FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-real

"O sol está se pondo na Nova República. Está na hora da Resistência nascer."
―Leia Organa[fonte]

Legado de Sangue é um romance cânon escrito por Claudia Gray. A história se passa seis anos antes de Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força e é centrado na Princesa Leia Organa enquanto ela serve como membra do Senado Galáctico da Nova República. Durante o romance, a Princesa Leia lida com diferentes ameaças à República, tanto internas quanto externas, numa série de eventos que acaba levando ao surgimento da Resistência que aparece em O Despertar da Força.

O romance, lançado nos Estados Unidos em 3 de Maio de 2016, foi anunciado pela primeira vez em 10 de Outubro de 2015, antes da première de O Despertar da Força. O título era New Republic: Bloodline, antes de ser encurtado para apenas Bloodline. Rian Johnson, o diretor de Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi, contribuiu com algumas ideias para o romance. No Brasil, o livro foi lançado pela Editora Aleph, com o lançamento do eBook em 15 de Setembro de 2017.[2]

Sinopse da editoraEditar

Quando a Aliança Rebelde derrubou o Império, a princesa Leia acreditava que um longo período de paz iria começar. Mas o que se seguiram foram décadas de brigas sem fim e rixas partidárias no senado da Nova República. Leia, agora uma senadora influente, está perdendo a fé na política enquanto assiste seus colegas no senado, desesperados por mudanças, tomarem medidas que podem destruir o governo igualitário recém-criado. A última princesa de Alderaan torna-se a única esperança da democracia em seu momento mais frágil, mas o passado e o futuro com o lado sombrio da Força a perseguem. O treinamento Jedi de seu filho Ben a preocupa, especialmente depois que ele e Luke param de lhe mandar mensagens, e um dos maiores segredos da família pode vir à tona e colocar em cheque sua credibilidade.[2]

DesenvolvimentoEditar

"E não posso dizer isso o suficiente. [Claudia Gray] pegou uma página de ideias que a gente passou para a [Jen Heddle] e a transformou em um romance incrível."
―Pablo Hidalgo, executivo criativo do Lucasfilm Story Group[fonte]

Legado de Sangue foi anunciado pela primeira vez em 10 de Outubro de 2015 sob o título New Republic: Bloodline, com Claudia Gray listada como autora.[1] Muitas das ideias que Gray incorporou no livro foram desenvolvidas especificamente para a história de fundo do filme Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força, que se passa seis anos depois de Legado de Sangue. O personagem Ransolm Casterfo existia em muitas formas nas versões iniciais de O Despertar da Força. Rian Johnson, o escritor e diretor de Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi, também propôs várias ideias que foram inclusas no romance. Essas ideias incluiam a disposição do governo da Nova República e a forma de suas facções políticas.[6]

Uma parte proeminente da história do romance involve a revelação de que Darth Vader era Anakin Skywalker, e que Leia Organa é sua filha. Isso foi parte de um curta de animação proposto em 2012, que teria se passado antes de O Despertar da Força. O curta foi intitulado "Scandal of Blood", que os executivos criativos do Lucasfilm Story Group Pablo Hidalgo e Rayne Roberts chamaram de House of Cards de Star Wars. Ambos Hidalgo e Roberts esperavam que a história se tornasse um romance. Esta, como muitas das ideias que o Story Group apresentou para a Editora Sênior Jennifer Heddle, foram incorporadas em Legado de Sangue.[6]

A descrição do romance junto com uma parte de seu décimo-terceiro capítulo foi lançado pela USA Today em 4 de Fevereiro de 2016.[7] O romance tem cinco personagens com pontos de vista, incluindo Leia Organa, seu piloto e membro de equipe Greer Sonnel, o senador Centrista Ransolm Casterfo, a antagonística Lady Carise Sindian, e o piloto de caças da Nova República Joph Seastriker.

A Editora Aleph confirmou no seu Facebook o lançamento do livro no Brasil em 8 de Março de 2017.[8] A capa foi revelada pela Amazon na listagem da pré-venda da versão Kindle.[2]

MídiaEditar

EdiçõesEditar

EUAEditar

BrasilEditar

Galeria de capasEditar

BibliografiaEditar

Notas e referênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 Twitter favicon @DelReyStarWars (Del Rey) no Twitter. “So excited to have @claudiagray writing a #StarWars novel with us. SW: New Republic: Bloodline coming 2016. Set 6 years before TFA.”
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 Amazon favicon /STAR WARS: Legado de Sangue - eBook Kindle na Amazon.com.br
  3. PenguinRandomHouse Bloodline (Star Wars) no site oficial da Penguin Random House (link de backup) (Capa-dura)
  4. 4,0 4,1 PenguinRandomHouse Bloodline (Star Wars) no site oficial da Penguin Random House (link de backup) (eBook)
  5. 5,0 5,1 PenguinRandomHouse Bloodline (Star Wars) no site oficial da Penguin Random House (link de backup) (encadernado)
  6. 6,0 6,1 Jones, Dominic (May 8, 2016). Lucasfilm's Pablo Hidalgo Shares 'Star Wars: Bloodline' Behind the Scenes Details on Twitter (em inglês)  — Star Wars Underworld. Acessado em May 8, 2016.
  7. Exclusive: Read an excerpt from 'Star Wars: Bloodline' (em inglês)  — USA Today. Acessado em 2016-02-04.
  8. FacebookIcon Anúncio de Bloodline e Os Despossuídos. Editora Aleph (08/032017).
  9. Amazon favicon Bloodline (Star Wars) na Amazon.com (Hardcover)
  10. Predefinição:BN

Links externosEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.