Fandom

Star Wars Wiki em Português

Império Galáctico

5 571 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Cânon desta página.

Este artigo detalha um assunto sob a marca Legends.

O assunto deste artigo aparece na era da Ascensão do Império.O assunto deste artigo aparece na era da Rebelião.O assunto deste artigo aparece na era da Nova República.

YodaCG.jpg Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Este artigo ou seção precisa ser expandido.
Por favor, atualize este artigo adicionando as informações faltantes. Você também pode checar a página de discussão desta página. Remova esta mensagem quando terminar.

Para outros usos, veja Império.
"Nós somos um Império governado pela maioria! Um Império governado por uma nova Constituição! Um Império de leis, não de políticos! Um Império dedicado à preservação de uma sociedade justa. De uma sociedade segura e justa! Nós somos um Império que vai durar por dez mil anos!"
Palpatine[fonte]

O Império Galáctico, também conhecido como Nova Ordem, foi um governo galáctico totalitário e ditatorial, estabelecido pelo Chanceler Supremo Palpatine para substituir a República Galáctica.

HistóriaEditar

Por milhares de anos, a Velha República comandou a galáxia tentando reunir centenas de sistemas estelares sob um governo democrático. Infelizmente, com o passar do tempo, a enorme República tornou-se inchada e corrupta, causando descontentamento e suspeita entre seus membros. Incapaz de manter o controle na galáxia, a República entrou em atrito com a poderosa Federação do Comércio, entre outros grupos. Tirando proveito desse conflito, o Senador Palpatine ascendeu ao poder. Ao tomar o controle completo do governo, ele instituiu a chamada Nova Ordem sob o pretexto de acabar com a corrupção da Velha República. No entanto, seus verdadeiros planos tinham como objetivo o domínio total da galáxia. Sob o comando de Palpatine (nomeado Imperador), a Velha República foi transformada em Império, um governo tirano e opressor que tentava garantir a ordem e a lealdade através da força e do medo. Raças alienígenas foram erradicadas ou escravizadas, indústrias e sistemas estelares inteiros foram nacionalizados e o terror tornou-se uma forma de vida. A escravidão predominava em todo o Império, e a injustiça social florescia. Até mesmo os Cavaleiros Jedi, o último raio de luz em uma galáxia cada vez mais sombria, foram perseguidos e assassinados nestes tempos negros.

Para fortalecer ainda mais a sua posição, Palpatine cercou-se de lacaios poderosos, incluindo o Lorde Sith, Darth Vader. Desta forma, Palpatine finalmente conseguiu abolir o Senado Imperial, permitindo a seus leais Moffs comandar partes do seu domínio como governadores regionais. Os Stormtroopers, soldados anónimos totalmente leais ao Imperador, tornaram-se tropas de choque e de polícia em mundos rebeldes. Sistemas inteiros foram pressionados a obedecer ao Império pelos grandes Cruzadores Imperiais, Super Cruzadores Imperiais e estações orbitais de batalha construídos pelas forças Imperiais. Ainda mais poderosas foram as Estrelas da Morte, super-armas móveis capazes de destruir planetas inteiros.

O Império começou a enfraquecer após a Batalha de Yavin, quando as forças da Aliança Rebelde conseguiram destruir a Estrela da Morte I. As forças Imperiais conseguiram uma breve vingança na Batalha de Hoth, mas a força combinada dos Rebeldes pôs um fim ao Imperador Palpatine e ao seu governo na Batalha de Endor.

Infelizmente, alguns remanescentes do Império permaneciam espalhados pela galáxia. Cinco anos depois da Batalha de Endor, o Grande Almirante Thrawn reuniu estas forças para um ataque à Nova República. Ele falhou, mas um ano mais tarde, o Imperador renascido voltava a ameaçar a paz galáctica. Mais uma vez o Imperador foi derrotado, mas as últimas facções do Império permanecem uma ameaça constante na era da Nova República.

MilitaresEditar

O Militar Imperial era o braço militar do Império Galáctico. Composta predominantemente do Exército Imperial e da Marinha Imperial, que era responsável pela realização das operações militares por toda a galáxia, bem como manter a ordem em mundos membro Imperial, governadores, colônias e protetorados. Desde Nova Ordem do Império era baseada no medo da força, as Forças Armadas Imperiais formaram uma parte muito importante do governo imperial.

Durante os primeiros anos do Império, a maioria dos Stormtroopers eram Clones. No entanto, os seres humanos por meio de peças finais do Império, a maioria das tropas de assalto foram recrutadas. Esta foi, provavelmente, um corte de custos e tempo de poupança de medida, já que os clones necessitavam tempo e dinheiro para crescer. Durante o governo do Grande Almirante Thrawn, stormtroopers foram novamente clonados e utilizados como o grosso da força imperial.

Estrutura do Império Editar

O Império fazia uma resposta direta aos fracassos da Velha República como também uma "correção" aos excessos.Sob a Nova Ordem,seu segundo nome, democracias foram substituídas por uma estrutura clara - autoritária e militarista ao mesmo tempo, e seus dogmas eram defendidos pela Comissão para Preservação da Nova Ordem (COMPNOR.

Sua estrutura era praticamente estabelecida desta forma:

  1. Autoridade centralizada - O poder se centralizava totalmente no Imperador, evitando, assim, que senadores fizessem carreira em seu governo.[fonte?]
  2. Força militar - O Império sempre respondeu de forma rápida e impiedosa a qualquer tipo de ameaça.
  3. Dependência do que é necessário, não do que é desejado - Sua estrutura era reduzida a sua essência, o que revelava a função através da forma.
  4. Governo político centrado no Núcleo - Para o Império, a história do Senado da República era uma prova de que seus habitantes não estavam aptos a serem o centro das atenções ou até mesmo a governar seus próprios planetas, sendo assim ele controlava todos os planetas da Orla.
  5. Nacionalização do comércio - A competição entre corporações era incentivada pelo Império, que, por sua vez, chegou a estabelecer o Setor Corporativo, em que o mercantilismo transparente ocorria sem sua interferencia direta[fonte?]. Ao longo de alguns anos, ele nacionalizou varias corporações, incluindo a TaggeCo, os Estaleiros de Propulsores de Kuat e a Santhe/Sienar.
  6. Domínio cultural: A Comissão para Preservação da Nova Ordem - nos tempos de auge criou a Coalizão para o Progresso que era responsável por monitorar obras de arte para se assegurar de que demonstrem uma reverência ao Imperador Palpatine.
  7. Pelas nossas próprias mãos - O Império em si sempre odiou a República,assim como também prometia paz aos seus indivíduos,por sua vez ele utilizou muito da propaganda para recrutar o máximo de pessoas possível tentando influencia-las a uma promessa de que estariam seguros e que deveriam servir á sua Majestade ate a morte.

Aparições Editar

Wiki.png Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-a.
PersonajeP.gif
Este artigo é, por hora, apenas um esboço de um artigo de prioridade da saga. Por favor complete-o pois ele está incompleto. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.



Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória