FANDOM


Eras-canon-transp

Star Wars Os Últimos Jedi
Está na hora dos Jedi acabarem.
Aviso! Essa página contém SPOILERS de Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi. Se você não quer ver spoilers, deixe esta página agora!
YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Este artigo ou seção precisa ser expandido.
Por favor, atualize este artigo adicionando as informações faltantes. Você também pode checar a página de discussão desta página. Remova esta mensagem quando terminar.

"O que você está buscando não está atrás de você. Está à frente."
―Maz Kanata para Rey[fonte]

Rey era uma Humana catadora de sucata nativa de Jakku que descobriu ser sensível à Força durante sua busca ao lendário Mestre Jedi Luke Skywalker a fim de trazer uma nova esperança à galáxia à beira da guerra. Rey cresceu sozinha no mundo desértico de Jakku, esperando sua família retornar, até encontrar BB-8, droide que carregava informações sobre o paradeiro de Skywalker. Juntamente com Finn, um desertor da Primeira Ordem, Han Solo e Chewbacca, ela embarcou em uma jornada para entregar o mapa a Skywalker para General Leia Organa e para a Resistência. No caminho, ela descobriu o sabre de luz de Skywalker e sua sensibilidade à Força despertou. Logo depois, ela acabou sendo capturada por Kylo Ren, nascido Ben Solo, filho de Leia e Han, contra quem Rey duelou na Base Starkiller logo antes da Resistência destruir a superarma. Depois de chegar à base da Resistência em D'Qar, Leia deu a Rey a missão de encontrar Luke com base no mapa e apresentar a ele o seu antigo sabre de luz como um símbolo da única esperança da galáxia: a volta dos Jedi.

As tentativas inicias de Rey de trazer o Mestre Jedi de volta ao palco galáctico foram infrutíferas, e, embora ele acabou relutantemente aceitando treiná-la, Rey foi logo envolvida em uma ligação da Força com Kylo Ren. Essa ligação permitia com que a dupla se comunicasse, o que levou a jovem a questionar o que Luke havia feito quando Ren fora tentado pelo lado sombrio. Depois de descobrir toda a verdade dos eventos daquela noite, Rey deixou Ahch-To e partiu para a Supremacia a fim de trazer Kylo de volta à luz. Depois de chegar à nave capitânia de Snoke, Líder Supremo da Primeira Ordem, ela foi levada à sala do trono, onde Snoke declarou que foi ele quem criara a ligação da Força entre seu aprendiz, Kylo, e a jovem de Jakku. Confiante de que havia com sucesso envolvido Rey em sua armadilha, Snoke ordenou que seu aprendiz matasse-na. Kylo, no entanto, se voltou contra seu mestre e o matou com o sabre de luz de Skywalker. Na sequência, Kylo ofereceu a Rey a oportunidade de reinar ao seu lado, mas ela recusou, e os dois disputaram com a Força o sabre de Skywalker, o que resultou por partir o sabre ao meio. Rey fugiu e chegou em Crait, onde ela e Chewbacca ajudaram a Resistência ao derrubar os caças TIE da Primeira Ordem a bordo da Millennium Falcon. Enquanto Luke distraia a Primeira Ordem ao se projetar em Crait, Rey ajudou os restantes da Resistência a escapar, se conectando com Kylo Ren uma última vez antes de partir. Rey se tornou a última Jedi da galáxia depois que Luke se juntou à Força.

Biografia

Vida pregressa

Rey nasceu de dois sucateiros onze anos depois da Batalha de Endor e com a idade de 5 anos, foi deixada pelos seus pais em Jakku,[4] um planeta ferro-velho no extremo do Âmbito Oeste[5] para comprar bebidas, mas com as razões sendo desconhecidas para a garota. Rey acreditava que eles haviam cometido um engano e que um dia eles retornariam e a levariam de volta para casa. Durante sua vida em Jakku, ela se sentia bastante deslocada no Posto Avançado Niima, o posto de comércio mais importante do planeta, sentindo que ali não era seu lugar, ela também presenciou um grande de números de nave que chegavam ali por acidente, e, achava que era isso que tinha acontecido com seus pais e eles acabaram esquecendo-a lá.[6] Ela vivia em um antigo AT-AT caído e aprendeu a sobreviver por conta própria e a escavar sobras para se sustentar[1]. As habilidades de Rey como sucateira fizeram com que ela ganhasse respeito entre os comerciantes de sucata, Unkar Plutt em particular. Plutt ordenou que seus ladrões não roubassem de Rey pois ela era uma fonte boa de sucata. Rey aprendeu autodefesa por necessidade para se ajustar as condições de Jakku. Em uma de suas incursões em busca de sucata, Rey encontrou um velho simulador de voô e o levou para seu lar, ela aprendeu a pilotar utilizando esse simulador.[7], Rey também possuía um capacete de piloto rebelde que ela achou na sua primeira incursão ao cemitério de naves de Jakku. Esse capacete pertencia a Capitã Dosmit Ræh. Rey inventou algumas histórias sobre Ræh, suas origens, família e etc...[6]

Conhecendo BB-8 e Finn

Rey with BB-8

Rey e BB-8 logo após se encontrarem pela primeira vez.

