FANDOM


Eras-canon-transp

Eras-legends2

Vader's revelation
Não. Eu sou o seu pai!
Este artigo ou seção contém spoilers de Twin Suns (episódio)
A Star Wars Wiki pode se basear em fontes internacionais para este artigo.
"Eu fui ensinado pelo ser mais poderoso da Galáxia. Eu estava destinado a me tornar... muito mais."
―Darth Maul, para Savage Opress[fonte]

Darth Maul foi um Lorde Sith Zabrak Dathomiriano que viveu durante os anos finais da República Galáctica. Maul nasceu de Mãe Talzin e criado como um Irmão da Noite em Dathomir, antes de ser tomado por Darth Sidious como seu aprendiz. Maul aprendeu a arte de combate com sabre de luz e tomou consigo um de lâmina dupla, tornando-se, assim, uma arma para ser usada contra a Ordem Jedi.

Durante a invasão da Federação de Comércio em Naboo, como parte de um plano Sith orquestrado por Sidious para controlar a República e destruir a Ordem Jedi, Maul foi ordenado para localizar a Rainha Padmé Amidala, que havia escapado da custódia da Federação e cuja captura era vital para os planos da invasão, rastreando-a em Tatooine. Lá, ele lutou contra o Mestre Jedi Qui-Gon Jinn, revelando a existência dos Sith para os Jedi pela primeira vez em um milênio. Depois que a Rainha e os Jedi retornaram para Naboo para lutar contra a invasão, Maul mais uma vez enfrentou Jinn, bem como Obi-Wan Kenobi, em combate. O Lorde Sith matou Jinn, mas Kenobi foi capaz de derrotar Maul, cortando-o ao meio. Maul então caiu da beira de um reator que parecia interminável.

Ambos os Jedi e os Sith acreditaram que Maul havia perecido em Naboo, mas ele sobreviveu e entrou em exílio nos Territórios da Orla Exterior. Lá, ele ganhou um conjunto de seis pernas parecidas com as de uma aranha, permitindo-o andar novamente, mas o seu exílio em Lotho Menor o deixou louco de pensamentos de vingança e vergonha pelo que havia acontecido em Naboo. Durante as Guerras Clônicas, ele foi achado por seu irmão, Savage Opress, e levado até Mãe Talzin, que lhe deu novas pernas robóticas e restaurou a sua mente. Maul declarou a si mesmo e Opress como os verdadeiros Lordes Sith, e foi em busca de vingança contra Kenobi e derrubar os Sith.

Como parte de seu plano, Maul organizou o agrupamento de alguns criminosos em um exército conhecido como Sombra Coletiva. A aliança incluía o Olho da Morte, um grupo dissidente do planeta de Mandalore. Juntos, Maul e suas forças tomaram o controle de Mandalore. Maul matou o líder do Olho da Morte, Pre Vizsla, tornando-se seu novo líder; ele tomou o Sabre negro de Viszla. Com o Sabre negro, ele assassinou a Duquesa Satine Kryze, uma amiga próxima de Kenobi cuja morte era parte da busca de Maul por vingança. Maul foi capturado pouco depois por Darth Sidious, que matou Opress e levou Maul sob custódia na esperança de usá-lo para atrair Mãe Talzin às claras, para que os Sith pudessem eliminá-la.

Maul escapou do cativeiro e reagrupou suas forças em Zanbar, muitos deles foram mortos num ataque Separatista com expectativas de empurrar Maul em direção à Talzin. Sob as instruções de Talzin, Maul atraiu Conde Dookan e General Grievous numa batalha em Ord Mantell, onde ele e suas forças capturaram ambos líderes separatistas. Dookan brevemente se juntou à Maul, e os dois lutaram contra um assalto liderado pela República Galáctica contra a Sombra Coletiva. Sabendo que Dookan estava apenas simulando a aliança, Maul levou o Lorde Sith para Dathomir, onde Talzin tomou o controle de seu corpo. Maul e sua mãe lutaram contra Sidious e Grievous num duelo com sabres de luz, onde a Sombra Coletiva foi destruída pelo exército da Confederação dos Sistemas Independentes, e Talzin foi morta. Maul fugiu da batalha, mas nunca desistiu do seu desejo por vingança contra os Sith.

