Wikia

Star Wars Wiki em Português

Guerras Clônicas Capítulo 21

Discussão0
4 538 pages em
Este wiki
30px-Era-imp30px-Era-real
Capítulo 21

KnightingCeremony-CW21

Um episódio da série Star Wars: Guerras Clônicas
Temporada Nº:

3

Episódio Nº:

1

Convidados:
Diretor:

Genndy Tartakovsky

Nº de produção:

201

Data de estreia:

21 de Março de 2005

Cronologia dos episódios
Episódio anterior:

Capítulo 20

Próximo episódio:

Capítulo 22

"Não, devemos buscar!"
Ki-Adi Mundi[fonte]

"Capítulo 21" é o vigésimo primeiro episódio da série animada de televisão Star Wars: Guerras Clônicas, e o primeiro episódio na terceira temporada e no Volume II. O episódio foi ao ar no Cartoon Network em 21 de Março de 2005.

SinopseEditar

Um Transporte de Assalto de Baixa Altitude personalizado chega rápido na superfície de Hypori. A bordo do canhoneiro, um esquadrão de Comandos Avançados de Reconhecimento preparam suas armas para o ataque. Um sinal de interferência impede a sua detecção por um exército de super dróides de batalha B-2 em torno de uma caída nave de assalto classe Acclamator-I. O canhoneiro lança um conjunto de detonadores térmicos, armados em modo de espera, entre os dróides.

GrievousHypori

Grievous atacando os clones.

Os soldados desembarcam, seu comandante, capitão Fordo, detecta três sinais de vida. Dois dos soldados ARC vão atrás dos dois mais próximos, enquanto o restante segue Fordo para a terceira leitura, o transporte é levado para o céu para abrir fogo sobre os dróides de batalha se aproximando. Quando os soldados saem de um túnel, eles encontram o General Grievous, que está no meio de um vicioso duelo de sabres de luz com o Mestre Jedi Ki-Adi-Mundi. Assim que ele desarma Mundi e se prepara para acabar com ele, eles notam tanto os clones, que desencadeam uma barragem de fogo blaster no ciborgue. Grievous foge do ataque, escalando a parede e o teto. Então Grievous rapidamente salta para baixo e mata quatro dos soldados usando dois de seus sabres de luz, o comandante pede reforços. O LAAT/i pairando invade a área e abre fogo contra o General com os seus blasters e mísseis, quando ele foge.
Kkruhksaber

Grievous pegando o sabre de luz de K'Kruhk.

Fordo ordena seus homens recuarem, apesar da insistência inicial de Ki-Adi-Mundi para eles buscarem Grievous. Duas outras Jedi, Aayla Secura e Shaak Ti sobreviveram ao ataque do General Grievous e estão se recuperando a bordo do LAAT/i. Enquanto isso, Grievous pega um sabre de luz do corpo aparentemente sem vida de K'Kruhk e o adiciona a sua coleção.

Os soldados ARC detonam os explosivos, destruindo centenas de dróides. General Grievous o transporte seguir para o espaço, refletindo que eles apenas adiaram o inevitável...

Chapter21b

Anakin, com nove anos, e Qui-Gon Jinn.

Em Coruscant, Yoda tem uma visão de Anakin Skywalker aos nove anos de idade e o falecido Qui-Gon Jinn em Dagobah. Qui-Gon diz que Anakin terá que enfrentar seu medo de entrar na Caverna do Lado Negro, e confiar na Força.

Em uma reunião do Alto Conselho Jedi, Ki-Adi-Mundi diz a seus colegas membros do conselho da derrota em Hypori. Uma vez que os números dos Jedi estão distribuídos de modo escasso, o Conselho decide promover Anakin Skywalker para o estato de Cavaleiro Jedi pelo pedido de Obi-Wan Kenobi, apesar dos protestos do mestre Oppo Rancisis.