Certo dia, ela encontrou um droide do modelo BB-8. No começo, a sucateira pretendia vendê-lo, mas se apegou emocionalmente ao droide e decidiu permanecer com ele. No entanto, no dia seguinte, enquanto alguns contrabandistas tentavam roubá-lo dela, Rey acabou sendo encontrada por Finn. No começo, pensou que Finn era um ladrão, mas ele conseguiu convencê-la de que fazia parte da Resistência, embora isso não fosse verdade.

Enquanto ainda se apresentavam um ao outro, começaram a ser perseguidos por Caças TIE, que haviam sido enviados pela Primeira Ordem a fim de capturar o droide BB-8. Para despistá-los e fugir do planeta Jakku, utilizaram a antiga Millenium Falcon, que, no momento, estava enferrujada e pertencia a um dos catadores do local. Após terem conseguido fugir, perceberam que a nave estava sendo capturada por contrabandistas espaciais. Enquanto se escondiam dentro da nave e ainda tentavam instalar uma armadilha contra os ladrões, os contrabandistas se revelaram serem Han Solo e Chewbacca. Logo depois de se encontrarem com Han e Chewbacca, foram emboscados por piratas dos quais Solo havia acumulado algumas dívidas. Após uma tentativa mal sucedida de negociar com os ladrões, eles tiveram de batalhar contra eles e fugir na Millenium Falcon.

Jornada para Takodana

"Rey... esses são seus primeiros passos."
―A voz de Obi-Wan Kenobi durante a visão de Rey.[fonte]
Maz Kanatas Castle Takodana

Rey, Finn e Han Solo adentrando no templo de Maz Kanata.

Já tendo escapado dos contrabandistas, os quatro descobriram que BB-8 trazia coordenadas do local onde Luke Skywalker estaria escondido. No entanto, as coordenadas estavam incompletas. Assim, porém, a Millenium Falcon estava precisando de abastecimento, eis que então Han Solo decide ir para o planeta Takodana a fim de se encontrar com uma antiga pirata chamada Maz Kanata. No planeta, Finn conta para Rey que, na verdade, não pertencia à Resistência, mas que era um Stormtrooper da Primeira Ordem que, em sua primeira missão, já havia decidido não iria matar e lutar por eles, ele então decide que seria melhor que ele fosse embora.

Decepcionada e triste pela atitude de Finn, Rey caminhava pelo palácio até que escutou uma voz de uma pessoa gritando. A fim de saber de onde vinha essa voz, ela acabou encontrando uma sala onde havia um baú no qual se encontrava o antigo sabre de luz que havia pertencido a Anakin Skywalker e, depois, ao seu filho, Luke Skywalker. Porém, no momento em que tocou no sabre, ela teve um visão na qual se encontrava Luke e R2-D2, Kylo Ren e ela no momento em que foi abandonada pelos pais, o que fez com que se afastasse do sabre.

Um pouco depois, Maz Katana aparece, ela a explica que a Força se encontra em tudo ao redor e que Rey deveria deixá-la despertar em si. Porém, ela não queria tocar no sabre novamente e, assustada, fugiu do local até as florestas do planeta junto a BB-8.

Captura e Escapada

"Você tem medo... de que nunca será tão poderoso quanto Darth Vader!"
―Rey para Kylo Ren[fonte]
ReyRen-TFAintltrailer

Rey é capturada por Kylo Ren.

Ainda nas florestas do planeta, ela percebeu a chegada de tropas e naves da Primeira Ordem. No momento em que tentava retornar ao templo onde estavam Han e Chewbacca, foi avistada por alguns stormtroopers acompanhados por Kylo Ren. Rey tentou atirar em Kylo Ren com a sua arma, mas o mesmo conseguiu desviar os disparos e capturá-la.

Assim, ela foi levada para as instalações da Base Starkiller, onde foi feita refém de Ren. Na base, Ren tentou interroga-la utilizando a força para vasculhar sua mente onde estava o mapa para Luke Skywalker, porém, Rey conseguiu reverter a manipulação mental de Ren e atormentá-lo dizendo que ele sente medo de que nunca conseguirá superar seu avô, Darth Vader. Após se descobrir sensível a força, ela conseguiu usar um truque mental no stormtrooper que a guardava, fazendo-o abrir a cela. Rey então começou a tentar escapar da base sem que ninguém percebesse, no caminho, ela se reencontrou com Finn, Han Solo e Chewbacca, que haviam vindo para a Base com objetivo de desativar os escudos da Base Starkiller e resgatá-la.

