FANDOM


Eras-canon-transp

30px-FeaturedIcon

Z-95 Headhunter Conteúdo se aproximando. Classe Star Wars Battlefront II.

Partes deste artigo foram identificadas como desatualizadas.
Por favor, atualize este artigo com os eventos recentes e remova este aviso quando terminar.

"Nada ficará em nosso caminho. Eu terminarei o que você começou."
―Kylo Ren — Gnome-speakernotesOuça (arquivo)[fonte]

Kylo Ren, nascido Ben Solo, era um humano sensível à Força que era o mestre dos Cavaleiros de Ren e era um dos líderes da Primeira Ordem, sob o comando direto do Líder Supremo Snoke, aproximadamente trinta anos após a Batalha de Endor. Filho dos heróis Rebeldes Leia Organa e Han Solo, Ben foi treinado como aprendiz Jedi de seu tio Luke Skywalker, na sua nova Academia Jedi. Enretanto, Ben foi atraído pelo lado sombrio e se tornou obcecado por assumir o legado do seu avô, Darth Vader. Acreditando-se muito fraco como Jedi para atingir o nível de seu avô, Ben adentrou o lado sombrio, com forte influência do misterioso usuário da Força chamado Snoke. Tomando o nome Kylo Ren, Ben deixou a nova ordem Jedi do tio e matou todos os seus colegas aprendizes. Skywalker entrou em um exílio autoimposto e Kylo se tornou um dos Cavaleiros de Ren dentro da Primeira Ordem. Esses eventos devastaram seus pais, levando à separação de Han e Leia; Han voltou para sua carreira de contrabandista e Leia voltou para sua posição de liderança na antiga Aliança.

Com a intenção de encontrar e destruir seu tio antes que ele pudesse reconstruir os Jedi, Kylo rastreou o último fragmento do único mapa que levava ao tio, encontrando todos exceto um nos antigos arquivos do Império Galáctico. Ele quase obteve o fragmento em Jakku, mas o piloto da Resistência Poe Dameron chegou mais rápido e escondeu o mapa em seu droide BB-8. Kylo e a Primeira Ordem então caçaram o droide, que fez amizade com a catadora de lixo Rey e o ex-stormtrooper Finn. Depois de localizá-los em Takodana, Kylo capturou Rey, sabendo que ela tinha visto o mapa. A sensibilidade à Força de Rey a permitiu resistir a varredura de mente que Ren tentou fazer e ela escapou enquanto as forças da Resistência chegaram para destruir a Base Starkiller.

Durante a batalha, Ren encontrou e matou seu pai, acreditando que eram seus sentimentos por seus pais que estavam enfraquecendo sua conexão com o lado sombrio da Força. Depois de ser alvejado por um Chewbacca furioso, Kylo perseguiu Rey e Finn até a floresta. Ele foi novamente ferido por Finn durante um duelo de sabre de luz, mas eventualmente o derrotou, deixando-o profundamente machucado. Ele foi finalmente sobrepujado por Rey, que feriu-o gravemente. Eles foram separados pelo colapso do planeta e Ren foi salvo pelas forças em retirada da Primeira Ordem. Snoke ordenou que ele fosse levado à sua presença para que seu treinamento pudesse ser completado.

Biografia

Juventude

"Tem muito do Vader nele."
―Han Solo, refletindo sobre as similaridades entre Kylo Ren e Darth Vader[fonte]
KnightsOfRen TFA

Kylo Ren durante o massacre Jedi com os outros membros dos Cavaleiros de Ren

Filho de Leia Organa e Han Solo, o jovem Ben Solo foi enviado para estudar junto com outros aprendizes Jedi sob a instrução do seu tio Mestre Jedi Luke Skywalker. Embora Ben demonstrasse grande potencial como usuário da Força, ele começou a desenvolver uma obsessão doentia com seu avô Anakin Skywalker, sentindo-se inspirado por seus feitos como o Lorde Sith Darth Vader. Sentindo que ele devia manter o legado de Vader, Ben traiu e matou seus colegas Jedi, impedindo que Skywalker restaurasse a Ordem Jedi.[6] Tendo caído sob a influência do misterioso Snoke, Ben se tornou seu aprendiz, se filiando à Primeira Ordem de Snoke e aos Cavaleiros de Ren, tomando o nome Kylo Ren. Ele construiu seu próprio sabre de luz, com um design bruto e perigoso, usando um cristal instável que produzia uma lâmina distorcida e faiscante, e passou a usar um capacete metálico preto.[2] Ren estava na linha de frente da cruzada da Primeira Ordem para destruír a Resistência (umaorganização que se opunha à Primeira Ordem) e os Jedi, com seu principal objetivo sendo encontrar e matar seu antigo mestre Luke Skywalker, o único Jedi conhecido que havia escapado do massacre de Ren.[2]

Conflito Primeira Ordem-Resistência

Jakku

"Não é preciso se preocupar. Juntos nós vamos destruir a Resistência—e o último Jedi."
―Kylo Ren[fonte]
Kylo tortures Poe Dameron

Ren tortura Poe Dameron pela localização do mapa

A Resistência também estava atrás de Skywalker. Ambos os lados estavam atrás de um mapa que levava até o Mestre Jedi. A Primeira Ordem tinha recuperando a maior parte dele nos arquivos do Império Galáctico, mas uma peça estava faltando e a Resistência a encontrou primeiro. Seu melhor piloto, Poe Dameron, foi enviado para o planeta desértico Jakku para recuperar o fragmento de Lor San Tekka no vilarejo Tuanul, mas Kylo e a Primeira Ordem estavam logo atrás. Enquanto os stormtroopers atacavam, Dameron escondeu o fragmento em seu droide BB-8, que fugiu para o deserto. Ren tinha viajado até Jakku pessoalmente e sitiou o vilarejo, executando Lor San Tekka e a população sobrevivente, tomando Poe como prisioneiro. Ele foi levado até o Destróier Estelar Finalizer, onde Ren o torturou e interrogou, conseguindo descobrir sobre BB-8. A Primeira Ordem então ofereceu uma recompensa para qualquer um que recuperasse o droide e enviou um grupo de stromtrooper de volta a Jakku para encontrá-lo, mas perderam o contato com as tropas derrotadas pouco depois.[2]

Pouco depois de Ren deixar Dameron sozinho, um stormtrooper escolheu deserdar e libertar o piloto da Resistência, prosseguindo para roubar um TIE fighter das Forças Especiais. Ren corretamente deduziu que o soldado era FN-2187, o stormtrooper que tinha se recusado a atirar na população de Tuanul. O Finalizer conseguiu abater o TIE com um míssil.[2]

Ren discutiu a situação com o General Hux, que o lembrou que eles deveriam capturar BB-8 ou destruí-lo se necessário. Kylo criticou Hux pela deserção de Finn, dizendo que talvez a Primeira Ordem devesse adotar um exército de clones ao invés de crianças-soldado indocrinadas. Hux o alertou que não deixasse seu interesse pessoal em Skywalker interferir com suas ordens, mas Ren o ignorou, insistindo que queria o mapa e que Hux deveria encontrá-lo.[2]

Um oficial junior reportou para Ren que o droide havia escapado de Jakku a bordo de um cargueiro Corelliano série YT roubado. Ren sarcasticamente perguntou se o droide tinha roubado o cargueiro sozinho e o oficial respondeu que suspeitavam do envolvimento de FN-2187 na fuga. Em um ataque de fúria, Kylo ligou seu sabre de luz e destruiu um painel de instrumentos. Mais calmo, ele perguntou se o oficial tinha algo mais a dizer, e ele reportou que uma garota também havia ajudado BB-8. Furioso, Kylo usou a Força para puxar o oficial pela garganta e o enforcar com as próprias mãos, perguntando quem era a garota.[2]

