FANDOM


Eras-canon-transp

Eras-legends2

ISDII

O Destróier Estelar classe Imperial, um símbolo do poder do Império Galáctico.

"Senhor, as chances de sobreviver a uma ataque direto a um Destróier Estelar Imperial—"
C-3PO para Han Solo[fonte]

Um Destróier Estelar foi uma linha de naves capitais poderosas e temidas que foram usadas tanto pela República Galáctica quanto pelo Império, assim como pela Primeira Ordem.

Exemplos notáveis de Destróieres Estelares incluíam o Destróier Estelar classe Imperial e seu antecessor, o Destróier Estelar classe Venator.

De acordo com Everi Chalis, Destróieres Estelares eram as naves mais intensivas em recursos que a galáxia já havia visto, e apenas Kuat possuía estaleiros navais capazes de suportar e manter mais do que um punhado de cada vez.

HistóriaEditar

Durante as Guerras Clônicas, a Marinha da República lançou uma frota de Destróieres Estelares da classe Venator. A série Venator viu ação em inúmeras batalhas contra a Marinha Separatista, incluindo a Batalha de Coruscant. Após a transformação da República no Império Galáctico, os Destróieres Estelares da República foram incorporados à nova Marinha Imperial. Além dos Destróieres Estelares Venator e da classe Imperial, outros modelos conhecidos no serviço imperial incluíam os Destruidores Estelares Vitória e Secutor.

Durante a rebelião e a Guerra Civil Galáctica, os Destróieres Estelares Imperiais participaram de numerosos combates contra as várias forças rebeldes que eventualmente se juntaram à Aliança para Restauração da República. Destróieres Estelares foram utilizados durante a missão secreta a Tatooine, Batalha de Hoth e a Batalha de Endor. Após os acontecimentos em Endor, o governo sucessor da Aliança Rebelde, a Nova República, capturou e destruiu inúmeros Destróieres Estelares em vários encontros, incluindo a Batalha sobre Naboo, a Rebelião em Akiva, a Batalha pelos Estaleiros de Propulsores de Kuat e a Libertação de Kashyyyk. Por 5 DBY, a Grande Almirante Rae Sloane estimou que 75% dos Destróieres Estelares Imperiais anteriores a Endor tinham sido destruídos, capturados ou perdidos em "maneiras confirmáveis e curiosas". Ao percorrer os arquivos no Salão do Registro Imperial de Coruscant, Sloane descobriu que os 25% restantes haviam desaparecido misteriosamente e sua suposta destruição havia sido falsificada.

Mais tarde, Sloane soube que o Almirante da Frota Gallius Rax ordenou secretamente as frotas imperiais no Almagest, a Nebulosa de Reclus, a Nebulosa de Queluhan, o Triângulo de Ro-Loo e o Inamorata. Essas frotas consistiam em centenas de Destróieres Estelares e milhares de naves menores. Após o ataque contra Chandrila, Rax ordenou que as frotas imperiais se reunissem acima do planeta Jakku. Numerosos Destróieres Estelares, incluindo a nave espacial da Capitão Ciena Ree. O Inflictor viu a ação durante a Batalha de Jakku; uma batalha catastrófica que acabou com a Guerra Civil Galáctica em favor da Nova República.

Trinta anos após a Batalha de Endor, a superfície estéril de Jakku ainda estava cheia de destroços de inúmeros Destróieres Estelares. Essas naves espaciais abandonadas eram alvo regularmente de catadores. A Primeira Ordem, um remanescente do Antigo Império, também era conhecida por utilizar Destróieres Estelares como parte de sua frota. Os cruzadores de batalha classe Ressurgente da Primeira Ordem foram inspirados pelo design em forma de punhal dos Destróieres Estelares do Antigo Império.

Aparições Editar

Fontes Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.