Após plantar os explosivos nas colunas do oscilador térmico (que após sua detonação daria acesso as X-Wings que estavam atacando a base ao ponto fraco da instalação), Rey testemunhou uma tentativa de Solo de dialogar com Kylo, onde ela descobrira que Ren era o filho de Han Solo, Ben. Ele preferiu assassinar seu pai a abandonar o lado sombrio, na verdade, ele achava que seus pais eram mais uma fraqueza que impedia ele de fortalecer. Rey e Finn fugiram juntos, Ren começou a persegui-los.

Rey vs. Kylo Ren

Quando ambos se encontraram, Kylo conseguiu deixar Rey temporariamente desacordada utilizando um empurrão da Força, Finn ligou o sabre de luz de Luke e começou a lutar contra Kylo Ren. Após Kylo desarmar e ferir Finn, ele então tentou chamar o sabre de seu avô para si, ao invés disso ele fora para as mãos de Rey, os dois começaram a lutar, e mesmo sem possuir qualquer treinamento, ela conseguiu encurralar Ren na beira de um precipício. Ele a lembrou de sua falta de treinamento e se ofereceu para ensiná-la. Rey imediatamente recusou e conseguiu ferir e derrotar seu oponente, porém, antes que ela conseguisse mata-lo ou captura-lo, uma fissura se abriu no chão devido a iminente destruição da Base Starkiller, separando-os, Chewbacca apareceu pouco tempo depois com a Millenium Falcon, ela carregou um Finn ferido para dentro da nave e retornou para D'Qar.

Encontrando Luke

"Rey, que a força esteja com você"
―Leia para Rey[fonte]

Após retornar a base da Resistência, R2-D2 saiu de seu estado de gestão de energia e revelou o resto do mapa com a localização de Luke Skywalker. Após se despedir de Finn (que estava inconsciente), Rey, Chewbacca e R2-D2 foram para a localização indicada na Millennium Falcon. Deixando o wookie e o droide para trás, Rey andou por uma ilha do planeta sem nome que ela havia visto em suas visões no Palácio de Maz Kanata. Lá, ela encontrou Skywalker e o apresentou seu antigo sabre de luz.[1]

Depois de oferecer o sabre de luz, Rey ficou chocada ao ver Luke simplesmente descartar a arma depois de brevemente examiná-la. Durante sua descida da montanha, a jovem desesperadamente tentou convencer Skywalker a ajudar os membros restantes da Resistência, mas ele se recusava. Depois de recuperar o sabre de luz, Rey continuou a seguí-lo pela ilha, apesar dele ter mandado a jovem ir embora. Eventualmente, ela acabou por encontrar uma velha árvore que continha alguns dos textos Jedi mais antigos desde a criação da Ordem Jedi, dizendo que conhecia aquele lugar. Luke, intrigado, pediu que ela explicasse, mas ela continuou a pressioná-lo a sair de seu exílio e ajudar a luta contra a Primeira Ordem. Luke mais uma vez recusou, revelando que ele não viera a Ahch-To para se esconder, mas, sim, para morrer. Depois, ele perguntou a Rey seu verdadeiro motivo de vir até a ilha, e ela explicou que possuía um poder dentro dela que ela não compreendia e que isso a assustava. Naquela noite, Luke disse a Rey que ele lhe daria três aulas sobre a Ordem Jedi e porque ela deveria acabar. [8]

Personalidade e Traços

Rey2-Fathead

Rey era uma mulher relativamente magra, de cabelo castanho e habilidosa com um bastão

Em Jakku, Rey era solitária, ela vivia sozinha nos destroços de um AT-AT caído, esperando que um dia sua família retorne mesmo depois de anos de ausência. Mesmo vivendo isolada, ela se sentia bem em ajudar os que precisavam, salvando BB-8 duas vezes de ladrões e provendo assistência a Finn. Ela estava assustada pela sua primeira visão e recusou a pegar o sabre de Skywalker, mas ela não pensara duas vezes em chamar o sabre quando Finn havia sido derrotado por Kylo Ren. Diferente de Ren, que utiliza formas agressivas e o ódio durante o combate, características de usuários do lado sombrio, Rey conseguiu ficar calma e se concentrou para de derrotar Kylo.[1]

Poderes e habilidades

Rey demonstrou domínio de Persuasão da Força ao fazer um stormtropper fazer o que ela queria usando apenas a voz. Além disso, usou a Telecinese quando moveu o sabre de luz de Luke Skywalker usando a Força.

Bastidores

Rey foi interpretada por Daisy Ridley em Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força e nos futuros filmes da nova trilogia.

Referências