Apos o incidente, Olin permaneceu em Alderaan para vigiar e proteger Leia do lado negro e do Império, embora ela permanecesse sem conhecimento de seu protetor.[22]

A Princesa moleca

"A linha entre a vida que quero viver e a vida que esperam que eu viva é tão fina quanto um Hutt depois de um buffet."
―Leia Organa em seu diário em c. 9 ABY[fonte]

A Princesa, apelidada de Lelila,[23] cresceu com Winter, a filha órfã de uma das aias de Bail Organa, dois anos mais velha que Leia. Logo após sua adoção, as duas se tornaram melhores amigas. Com sua graça e pose natural, ela era muitas vezes confundida como a Princesa de Alderaan, enquanto Leia, com seu jeito mais moleque, era vista como uma garota da casa.[7]

Young leia photo

Uma foto da jovem princesa com uma carta de uma de suas babás, descrevendo os sonhos da garota sobre estar cercada de oceanos de areia

Leia exibia pouco da gentileza de classe superior, que era uma constante fonte de irritação para suas tias Tia, Rouge e Celly. Mesmo assim, elas estavam determinadas a transformá-la em o que chamavam de "uma Princesa adequada", e contrataram professores para incitar nela um comportamento adequado para a herdeira de uma das Casas Anciãs.[17]

Uma parte de transformar-se em uma lady era aprender como uma princesa se veste e penteia seu cabelo. De acordo com costumes Alderaanianos, o cabelo de Leia foi deixado para crescer[23] e arrumados em penteados elaborados. Ironicamente, um dos símbolos de Leia—seu característico penteado—foi herdado do planeta natal de sua mãe, Naboo,[16] embora um longo tempo tenha passado antes que ela soubesse. Para evitar sessões cansativas de cabeleireiro, ela cortou o cabelo— só para acabar sendo forçada a usar uma peruca, embora ela insistisse que era verão e não precisava de protetores de orelha.[24]

Organas

A Princesa com suas tias e pai

Embora Leia não gostasse de ser "a boneca de vestir de todos",[24] sua natureza animada e extrovertida se mostrava quando ela tinha a chance de aprender sobre diplomacia, governos e linguagens.[25]Como sua mãe biológica antes dela, Leia tinha o beneficio de uma educação palacial: o melhor equipamento e os melhores tutores,[26] entre eles Arn Horada, que a instruiu em política e história galáctica,[27] e Sabé, a antiga criada de sua mãe biológica, que a ensinou etiqueta na corte e diplomacia.[28]

Querendo expô-la ao máximo de experiências possíveis, Bail costumava levar sua filha em suas viagens para outros mundos,[26] como Ithor, onde ele foi para o Tempo de Reunião como representante do Senado Imperial. Com quase seis anos de idade, a Reunião foi um evento inesquecível para Leia.[17]

Além de receber educação palacial, Leia ia para a Seleta Academia Alderaaniana para Jovens Moças sob a tutelagem da estrita Madame Vesta. Junto com outras filhas de nobres Alderaanianos, a Princesa aprendeu etiqueta, maneiras à mesa e outras coisas úteis (e em sua opinião, chatas) que uma lady precisava saber.[24] Durante essa época, Leia viu o lado ruim da classe alta: uma de suas colegas de sala usava drogas,[29] muitas garotas tinham uma atitude condescendente com pessoas ordinárias e festas caras eram feitas enquanto muitos na galáxia passavam fome e sofriam.[24]

LeiaWinterCross

Jahan Cross "confunde" Winter com Leia.

Apesar de saber que era amada, Leia as vezes se sentia como uma intrusa em sua família. Winter era como uma irmã para ela, mas a jovem Princesa sentia falta de um irmão ou irmã de verdade, alguém que fosse realmente próximo a ela.[24] Durante sua infância, ela costumava se sentir como se fosse ligeiramente diferente, sem saber direito como,[17] sentindo como se parte dela estivesse faltando. Winter continuou a ser um conforto para Leia, apesar de suas diferenças de personalidade. Apesar de o cabelo alvo de Winter atrapalhar sua semelhança física com a Princesa, as duas aprenderam a manter uma aparência semelhante para uma vantagem estratégica, uma prática que continuariam a empregar em suas vidas adultas. Winter ocasionalmente se disfarçava como a amiga para que Leia pudesse escapar o Palácio Real de Aldera para criar confusão e encontrar-se com garotos.[24] Leia também fez amizade com Neena, uma garota de grande talento musical da mesma idade que ela, que também vivia com os Organa.[30]

Quando ela atingiu a adolescência, Leia ficou amiga de Heeth e Raal Panteer. Ela e Raal se apaixonaram, mas o relacionamento não durou. Os três se reencontrariam durante a Guerra Civil Galáctica.[31]

Uma senadora em formação

"Eu estou ensinando ela para assumir meu lugar no Senado Imperial."
"Talvez você devesse desmamá-la primeiro."
―Bail Organa e Wilhuff Tarkin, sobre Leia aos 13 anos.[fonte]
RunLeiaRun

Leia foge de Madame Vesta enquanto Bail Organa e Wilhuff Tarkin assistem.