Percebendo que ele precisava de ajuda, Ren voltou para a Base Starkiller, onde ele pediu o conselho de seu mentor, o Líder Supremo Snoke. Ren contou ao mestre que tinha sentido um despertar na Força e Snoke confirmou que ele também havia sentido. O Líder Supremo então contou ao aprendiz que o cargueiro em que o droide escapara era a nave de seu pai, a Millenium Falcon, e que ele teria que confrontá-lo para superar o lado luminoso da Força. Kylo afirmou que Han não significava nada para ele e que sua jornada para o lado sombrio logo estaria completa.[2]

Notícias da localização de BB-8 logo chegaram à Primeira Ordem: ele havia sido avistado no planeta Tokana.[2]

Capturando Rey

"Você ainda quer me matar."
"Isso acontece quando você está caçada por uma criatura numa máscara."
―Kylo Ren e Rey[fonte]
ReyRen-TFAintltrailer

Ren captura Rey

Ao chegar em Takodana, a Primeira Ordem atacou o Castelo de Maz Kanata esperando encontrar BB-8, enquanto Ren foi procurar nos bosques por perto. Ao invés do droide, ele encontrou Rey, uma caçadora de lixo de Jakku que tinha ajudado BB-8 e o ex-stormtrooper Finn a escaparem do planeta. Após um breve confronto, Ren vasculhou sua mente e descobriu que ela já tinha visto o fragmento de mapa. Deixando-a inconsciente, ele a pega no colo e manda suas tropas recuarem, retornando para seu shuttle para interrogá-la na Base Starkiller.

Ren esperou até que Rey, algemada, retornasse à consciência. Quando ela o questionou sobre o destino de seus amigos, ele respondeu honestamente que não fazia ideia. Ele então afirmou que ela ainda queria matá-lo. Rey rebateu dizendo que isso era natural quando estava sendo caçada por "uma criatura numa máscara", então Kylo removeu seu capacete, revelando seu verdadeiro rosto. Seu interrogatório se provou infrutífero, já que Rey não apenas conseguiu resistir aos seus poderes como conseguiu usá-los contra ele e ter uma visão daquilo que ele mais temia: nunca ser tão poderoso quanto Darth Vader. Perturbado, Ren voltou a falar com Snoke, que ficou furioso ao descobrir que uma mera catadora de lixo tinha resistido ao seu aprendiz. Ren se defendeu, afirmando que a garota era forte na Força, mesmo que sem treinamento, muito mais forte do que ela mesmo sabia. Snoke perguntou sobre BB-8, e Hux interviu, humilhando Ren ao revelar que ele tinha considerado o droide desnecessário quando capturou Rey. Kylo continuou a afirmar que a garota podia levá-los a Skywalker, então Snoke exigiu que ela fosse levada à sua presença; porém, ela escapara no meio desta conversa. Kylo teve outro acesso de fúria ao descobrir a cela vazia, assustando dois stormtroopers em patrulha. Depois de se acalmar, ele colocou a base em estado de alerta, sabendo que ela estava começando a testar seus poderes e se tornaria mais forte e perigosa enquanto estivesse em liberdade.[2]

Confronto com Solo

"Ben!"
"Han Solo. Eu esperei por esse dia por muito tempo."
―Han Solo e Kylo Ren[fonte]

Enquanto procurava por Rey na Base Starkiller, Ren foi confrontado pelo seu pai, Han Solo, que estava tentando destruir o oscilador térmico usando explosivo com Chewbacca, Finn e Rey. Solo implorou que Ren deixasse o lado sombrio para trás e se redimisse das escolhas que ele havia feito, oferecendo qualquer coisa que ele quisesse para que ele voltasse com ele. Ren estendeu seu sabre de luz, aparentemente oferecendo-o, mas, numa tentativa de se livrar completamente do lado luminoso da Força, ele ligou o sabre e perfurou o coração do pai. Solo, moribundo, tocou o rosto de seu filho, e Kylo o agradeceu. Chewbacca, furioso com o assassinato de seu melhor amigo, atirou em Kylo com sua balestra, causando uma ferida grave e dando tempo para que Finn e Rey escapassem.

Duelo com Rey

Kylo Ren confronts Rey and Finn

Kylo Ren confronta Finn e Rey durante a Batalha da Base Starkiller.

"Aquele sabre de luz. Ele pertence a mim!"
"Vem pegar!"
―Kylo Ren e Finn[fonte]

Kylo Ren eventualmente alcançou o par em um bosque isolado. Depois de paralisar Rey com telecinese e a nocautear contra um tronco de árvore, Ren enfrentou Finn, exigindo que o "traidor" lhe entregasse o sabre de luz que pertencera a Anakin Skywalker. Finn recusou e ligou a arma, desafiando Kylo para um duelo, uma oferta que seu furioso oponente aceitou de bom grado. Kylo repetidamente bateu na sua ferida ensanguentada, usando a dor para se fortalecer no lado sombrio, e atacou. O duelo foi curto, mas brutal e embora tenha lutado bravamente, Finn não foi páreo para os poderes sombrios de Ren, que o sobrepujou e desarmou, encerrando o duelo com um golpe de sabre de luz nas costas de seu adversário, que o deixou em um estado de coma.[2]

Com Finn incapacitado, Ren se voltou para o sabre de luz de seu avô, que tinha sido jogado na neve, invocando a Força para puxar a arma em direção a sua mão estendida. Para a surpresa de Kylo, o sabre passou voando por ele e acabou na mão de Rey, reanimada, que partiu para o combate. Por um tempo, Kylo continuaria na ofensiva, pressionando Rey a recuar, cortando árvores ao seu redor. Enquanto os dois mediam forças com os sabres, Kylo se ofereceu para treiná-la nos caminhos da Força. Ao ouvir a Força ser mencionada, Rey se concentrou e entrou em um transe, aparentemente empoderada. Embora ele fosse o único com treinamento formal com sabres de luz, Ren foi colocado na defensiva e foi eventualmente desarmado pela jovem, recebendo uma ferida significante no rosto.[2]

Antes que Rey pudesse tentar um golpe final, a superfície da Base Starkiller começou a se partir, com o sucesso dos caças da Resistência na destruição do oscilador térmico. Com o planeta se desmanchando sob seus pés, Rey e Finn foram resgatados por Chewbacca na Millennium Falcon. Ferido mas vivo, Kylo Ren escapou da destruição da base com a ajuda do General Hux e suas forças da Primeira Ordem.[2]

Personalidade e traços

"Eu sou imune à luz."
―Kylo Ren[fonte]

Kylo Ren foi um humano, nascido "Ben" para Han Solo e Leia Organa, herdeiro da poderosa linhagem Skywalker de usuários da Força. Como Kylo Ren, ele vestia capuz e capa preta, uma máscara escura e empunhava um sabre de luz perigoso e instável que ele mesmo havia construído. A máscara e o capacete que Ren usava alteravam sua voz de forma parecida com Darth Vader, seu ídolo. Entretanto, ao contrário de Vader, que precisava da máscara para se manter vivo e esconder seu rosto queimado, Ren não necessitava fisicamente da máscara.[2] Seu sabre de luz, baseado em um design antigo datando do Grande Flagelo de Malachor, dependia de um cristal kyber rachado que mal podia conter o poder da arma, precisando de aberturas laterais que produziam uma espécie de guarda, formando seu marcante formato de cruz. O cristal fraturado também produzia uma lâmina vermelha instável e serrilhada. As portas de escape da guarda também eram úteis em combates, como quando Kylo quebrou um bloqueio de sabres de luz com Finn ao usar as emissões laterais para queimar o ombro de seu oponente.[6][7]

Kylo Ren Vader Helmet Chamber

Kylo Ren idolatrava seu avô; não como Anakin Skywalker, mas como Darth Vader.

Ren era obcecado com sua conexão ancestral com o lendário e poderoso Lorde Sith Darth Vader. Acreditando se capaz de se comunicar com seu falecido avô, Ren implorou ao espírito de Vader para que ele mostrasse novamente "o poder da escuridão", para que ele pudesse continuar seu legado.[2] Enquanto ele interrogava Rey na Base Starkiller, ela o acusou de ter medo de nunca ser tão forte quanto Vader—para o desgosto de Ren. O Lorde Sombrio era conhecido por seu temperamento, mas, comparado com Vader, Ren tinha mais dificuldade de controlar sua raiva. Quando encontrava obstáculos, ele tinha acessos de raiva em que ele atacava com seu sabre de luz tudo que encontrava pela frente, destruindo equipamento simplesmente para extravasar sua frustração. Quando pudiam, stormtroopers preferiam ficar longe do mentalmente instável Kylo Ren quando ele estava nesse estado.[2]

Ren era encorajado por Snoke a honrar sua herança em ambos o lado luminoso e o lado sombrio, e por isso demonstrava um grande conflito dentro de si.[3] Ele sentia constantemente o chamado da luz e de sua família, e lutava para se manter desconectado de sua antiga vida, como seu avô antes dele.[2] Snoke acreditava que Ren era a incarnação ideal da Força: um ponto focal da escuridão e da luz.[6]

Poderes e habilidades

"Você precisa de um professor. Eu posso te mostrar os caminhos da Força."
―Kylo para Rey[fonte]
KyloIsNotKyboRen-TFAT2-4KPub

Kylo Ren usa a Força para parar um tiro de blaster no ar.

Como seu avô, tio e mãe, Kylo Ren possuía uma poderosa conexão com a Força. Ele era habilidoso no uso de telecinese, capaz de usá-la para imobilizar seres, parar e suspender tiros de blaster no ar por longos períodos de tempo e mandar indivíduos voando com um empurrão da Força. Kylo era capaz de telepaticamente torturar indivíduos (como no caso do piloto da Resistência Poe Dameron), e usar o poder de sonda mental para extrair telepaticamente informações de suas vítimas. Ren também conseguia perceber distúrbios na Força, sentindo um despertar na Força e intuindo a presença de Han Solo na Base Starkiller. Kylo Ren demonstrava um alto nível de proficiência no uso de um sabre de luz, usando a arma tanto para se defender de tiros inimigos quanto para enfrentar adversários em duelos face-a-face. Adicionalmente, Kylo tinha considerável estamina e força de vontade, além de uma grande tolerância à dor, sendo capaz de continuar a combater múltiplos oponentes apesar de ter sido gravemente ferido no lado por um tiro de balestra e de ter recebido outros ferimentos menores ao longo de seus duelos.[2]

Nos bastidores

"Eu já escrevi quatro filmes de ‘Star Wars’ agora, e nunca houve um personagem como o que o Adam interpreta."
Lawrence Kasdan[fonte]
KyloRenMural-Fathead

Imagem promocional de Kylo Ren numa postura de batalha.

Kylo Ren foi revelado pela primeira vez no primeiro teaser trailer de Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força em 28 de Novembro, 2014. O nome de Ren foi revelado pela Entertainment Weekly em um card de colecionador exclusivo. Ele também apareceu no segundo teaser trailer,[8] e em toda a merchandise de O Despertar da Força.[9] Em 4 de Maio de 2015, foi confirmado em um vídeo lançado pela Vanity Fair que Kylo Ren é interpretado por Adam Driver.

Michael Arndt afirmou que o passado de Kylo Ren surgiu da necessidade de criar um motivo para a separação dos personagens principais da trilogia original depois de Retorno de Jedi.J.J. Abrams queria que O Despertar da Força tratasse do medo que todos os pais têm de ter seu filho ir pelo mau caminho. Ele também queria que o filme contasse a história de alguém que ainda estava se tornando um vilão, e queria que eles fossem ousados com o personagem. "O único motivo para Kylo Ren ter esperança de se tornar um sucessor digno [de Darth Vader] é porque perdemos um dos mais amados personagens", ele explicou,[10] depois adicionando que "Não há nada que eu consiga pensar que seja mais odioso do que patricídio, especialmente quando se trata de Han Solo."[11]

A cena com o capacete de Darth Vader em O Despertar da Força foi originalmente a revelaçã dos ancestrais de Kylo. Era para acontecer antes da fuga de Finn e Poe, tendo como contexto Kylo se culpando por não ter feito nada sobre FN-2187 ter visto a luz. Porém, as editoras Mary Jo Markey e Maryann Brandon sentiram que ela vinha muito cedo e decidiram que era um desperdício de um bom momento, então elas a moveram mais para frente no filme para pressagiar a morte de Han.[12]

Um personagem parecido, Jacen Solo, apareceu na continuidade de Star Wars Legends. Como Kylo Ren, Jacen foi o filho de Han Solo e Leia Organa que foi treinado como Jedi por Luke Skywalker, também caindo para o lado sombrio e adotando um novo nome, Darth Caedus.[13] Um vilão chamado Kybo Ren apareceu na série animada de 1985 Star Wars: Droids.[14]

Matt the Radar Technician

Kylo Ren se passando por "Matt" na esquete do Saturday Night Live

No Sábado, dia 16 de Janeiro de 2016, Adam Driver apresentou um episódio da famosa série de esquetes de comédia Saturday Night Live e apareceu como Kylo Ren em uma esquete. A esquete, que abre com cenas de O Despertar da Força, apresenta o personagem numa versão do reality show Undercover Boss, se passando por "Matt", um técnico de radar investigando as operações da Base Starkiller. "Matt" se encontra com indivíduos trabalhando na base, como um oficial da Primeira Ordem cujo filho era um stormtrooper que ele matou, mas teve dificuldades de sustentar a mentira devido a sua falta de autocontrole emocional.[15][16]

Aparições

Aparições não-canônicas

Fontes

Notas e referências

  1. 1,0 1,1 Aftermath: Empire's End
  2. 2,00 2,01 2,02 2,03 2,04 2,05 2,06 2,07 2,08 2,09 2,10 2,11 2,12 2,13 2,14 2,15 2,16 2,17 2,18 2,19 2,20 2,21 2,22 2,23 2,24 2,25 2,26 Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força
  3. 3,0 3,1 Star Wars Character Encyclopedia: Updated and Expanded
  4. The Force Awakens: Head-to-Head
  5. 5,0 5,1 Bloodline
  6. 6,0 6,1 6,2 Star Wars: The Force Awakens: The Visual Dictionary
  7. Star Wars: The Force Awakens: Incredible Cross-Sections
  8. SWYTlogo Star Wars: The Force Awakens Official Teaser #2 no canal oficial de Star Wars no YouTube
  9. SWicon Star Wars: The Force Awakens Products to Arrive on 'Force Friday,' September 4 no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  10. Breznican, Anthony (2015-12-21). We Need To Talk About Kylo (em inglês)  — Entertainment Weekly. Acessado em 2015-12-28.
  11. Davis, Erik (2016-02-26). J.J. Abrams on How Harrison Ford Reacted to That BIG Moment in 'Star Wars: The Force Awakens' (em inglês)  — Fandango. Acessado em 2016-02-27.
  12. Giardina, Carolyn (2016-01-06). 'Star Wars: The Force Awakens' Editors Explain the Timing of a Key Kylo Ren Scene (em inglês)  — The Hollywood Reporter. Acessado em 2016-01-07.
  13. Legacy of the Force: Sacrifice
  14. DroidsLogoMini Star Wars: Droids—"The New King"
  15. Carroll, Larry (January 16, 2016). ‘SNL’: Adam Driver plays Kylo Ren in hilarious ‘Undercover Boss’ sketch (em inglês)  — Zap2It. Acessado em January 17, 2016.
  16. SWicon Live from New York, It's Kylo Ren: An Interview with Tom Spina no StarWars.com (backup link no Archive.org)

Links externos

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.