FANDOM


Eras-legends

Era pre

"Na luz, existe a escuridão e na escuridão, uma luz. É assim com todos nós. Não seja um prisioneiro nem de Bogan nem de Ashla. Lute para viver em equilíbrio. Assim como a própria Tython nos ensina, é perigoso fazer o contrário. E o perigo está sempre ali."
Ketu

A Ordem Je'daii foi uma antiga organização unida por crenças e observância da Força no planeta Tython, no Núcleo Profundo da galáxia. Focando em manter um balanço na Força, um estado na qual a própria Tython era acolhedora, os Je'daii viam a Força com dois aspectos de um todo, a Ashla e Bogan. Eles viam a dualidade da Força representada no céu noturno de Tython na forma de seus dois satélites naturais, uma banhava-se na luz, a outra envolta na escuridão. De acordo com seu ideal de equilíbrio, os Je'daii que caiam muito para a luz ou escuridão eram exilados para uma das luas para meditar até eles retornarem o equilíbrio.

A presença da Ordem em Tython era espalhada por nove Templos, cada um era presidido por um Mestre do Templo Je'daii. Com o objetivo de ganhar maestria na Ordem, era esperado de todos os Je'daii que viajassem para cada Templo para aprender diferente habilidades. A Ordem era conduzida por um Conselho de Mestres, consistindo em nove Mestres de Templo, ao qual eram decididos importantes assuntos para Ordem. Sobrevivendo em Tython por milênios em isolamento do resto da galáxia, a Ordem foi profundamente abalada com a chegada do Cão da Força do Império Infinito.

No anos seguintes a aterrisagem do Cão em Tython, um cisma abalou as fundações da Ordem. Após uma sangrenta guerra civil, conhecida na história como o primeiro conflito entre os lados da luz e da escuridão, os adeptos do lado sombrio foram derrotados enquanto a Ordem Jedi prosperou. Um grande grupo de Jedi partiram de Tython, eventualmente achando uma nova casa em Ossus, aonde eles iria eventualmente se juntar a Republica Galáctica como defensores da paz.

História Editar

História Antiga Editar

"Observando o mundo em volta deles, eles viram duas luas uma luminosa Ashla, e oudra escura Bogan, e eles entenderam os aspectos da dualidade da Força, luz e escuridão. A luz definia a escuridão e a escuridão a luz. Quando o equilíbrio não era mantido, Tython reagia ao desequilibrio com terremotos e tempestades severas. E assim os viajantes se definiram, sempre buscando o equilíbrio. Eles se tornaram os Je'daii, um termo Dai Bendu que significa "centro místico". Somente através da harmonia do equilíbrio poderiam os Je'daii manter o mundo pacifico."
Ketu
Tho Yor Arrival

A chegada das Tho Yor.

No ano de 36,453 ABY, as Tho Yor, oito grandes naves pirâmides foram espalhadas através da galáxia chamando os habitantes dos planetas que elas foram, incluindo Ando Prime, Kashyyyk, Manaan, Ryloth, e Dathomir. Através da Força, as Tho Yor convenceram os sensitivos a Força envolta delas a entrarem nas espaçonaves, e as naves pirâmides partiram dos planetas ao qual elas foram designadas para irem para galáxia. As Tho Yor viajaram a galáxia, juntando muitos sensitivos a Força de várias espécies, então as oito naves viajaram juntas para o Núcleo Profundo, carregando membros das raças Wookie, Selkath, Twi'lek, Miraluka, Iktotchi, Cathar, Devaronian, Noghri, Sith, Talid, Zabrak, Mirialan, Humana, Sullustan e Krevaaki, assim como a espécies que mais tarde seria conhecida como Koorivar. As oito Tho Yor viajaram para o Núcleo Profundo para o planeta Tython, aonde uma nona Tho Yor esperava flutuando acima de um pináculo de pedra. A chegada das Tho Yor foi anunciada por uma imensa Tempestade da Força, que varreu o planeta inteiro, e as oito Tho Yor primeiro juntaram envolta da nona Tho Yor para depois partiram através do planeta.

A Chegada das Tho Yor, como o evento veio a se chamar, viu cada Tho Yor depositar seus passageiros nos seus destinos finais e permaneceram lá, com algumas das naves enterrando-se na paisagem enquanto outras permaneceram flutuando no céu. Os peregrinos sensitivos a Força imediatamente perceberam que Tython era excepcionalmente forte com a Força, e os peregrinos que logo ficaram conhecidos como Thythanianos, perceberam que eles foram trazidos para Tython para estuda a Força e aprenderem a controlar e aperfeiçoar as habilidades que foram concedidas a eles. Entretanto, a beleza de Tython veio com perigos, e as vidas dos peregrinos tornou-se uma forma de meditação em movimento constante na Força, ao invés de sentarem em silencio e meditar. Os peregrinos também perceberam que a própria Tython reagia violentamente com Tempestades da Força e terremotos com o desequilíbrio entre os lados da luz e escuridão da força, ao qual ele nomearam Ashla e Bogan por causa das duas luas da Tython: a brilhante Ashla, e a escura Bogan. Os peregrinos portanto formaram a Ordem Je'daii, tirando seu nome da língua dos monges Dai Bendu da espécie Talid: combinando as palavras Je, que significa mistic, e dai, que significa center.

A filosofia do Equilíbrio tornou-se essencial para sobrevivência de Tython, a harmonia e o equilíbrio entre Ashla e Bogan manteve a beleza pacifica de Tython e preveniu o caos e destruição que viriam com o desequilíbrio. Durante os próximos mil anos, os Je'daii construíram os Templos Je'daii, cidades e centros de aprendizados e cura, cada um centrado em volta de uma Tho Yor. Padawan Kesh, a Academia Je'daii, foi estabelecida no ano de 36,019 ABY, quando Nordia Gral estava servindo em Padawan Kesh como Mestre do Templo Je'daii. Por volta desse tempo, Metre Gral ajudou a desenvolver a tradição da Grande Jornada, uma peregrinação através de Tython para cada Templo, que todos os Je'daii deveriam fazer para se graduar para o nível de Padawan para Viajante. Entretanto, com o passar dos anos, os Je'daii começaram a ter filhos que não eram sensitivos a Força, e eventualmente tornou-se claro para os Tythanianos que o planeta não era seguro para aqueles que não podiam tocar a Força após a destruição da cidade de Aurum. Portanto, durante o segundo milênio após a Chegada das Tho Yor, uma segunda migração ocorreu: todos os não sensitivos a Força tinham que sair do planeta, mesmo que isso separe famílias, os não sensitivos a Força primeiro se estabeleceram em Ashla e Bogan para depois se espalharam pelos outros mundos do sistema Tython.

ApariçõesEditar

Links externosEditar

Em outras línguas

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.