Leia demonstrou proeza em política e Bail Organa começou a treiná-la desde cedo para, um dia, assumir seu lugar no Senado Imperial, encorajando-a a assistir a debates Alderaanianos e recepções palacianas para pessoal estrangeiro.[26] Com isso, Leia seguiu os passos não apenas de seu pai adotivo mas também de sua mãe biológica, que também havia entrado na política cedo e se tornado Senadora. De fato, Leia se parecia com Padmé Amidala em muitas maneiras: ela era confiante, tinha boa pose e espírito político.[25]

Quando Leia tinha treze anos, ela conheceu Wilhuff Tarkin pela primeira vez quando ele visitou Bail Organa em Alderaan. Ela havia ouvido muito sobre o Moff de seu pai, quase tudo negativo. Ela instantaneamente detestou-o, mantendo que ele representava tudo de ruim no Império. Leia ficou particularmente enojada por Tarkin possuir um escravo, não entendendo como era possível que o Imperador permitisse a escravidão. Ela até jogou um balão d’água em sua cabeça enquanto “regava suas plantas”. Essa visita fez Leia realmente contemplar o tipo de galáxia em que ela vivia e o que ela poderia fazer para mudar isso. [24]

Aos dezesseis anos de idade, Leia cursou a Universidade de Alderaan com Winter, cuja memória holográfica e audiográfica, como Leia dizia, era muito útil com o dever de casa. Elas estudaram história e arte, dois assuntos que o Império estava empenhado em suprimir, o que fazia deles ainda mais importantes na visão de Bail Organa.[24] Leia também começou a treinar com Giles Durane, um mercenário seu pai tinha contratado para ensiná-la autodefesa e tiro.[32] Leia gostava muito mais dessas aulas do que das de Madame Vesta e exibia talento considerável em ambas.[24]

Aparições

Leia Organa Solo NEGTC2

Senadora Leia Organa

Aparições não-canônicas

LEGO Leia Pose

Leia Organa como uma minifigura LEGO

Fontes


Chefes de Estado da Nova República
Mon Mothma (411 DBY) · Leia Organa Solo (1117 DBY)
Mon Mothma (17 DBY) · Leia Organa Solo (1718 DBY)
Ponc Gavrisom (1821 DBY) · Leia Organa Solo (2123 DBY)
Borsk Fey'lya (2327 DBY) · Cal Omas (2728 DBY)
[editar]


Notas e referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 Databank title Organa Solo, Leia no Databank (Em inglês) (Conteúdo agora obsoleta; links de backup 1 2 em Archive.org)
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith
  3. Tanto o Databank no StarWars.com e The New Essential Guide to Characters listam Leia Organa Solo como tendo 1.5 metros, o que é menos do que a atriz que a interpreta, Carrie Fisher, que tem 1.55 m (5'1").
  4. Star Wars: Head-to-Head Tag Teams
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 5,6 Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança
  6. Omen
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 Heir to the Empire
  8. Vector Prime
  9. 9,0 9,1 Betrayal
  10. Rebel Dawn
  11. Star Wars 90: The Choice
  12. 12,0 12,1 Dark Nest I: The Joiner King
  13. Force Heretic I: Remnant
  14. Fury
  15. Empire's End
  16. 16,0 16,1 Revenge of the Sith: The Visual Dictionary
  17. 17,0 17,1 17,2 17,3 17,4 Children of the Jedi
  18. Star Wars: Republic 61: Dead Ends
  19. 19,0 19,1 Star Wars Episode VI: Return of the Jedi
  20. Databank title Shessaun, Silya no Databank (Em inglês) (Conteúdo agora obsoleta; links de backup 1 2 em Archive.org)
  21. 21,0 21,1 21,2 The Last of the Jedi: Master of Deception
  22. The Last of the Jedi: Reckoning
  23. 23,0 23,1 The Crystal Star
  24. 24,0 24,1 24,2 24,3 24,4 24,5 24,6 24,7 24,8 The Princess Leia Diaries
  25. 25,0 25,1 The New Essential Chronology
  26. 26,0 26,1 26,2 The New Essential Guide to Characters
  27. Star Wars 30: A Princess Alone
  28. The Force Unleashed Campaign Guide
  29. Planet of Twilight
  30. Galaxy Guide 6: Tramp Freighters
  31. Star Wars: Empire: A Little Piece of Home
  32. The Weapons Master!

Ver também

Links externos

Rede da Wikia

Wiki Aleatória