Anakin caminha através da multidão, em meio aos níveis mais baixos de Coruscant, observando as pessoas ao redor, incluindo muitos não-humanos, com suspeita. Ele acha que uma figura encapuzada está o seguindo, então ele corre. Na entrada de um beco, ele pega a figura misteriosa e liga seu sabre de luz antes de perceber que o seu perseguidor é sua amada esposa, Padmé Amidala. Eles se beijam e, pensando que eles foram vistos por um pedestre, Anakin diz que eles não deveriam ter que esconder seu amor. Padmé lembra de seu dever para com a Ordem Jedi e que ela sempre vai amá-lo. Ele brinca dizendo que Padméparece mais bonita no escuro e eles se beijam novamente, mas desta vez eles são interrompidos por C-3PO, que está coberto com um novo revestimento dourado. Anakin diz estar impressionado; muito impressionado.

Japor Braid box

A trança de padawan de Anakin junto ao fragmento Japor, guardados por Padmé.

Anakin é chamado por Obi-Wan para o Templo Jedi, mas ele chega tarde, interpretando ser tido convocado como um prelúdio para uma outra bronca. Kenobi lembra seu Padawan que ele não é mais uma criança, mas ainda deve seguir as ordens de seu Mestre. Anakin retruca que Obi-Wan "não é Qui-Gon Jinn". Isto entristece Obi-Wan visivelmente e Anakin imediatamente lamenta seu comentário doloroso, desculpando-se. Mestre Kenobi perdoa seu aluno e, em seguida, mostra-o um quarto escuro, onde Obi-Wan e os outros Mestres Jedi cercam Anakin e ativam seus sabres de luz. Yoda torna Anakin um cavaleiro, cortando-lhe a trança de Padawan, que C-3PO depois entrega a Padmé, que ela alegremente guarda afastado com ela fragmento Japor para guardar a salvo. Em troca, Padmé dáR2-D2 para Anakin, o dróide mostra ao novo Cavaleiro Jedi uma gravação holográfica de Padmé apresentando-lhe o presente e aceitando o dele. Anakin sorri com a visão e atinge o holograma com o seu Mechno-braço como se fosse abraçá-la com a mão. Ele e, em seguida, R2 entram em seu caça classe Actis e saem mais uma vez para servirem juntos na Guerra...

ElencoEditar

ApariçõesEditar

Wiki Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.
Considere marcar um esboço mais específico.


ContinuidadeEditar

O caça de Anakin, que aparece no final do episódio faz com que um problema de continuidade entre este e a série CGI The Clone Wars. Em The Clone Wars Anakin usa um Aethersprite, mas aqui ele usa uma Actis como no Episódio III. Uma vez que esses acontecimentos ocorrem antes da série CGI, isso causa alguns problemas de continuidade.

No entanto, brinquedos Hasbro de Caças de The Clone Wars podem ajudar a dar continuidade a esse caça estelar. No brinquedo, a parte dróide da nave pode ser ejetada, fazendo a nave ficar semelhante ao Actis. Então, talvez o caça de Anakin visto aqui é realmente um de seus de The Clone Wars, simplesmente sem a parte dróide da nave. O fato de que já existe um compartimento dróide nesta nave, ainda pode ser continuado com uma personalização que Anakin fez para a nave, que mais tarde foi removida.

Nos bastidoresEditar

Embora K'Kruhk pareça ter sido morto por Grievous no capítulo 20, e não seja resgatado com os outros Jedi, ele realmente sobrevive a esta batalha e está em estado de hibernação quando Grievous toma seu sabre de luz.

Existem vários easter eggs durante a cena da rua em Coruscant: uma versão animada de Genndy Tartakovsky, uma criatura semelhante ao "Creeper" dos desenhos de Scooby-Doo, a Cylon Centurion do original Battlestar Galactica e um "Woolie" da outra série de Tartakovky, Samurai Jack.

Embora Eeth Koth permaneceu canonicamente mortos após a Batalha de Geonosis, um Zabrak aparece na cena do Conselho, oficialmente creditado como Agen Kolar. Não se sabe se o personagem era originalmente destinado a ser Eeth Koth (na ignorância de sua morte canônica) e depois, retroativamente creditado como Agen Kolar, para evitar um problema de continuidade, ou se o Zabrak sempre foi destinado a ser Kolar e os animadores acidentalmente usaram fotografias de referência erradas.

O significado da oferta de C-3PO da trança de padawan de Anakin para Padmé é explicado na novelização de Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith.