Anos depois de Sidious ter reformado a República no Império Galáctico, sendo ele mesmo o Imperador Galáctico, Maul viajou ao antigo Templo Sith de Malachor para buscar o conhecimento necessário para destruir Sidious, seu novo aprendiz Darth Vader, e os Inquisidores do Império. Mas seus planos foram frustrados por dois Jedi, Kanan Jarrus e Ezra Bridger. Algum tempo depois do duelo em Malachor, Maul armou uma armadilha para os Jedi que frustraram seus planos. Como Maul sabia que Jarrus possuía um Holocron Jedi, e poderia juntá-lo ao Holocron Sith que estava em posse também dos Jedi, e conseguir acessar o conhecimento que tanto desejava, Maul sequestrou os outros membros do Esquadrão Fênix, que Kanan e Ezra faziam parte, forçando a troca dos Holocrons pela vida de seus aliados. Após a troca ser realizada, houve um breve duelo, em que Maul não conseguiu acessar todo o conhecimento desejado, mas descobriu que seu inimigo de longa data, Mestre Jedi Obi-Wan Kenobi, sobreviveu ao Purgo Jedi, e estava escondido em Tatooine. Maul foi ao planeta, e após manipular a mente de Ezra Bridger para encontrar Kenobi, Maul enfrentou o Mestre Jedi num duelo, enquanto Bridger escapava. Após um curto duelo, Kenobi derrotou Maul, terminando a vida do Zabrak.

BiografiaEditar

InfânciaEditar

"[Sidious] prometeu me tornar sua mão direita, mas ao invés disso ele roubou o que era mais precioso para mim... minha própria carne e sangue. Meu filho!"
―Mãe Talzin relembra como Darth Maul se tornou o aprendiz de Darth Sidious[fonte]

O garoto que se tornaria conhecido como Darth Maul era filho de Mãe Talzin de Dathomir[8]. Como um Zabrak Dathomiriano, ele era um Irmão da Noite e tinha dois irmãos de sangue, Savage Opress e Feral.[9] Antes do seu primeiro aniversário, Talzin deu a Maul e a seu irmão Opress suas primeiras tatuagens.[10] Quando Maul ainda era criança, Mãe Talzin se tornou uma aliada de Darth Sidious, o Lorde Sombrio dos Sith, e os dois trocaram conhecimento e poder. Sidious eventualmente abandonou Talzin, apesar de prometer fazê-la seu aprendiz e no lugar tomou Maul quando percebeu o potencial do garoto.[8] Uma vez sob a tutela de Sidious, Maul começou o treinamento como seu aprendiz Sith.[1]

Por anos, Maul foi treinado para ser uma arma dos Sith. Tornou-se um guerreiro muito acrobático, treinado para ser implacável contra seus inimigos, e aprendeu a usar um sabre de luz de duas lâminas. Seu treinamento Sith o tornou sedento por vingança contra a Ordem Jedi,[1] que havia derrotado os Sith um milênio antes.[11] Com seu mestre, Maul mantinha esperanças de derrotar os Jedi e restaurar o poder galáctico aos Sith.[1]

Invasão de NabooEditar

"Pelo menos nos revelaremos aos Jedi. Pelo menos teremos nossa vingança."
―Darth Maul para Darth Sidious[fonte]
Depois de anos esperando sua vingança contra os Jedi, Maul tornou-se parte dos planos do seu mestre para tomar a República Galáctica e destruir os Jedi. Sidious, que era secretamente Senador Palpatine de Naboo, conspirou com a Federação de Comércio para invadir seu planeta como retaliação pela taxação de rotas de comércio nos sistemas estelares periféricos da República. A Federação despachou suas forças e formou um bloqueio contra Naboo, e preparou seu exército droide de batalha. O Supremo Chanceler Finis Valorum, a quem Palpatine planejava substituir durante a invasão, despachou dois Cavaleiros Jedi, Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi, para resolver a situação, mas a Federação tentou matar ambos, forçando Jinn e Kenobi a entrar na superfície. Uma vez lá, e como a invasão já havia começado, eles resgataram a Rainha Padmé Amidala e escaparam de Naboo.[3]
18px-Char-stub Este artigo é um esboço de um Sith. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.


Notas e referênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.