FANDOM


Eras-canon2-transp

Eras-legends

30px-Era-imp

"Ah, deixem ele em paz. Ele deve ter ficado na incubadora tempo demais."
Cutup[fonte]

CT-21-0408, apelidado de "Echo", como ele era conhecido por ficar repetindo as regras e procedimentos estabelecidos para os clones. Era um soldado clone que serviu no Grande Exército da República durante a Guerra dos Clones. No início de sua carreira, Echo vivia dentro da Cidade Tipoca, a cidade capital do planeta Kamino, e treinou em seu complexo militar. Como um cadete clone, Echo fez parte do Esquadrão Dominó, supervisionado pelo caçador de recompensas Siniteen Bric. Echo ficou com Esquadrão Dominó até que a unidade passou pela sua prova final, a conclusão do teste permitiu os membros do Esquadrão Dominó tornarem-se soldados clone prontos para a batalha. Para sua primeira missão fora do planeta, Echo montava guarda na Estação Rishi, um posto de escuta localizado na lua de Rishi, onde ele e outros soldados clone recrutas estavam estacionados. Quando o Separatista General Grievous implementou um ataque na Estação Rishi para capturá-la antes de prosseguir para Kamino. Seu plano, no entanto, foi frustrado por Echo, e seus companheiros Fives, Hevy e os oficiais clones Cody e Rex. Echo, junto com Fives, foram recompensados ​​com medalhas para o seu serviço na lua Rishi e foram agraciados com a 501ª Legião.

Vários meses mais tarde, ambos os Echo e Fives retornam a Kamino, e os dois estavam presentes quando Grievous, junto com acólito negro Asajj Ventress, iniciou seus ataques à Cidade Tipoca. Após a retirada de Ventress e Grievous, que terminou a batalha, Echo e Fives foram mais uma vez elogiados por sua bravura e esforços, e tornaram-se soldados ARC. Echo mais tarde participou do resgate do Mestre Jedi Even Piell, que foi capturado pelas forças confederadas e levado para uma prisão. Echo e seu grupo - liderados pelos Generais Jedi Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker - encontraram Piell na prisão, e, enquanto eles tentavam fugir com o Mestre Jedi, foram parados pelo diretor da instalação, Osi Sobeck, e sua força de droides de batalha. Como Echo e sua equipe procuraram uma rota de fuga que os levaria de volta ao seu transporte fora da prisão separatista, mais das forças droide de segurança de Sobeck atacaram. Eles descobriram que a sua nave estava sendo vigiado por droides de comando em várias torres em torno da plataforma de pouso da nave. Quando um droide de comando começou a disparar contra a nave com um canhão de laser, Echo tentou parar o droide. No entanto, em vez disso, o droide matou Echo, bem como destruir a nave espacial no processo.

Wiki Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.
Considere marcar um esboço mais específico.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.