Quando C-3PO revela seu novo chapeamento dourado para Anakin, um sinal musical de "música stripper" pode ser ouvida. Isto foi reconhecido por Genndy Tartakovsky no comentário do DVD do Volume II. Na mesma cena, a fala de Anakin é: Impressionante, Muito impressionante, a mesma linha que ele, como Darth Vader, diz mais de duas décadas mais tarde, em Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca, a seu filho, Luke Skywalker.

Quando Genndy Tartakovsky e a equipe começaram a trabalhar neste episódio, a primeira instrução de George Lucas para a equipe foi para resolver o enredo Hypori que tinha iniciado no "Capítulo 20". Ele especificou isso porque seu filho Jett estava ansioso para descobrir como termina essa história em particular, como originalmente não haviam planos de continuar a série além do "Capítulo 20".

Os projetos originais na frente da LAAT dos clones foram inspirados por arte do nariz vista em aeronaves militares. De acordo com Paul Rudish nos comentários do DVD de Guerras Clônicas Volume II, a frente do LAAT apresentada no início deste episódio foi feita para se parecer com o rosto de um Rancor.

Personalizações dos capacetes dos soldados clones neste episódio e no resto do Volume II são baseadas nas ações da vida real feitas pelos soldados durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã.

De acordo com os comentários para o "Capítulo 3", os criadores tinham estudado como equipes especiais de forças atuaram em situações de combate real, para garantir que os soldados ARC atuasse muito bem como uma equipe de forças especiais de invasão faria. Eles aparentemente reaplicaram seus conhecimentos para este episódio (Capitão Fordo usa ​​sinais de mão ao invés de falar, e quando eles se aproximam de Ki-Adi-Mundi e General Grievous, dirige membros para realizarem o que parece ser manobras de acompanhamento).

De acordo com os comentários do episódio, a preocupação de Ki-Adi-Mundi para Shaak Ti tinha a intenção de sugerir uma possível relação entre os dois.

A maioria das espécies sencientes na Cantina de Mos Eisley na cena de Uma Nova Esperança aparecem nos níveis inferiores de Coruscant.

"Capítulo 25" tentou dar uma explicação sobre o porquê de Grievous tossir quando ele fala. No comentário de cinema para o DVD de Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith, John Knoll observou a razão para Grievous tossir em A Vingança dos Sith deveu-se ao esmagamento da Força que Mace Windu lhe deu nesta série. Canonicamente, isto deve ser combinado com a explicação de George Lucas, que o corpo do general não se adaptou bem com a cibernética quando ele era um experimento para a tecnologia aperfeiçoada da armadura de Darth Vader, para dar a razão da tosse de Grievous. O Grievous em Clone Wars é retratado como maior, muito mais agressivo e acrobático que seu personagem no filme. Enquanto o Grievous do filme é descrito como um covarde e foge repetidamente até que encurralado, o Grievous de Star Wars: Guerras Clônicas aparece do nada, e, repetidamente, derrotando numerosos Jedi sozinho (embora essa inconsistência possa ser "explicada", afirmando que após Mace esmagar seu peito, ele aprendeu a lição e começou a fugir dos Jedi, a fim de evitar que isso aconteça com ele novamente). Embora o dano que ele sofreu de Mace Windu em grande parte pode ter afetado sua resistência e capacidade de movimentação. Grievous também não divide seus braços em quatro braços até o capítulo final, mas em vez disso, em uma ocasião, para evitar Ki-Adi Mundi de usar seu sabre de luz , ele usa um pé para usar um terceiro sabre de luz (Ki-Adi).


Star Wars: Guerras Clônicas
1ª Temporada:
Capítulo 1 | Capítulo 2 | Capítulo 3 | Capítulo 4 | Capítulo 5
Capítulo 6 | Capítulo 7 | Capítulo 8 | Capítulo 9 | Capítulo 10
2ª Temporada:
Capítulo 11 | Capítulo 12 | Capítulo 13 | Capítulo 14 | Capítulo 15

Capítulo 16 | Capítulo 17 | Capítulo 18 | Capítulo 19 | Capítulo 20

3ª Temporada:
Capítulo 21 | Capítulo 22 | Capítulo 23 | Capítulo 24 | Capítulo 25
Coleções:

Volume Um | Volume Dois

Em outras línguas

Rede da Wikia

Wiki Aleatória