FANDOM


Eras-legends

30px-Era-imp30px-Era-reb30px-GoodIcon

"Acho que seu expurgo não foi o bastante, Vader!"
―Echuu Shen-Jon para Darth Vader[fonte]

Echuu Shen-Jon foi um Mestre Jedi que atuou dos últimos anos da República Galáctica até o seu fim, e serviu como um General Jedi no período das Guerras Clônicas. Durante a guerra, Shen-Jon combateu a Confederação de Sistemas Independentes em diversos planetas, e com o fim da mesma ele se escondeu, ressurgindo eventualmente para lutar ao lado da Aliança Rebelde.

BiografiaEditar

JuventudeEditar

Sendo um Humano sensível à Força, Echuu Shen-Jonn foi educado nos caminhos da Força pela Ordem Jedi no Templo Jedi do planeta Coruscant. Com sua graduação na academia Jedi do Templo, Shen-Jon foi escolhido pelo Mestre Jedi Mace Windu para tornar-se seu Padawan. Construindo com sucesso um sabre de luz de lâmina verde e vencendo os Testes Jedi, o jovem Padawan ascendeu sem muitos problemas ao cargo de Mestre Jedi.[3]

Guerra ClônicasEditar

"Echuu esteve realizando todas as tarefas que o Conselho Jedi requisitou. Ele se tornou um General temido pela Confederação. Assim como ele cresce em poder, eu sei que o lado sombrio também cresce em sua tentação"
Mace Windu[fonte]
Stam Death

Echuu Shen-Jon diante do corpo de seu Padawan, Stam Reath.

Como Mestre, Shen-Jon obteve seu próprio Padawan, Stam Reath, durante o período em que a Crise Separatista abalou o Senado Galáctico. A equipe do mestre e aprendiz juntou-se à força-tarefa criada para resgatar os Jedi Obi-Wan Kenobi, Anakin Skywalker, e a Senadora Padmé Amidala do planeta Geonosis. Aterrisando no planeta com mais de dois mil Jedi, o Mestre Shen-Jon e o Padawan Reath não entraram na arena Petranaki com os outros; ao invés disso ele foram incumbidos da tarefa de destruir as naves centrais da Federação de Comércio. Eles completaram seu objetivo com sucesso, e então foram designados para perseguirem o líder Separatista Conde Dookan, que no momento tentava alcançar seu veículo de fuga. No meio do caminho eles foram interceptados pela General Chiss da Confederação de Sistemas Independentes, Sev'rance Tann, que executou Stam diante dos olhos de Shen-Jon.[3]

Escapando da batalha, o Mestre Shen-Jon caiu numa profunda depressão. Quando a General Tann reapareceu das sombras, capturando o planeta Sarapin num movimento estonteante com a ajuda da super-arma Decimator, o Alto Conselho Jedi rapidamente designou um novo Padawan para Shen-Jon—Naat Reath, irmã de Stam Reath.[3]

Juntos, Echuu e Reath lideraram uma série de campanhas bem sucedidas contra Tann e rapidamente retomou Sarapin, capturando o Monte Corvast e aprisionando o Oficial Separatista Zian Finnis. Assim como o peso da guerra crescia, Mestre Shen-Jon e seu novo aprendiz acabaram por se envolverem com o lado sombrio da Força, ambos buscando vingança pela morte de Stam Reath. Shen-Jon rastreou Tann pela galáxia até achá-la no planeta Krant, mas no caminho, Reath foi capturada pela General Chiss. Mestre Shen-Jon não ouviu aos conselhos de Mestre Windu, e ficou cada vez mais obcecado em eliminar Sev'rance.[3]

Echuu Dark side

Shen-Jon tentado pelo lado sombrio.

Após semanas em perseguição, o Mestre Shen-Jon confrontou Tann por conta própria no coração de uma fortaleza Confederada localizada em Krant. Durante o duelo, ele deixou que o lado sombrio da Força se tornasse uma influência maior sob seus poderes, derrotando sua adversária, finalmente vingando a morte de seu Padawan assassinado. Shen-Jon entrou em contato com sua Padawan atual e admitiu que não poderia retornar à Ordem até que tivesse meditado o bastante sobre seus crimes contra o Código Jedi. Ele disse a Reath que ela se tornaria uma grande Cavaleira Jedi algum dia, e pediu que ela retornasse ao Templo para uma redesignação. Ela fez o que foi pedido, mas Naat nunca revelou a localização de Shen-Jon.[2]

Exílio e re-emergênciaEditar

Mestre Shen-Jon sobreviveu em seu esconderijo por duas décadas, passando pelo Grande Purgo Jedi do Império Galáctico e pelo desmantelamento da Ordem Jedi. Durante esse período de tempo, ele acabou perdendo seu sabre de luz verde, mas adquiriu um azul, já que não havia outra escolha. Ele finalmente re-emergiu quando a Princesa Leia Organa fez um pouso emergencial em Krant, logo após a Batalha de Yavin. Lá, ele prestou ajuda a ela e outros membros da Aliança Rebelde na luta contra o Império, defendendo algumas cidades de Krant com seu sabre de luz.[3]

Echuu Rebel

Membros da Aliança Rebelde encontrando Shen-Jon.

Mais tarde, quando Organa se reuniu com Utric Sandov, Shen-Jon surpreendeu-se ao ouvir que os Imperiais haviam encontrado o artefato Jedi Vor'Na'Tu. Ele a acompanhou até Geddes, e juntos eles retomaram o artefato, mas durante o retorno para o transporte pelo qual vieram, eles se depararam com Darth Vader aguardando sua chegada.[2] Vader exigiu que eles entregassem a relíquia para ele, mas Shen-Jon recusou se render e destruiu o objeto, reduzindo-o em fragmentos. Engajando num duelo contra o Lorde Sith, as habilidades de Shen-Jon eram inferiores às de Vader, e Echuu acabou perdendo a vida. Enquanto duelava, ele deu a Princesa Organa tempo suficiente para escapar.[4]

LegadoEditar

Echuu Vader

Echuu Shen-Jon duelando com Darth Vader.

Anos depois, o espírito do Mestre Echuu Shen-Jon apareceu para alertar a Princesa Leia e Luke Skywalker sobre o artefato Vor'Na'Tu, instando-os a retornar para Geddes, que já havia sido terraformada e renomeada como Hanoon, para assegurar a relíquia de uma vez por todas. Organa e Skywalker libertaram o planeta e destruíram os fragmentos do Vor'Na'Tu. Desde então, Shen-Jon nunca mais os contactou.[2]

Nos bastidoresEditar

Echuu Shen-Jon foi mencionado pela primeira vez no guia estratégico para o jogo eletrônico de 2001 Star Wars: Galactic Battlegrounds. Ele aparece na campanha Rebelde do jogo, e foi dublado por Roger Jackson (em inglês). Sua história foi revelada no pacote de expansão chamado Clone Campaigns

Durante as Guerras Clônicas, Echuu Shen-Jon tinha um sabre de luz verde, entretanto, na época em que Leia Organa o visitou, ele carregava um azul. Isso pode ser devido ao fato que o modelo usado para representar Shen-Jon em jogo fosse uma reciclagem da versão da classe Mestre Jedi, que também carregava um sabre azul.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Notas e referênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória