FANDOM


Eras-canon-transp

Vader's revelation
Não. Eu sou o seu pai!
Este artigo ou seção contém spoilers de Star Wars Rebels
A Star Wars Wiki pode se basear em fontes internacionais para este artigo.
"Foi diferente para mim, Ezra. Tudo era diferente naquela época. Tudo o que resta agora é a força."
―Kanan Jarrus[fonte]

Kanan Jarrus, nascido Caleb Dume, foi um Jedi Humano sobrevivente da Ordem 66, vivendo graças ao sacrifício de sua mestre, Depa Billaba. Em Kaller, ele conheceu o contrabandista Janus Kasmir, que lhe ensinou a sobreviver como um fugitivo. Ao se esconder, abandonou os caminhos Jedi por algum tempo, trocando seu sabre de luz de lâmina azul por um blaster.

Junto com Hera Syndulla, liderou uma célula rebelde, originária de Lothal. Cinco anos antes da Batalha de Yavin, Jarrus conheceu Ezra Bridger, um Humano de quatorze anos de idade sensível à Força que decidiu treinar. Juntos derrotaram o Grande Inquisidor, um Pau'ano sensível à Força enviado pelo Império Galáctico para matar todos os Jedi remanescentes.

Mais tarde, Kanan e seu aprendiz, acompanhados por Ahsoka Tano, viajaram para Malachor para aprender sobre os Sith. No entanto, esta decisão teve resultados dispendiosos: Kanan ficou cego por um ataque de sabre de luz do ex-Lorde Sith Darth Maul no Templo Sith do planeta.

BiografiaEditar

JuventudeEditar

"Eu posso ser jovem para um Padawan, mas passei pelos meus testes Jedi, assim como vocês. Além disso, eu quero ver alguma ação antes que as Guerras Clônicas acabem!"
―Caleb Dume, para Tai Uzuma e Sammo Quid[fonte]

Caleb Dume, Humano do sexo masculino, nasceu trinta e três anos antes da Batalha de Yavin, durante os anos finais da República Galáctica. Como adentrou a Ordem Jedi ainda muito tenro,[3] nunca soube quem eram seus pais,[4] uma vez que saiu de seu planeta natal diretamente para o Templo Jedi[5] em Coruscant, onde seria criado como um Jedi. [6]

Caleb Dume lightsaber training

Caleb Dume treinando no Templo Jedi, em Coruscant.

Enquanto Jedi iniciado, costumava ouvir o Mestre Jedi Yoda pronunciar "Faça ou não faça. Não existe tentativa.", ainda que não houvesse compreendido o que Yoda quis dizer[7] enquanto praticava com seus companheiros iniciandos, Sammo Quid e Tai Uzuma.[8] Ahsoka Tano também foi uma companheira com a qual chegou a praticar duelos com sabre de luz.[9]


Guerras ClônicasEditar

"Meu jovem estrategista está pensando novamente. Alguma outra pergunta?"
"Esperar por ordens. E se as ordens nunca chegarem? Eu não saberei o que fazer."
"Talvez você saiba."
"Talvez não."
"Tudo bem, talvez você não saiba, mas tudo é possível. Talvez a resposta se manifeste para você de outra forma."
―Depa Billaba e Caleb Dume[fonte]

Bombardeio no Templo JediEditar

"Parece-me que preciso desesperadamente de um Padawan para que possa continuar minha jornada."
"Eu estaria honrado, Mese—"
"Infelizmente, Caleb Dume,você é muito jovem para esta função"
"Eu...Eu entendo, Mes—"
"Mas considerando-se o tempo em que estamos, a República precisa de você, não obstante."
―Depa Billaba toma Caleb Dume como seu Padawan[fonte]

Na véspera de seus Testes Jedi, Dume praticava com Uzuma e Quid sob as instruções de Yoda, quando tropeçou e bateu a cabeça no solo, machucando-se. O Mestre Jedi mandou que fosse até a enfermaria: no Tempo em que levou para chegar até lá, não estava mais sangrando e um Droide cirurgião 2-1B instruiu-lhe que saísse, já que o corte melhoraria sozinho. Foi então que Dume viu Depa Billaba recuperando-se num tanque de bacta e sentiu uma conexão com ela. Assim que ele saiu, Billaba acordou.[8]

Bacta Tank Billaba

Dume sente uma conexão com Depa Billaba na enfermaria do Templo Jedi.

No dia seguinte, Caleb submeteu-se aos testes e passou, muito como Uzuma e Quid. Também atendeu a uma aula de Madame Jocasta Nu sobre como Padawans eram escolhidos por Cavaleiros Jedi em que perguntou como o processo ocorreria, para profunda desaprovação de Mace Windu e grande divertimento de Billaba.[8] Em outra ocasião, atendeu a uma lição de Obi-Wan Kenobi na estação central de segurança do Templo Jedi, aprendendo sobre o sinal de recuada dos Jedi e inadvertidamente deu a Kenobi a ideia de usar o dispositiva para avisar os Jedi de qualquer problema.[3] Mais tarde, Billaba instruí-los-ia na Forma III.[8]

Depois da lição, Dume esperava que Billaba fosse escolhe-lo e verificou se ela possuía um Padawan. Constatando que ela ainda não havia tomado nenhum, pediu aos amigos que emitissem suas opiniões sobre o assunto. Quid disse-lhe que havia a palavra de que ela estava "danificada de vez" após sua desastrosa derrota[8] em Haruun Kal. Sem saber o que pensar, Caleb foi até Billaba e perguntou a ela o que havia acontecido. Ela encarou sua escolha não como política, mas como sábia.[8] Antes que pudessem terminar a conversa, ambos ouviram um intruso no Templo, Rackham Sear, um Capitão da Confederação de Sistemas Independentes que estava bombardeando o Templo Jedi.[8] Dume foi, então, salvo da explosão inicial por Billaba. Querendo obter mais informações acerca da situação, eles se esconderam, mas, apesar da hesitação inicial da Jedi, Dume perseguiu o atacante até o telhado e tentou pará-lo.[10]

Contudo, Sear sobrepôs-se a Dume e tentou matá-lo, sendo novamente salvo por Billaba, que interviu. Além de salvá-lo, ela também conseguiu destruir o dispositivo desencadeador das bombas pertencentes ao próprio Sear, fazendo com que ele a atacasse na sua tentativa de fuga. Entretanto, quando percebeu que não iriam deixá-lo ir, matou-se. Evitando a explosão, Billaba perguntou a Dume se ele gostaria de tornar-se seu aprendiz.[10] Cinco meses antes do final das Guerras Clônicas, aos 13 anos,[6] Caleb Dume tornou-se seu aprendiz e ela o levou para que obtivessem um Cristal kyber para seu novo sabre de luz. Logo mais, acompanhou Billaba em seu dever de liderar o Grande Exército da República como uma General.[10]

KardoaEditar

"O menino não está indo mal."
"Ele é imprudente, mas imprudência talvez seja exatamente do que precisamos no momento."
―CT-1157 e Depa Billaba, enquanto assistiam a Caleb Dume lutar em Kardoa[fonte]

Três semanas depois do ataque ao Templo, eles foram ao planeta Kardoa, para a primeira missão de Caleb, onde encontraram-se com o mais novo batalhão designado a Depa, o qual era comandado pelos sobreviventes de seu último comando.[10] Dume encontrou-se com o Comandante Grey, o Capitão Styles, o Sargento Soot, o Cabo Big-Mouth e outros. Assim que ele e sua Mestre familiarizaram-se com o novo batalhão, foram instruídos a realizar uma simples missão de reconhecimento para refutar ou confirmar relatórios de que havia presenças Separatistas no planeta. Na manhã após a sua chegada, Billaba dividiu o batalhão em cinco esquadrões, a fim de que reconhecessem cinco canyons diferentes, com Dume acompanhando Depa. Durante a caminhada, Caleb tornou-se amigo de CT-1157, que ainda não havia recebido um apelido. Sem com que soubessem, o esquadrão estava sendo observado por um droide de reconhecimento Separatista e foram prontamente emboscados pelo Exército Droide Separatista, que destruiu seu rastro, deixando a eles nenhuma outra opção a não ser resistirem até que reforços chegassem.[11]

Skirmish on Kardoa

Dume, salvo por CT-1157 "Stance".

Como seu sinal havia sido interrompido, deixando-nos sem maneiras de se contactarem com os demais esquadrões, Billaba deixou que Dume e os demais clones deixasse as tropas Separatistas ocupadas enquanto ela procurava pela nave Separatista. Contudo, desobedecendo as ordens de um clone trooper para que recuasse, Caleb foi muito além do front, recebendo dois tiros dos doridas inimigos. Vulnerável para três Droide de batalha B1, CT-1157 foi ao seu resgate e destruiu-os, ocasião que lhe daria o apelido de "Stance". Para a sorte dos dois, o Coronel Confederado Coburn Sear ordenou que suas tropas recuassem a fim de proteger sua nave e Billaba conseguiu fazer com que partissem de Kardoa. Tendo sua primeira batalha terminado em um sucesso, Dume tratou-se no tanque de bacta, procurando recuperar-se de suas feridas e, não muito depois, o batalhão recebeu sua próxima missão: Mygeeto.[11]

Jedi Este artigo é um esboço de um Jedi. Você pode ajudar o Star Wars Wiki expandindo-o.


ApariçõesEditar

Aparições não-canônicasEditar

Notas e referências Editar

  1. Um Novo Amanhecer
  2. Rebels-mini-logo Star Wars Rebels – "Jedi Night"
  3. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas AND
  4. Rebels-mini-logo Star Wars Rebels – "Legacy"
  5. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Kanan_2
  6. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas SWR:TVG
  7. Rebels-mini-logo Star Wars Rebels – "Rise of the Old Masters"
  8. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Kanan_7
  9. FacebookIcon Filoni's untold tale about Ahsoka and Kanan. Dave Filoni (July 22, 2017, 11:14 am BRT). Acessado em July 22, 2017, 11:53 pm BRT. "If you ever wondered if Kanan and Ahsoka knew each other, or had met while they were younglings at the Jedi Temple, the answer is YES. They had met, though they did not know each other well, they had at least done some saber training together." (cópia em arquivo criada em July 22, 2017) (screenshot)
  10. 10,0 10,1 10,2 10,3 Kanan 8: First Blood, Part II: The Towers of the Temple
  11. 11,0 11,1 Kanan 9: First Blood, Part III: The Canyons of Kardoa