FANDOM


Eras-legends

30px-Era-imp30px-GoodIcon

«Boorka foi longe demais dessa vez. Ele se envolveu com a Confederação, despachando créditos e suprimentos por uma base secreta no deserto. Contrabandear é uma coisa, mas isso já é arriscado demais!»
Jabba Desilijic Tiure para Echuu Shen-Jon[fonte]

Boorka era um lorde do crime Hutt hermafrodita com uma personalidade masculina, cujas operações concentravam-se no planeta Tatooine, por volta de 22 ABY. No período em que eclodiu as Guerras Clônicas entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes, Boorka recebeu informações de Bogeega Bu'Daay, um operativo no planeta Eredenn Prime, sobre uma nova série de super-armas que a República estava construindo, conhecidas como Decimators. Boorka leiloou a informação e a entregaria para quem desse a melhor oferta, que logo foi feita pela Confederação, que mandou um contingente de seu exército droide liderado pelo General Sev'rance Tann à Tatooine.

Boorka concordou em negociar sua informação com os Separatistas caso eles destruíssem o espaçoporto da República próximo da cidade Mos Osnoe. O espaçoporto era um grande problema para ele, pois interferia com os lucros do Cartel Hutt, uma organização criminosa que Boorka fazia parte, e o exército Separatista julgava-se capaz de cumprir a tarefa. Sendo assim, Boorka entregou a informação para a Confederação, levando-os a ganharem controle total das Decimators e assumirem o controle do planeta Sarapin, responsável por produzir energia para a República. Quando a República recapturou Sarapin, o General Jedi Echuu Shen-Jon descobriu que o Cartel Hutt tinha conhecimento da localização da General Tann, e logo Shen-Jon soube que Boorka havia iniciado uma parceria com os Separatistas e permitiu que eles estabelecessem uma operação comercial secreta em Tatooine. O Jedi liderou seu exército para um segundo ataque contra as forças de Boorka, que resultou na morte do Hutt e na remoção dos Separatistas de Tatooine.

BiografiaEditar

"Sev'rance Tann irá a Mos Osnoe para contatar Boorka o Hutt, um chefe do crime que acredita-se que tenha posse de informações vitais sobre uma nova arma que está sendo desenvolvida pela República."
Conde Dookan[fonte]

Boorka era um Hutt,[2] uma espécie hermafrodita[3], e possuía uma personalidade masculina. Ele foi um lorde do crime sediado no planeta Tatooine, com ligações ao Cartel Hutt. No período em que eclodiu o conflito de escala galáctica conhecido como Guerras Clônicas, que foi travada entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes, um operativo do Cartel, chamado Bogeega Du'Daay, entrou em contato com Boorka do planeta Eredenn Prime, informando que ele havia descoberto um relatório de inteligência secreta relacionado a uma super-arma da República, conhecida como Decimator, que estava sendo desenvolvida por membros da espécie Wookiee. Bu'Daay disse a Boorka tudo o que ele havia desenterrado sobre o Decimator, como as capacidades defensivas do armamento, certificando-se que o Hutt poderia usar esse conhecimento a seu favor. Boorka disse a Bu'Daay para que ele continuasse monitorando e pesquisando sobre o Decimator, mas os Wookiees que trabalhavam na produção da super-arma acabaram descobrindo-o, impedindo que ele continuasse e descobrisse mais informações.[2]

First Battle of Tatooine

Sev'rance Tann encontrando com Boorka, em Tatooine.

Sendo assim, Boorka anunciou que possuía informações sobre uma super-arma da República e que pretendia vendê-la para quem fizesse a melhor oferta, que acabou sendo feita pelas forças Separatistas sob o comando da General Jedi Negro Sev'rance Tann, que havia sido designada para a tarefa por seu líder Conde Dookan para obter a informação por qualquer meio que fosse necessário. Tann chegou em Tatooine com um pequeno destacamento do exército droide, que ela liderou até o Palácio de Boorka próximo à cidade de Mos Osnoe. Boorka tinha alguns de seus homens escondidos pelo caminho, prontos para emboscar o exército de Tann, mas os droides de batalha venceram e os mataram. Com a chegada de Tann ao Palácio de Boorka, o Hutt comentou ter gostado da forma como ela liderava suas tropas, e então começou a explicar seus termos para que os Separatistas pudessem ter o relatório secreto em mãos. Boorka afirmou que a República havia estabelecido um espaçoporto fora de Mos Osnoe para se beneficiar com os lucros de comércio da Orla Exterior e ajudar a pagar a guerra, mas o espaçoporto também estava interferindo com os lucros do próprio Cartel Hutt. Portanto, Boorka disse a Tann que ele daria a informação à ela caso o exército que a mesma liderava derrotasse a guarnição da República de clone troopers no espaçoporto e os destruíssem, somente assim ele daria todo o conhecimento que tinha sobre a Decimator e sua produção em Eredenn Prime.[2]

Boorka deu continuidade à sua parceria com os Separatistas e forneceu créditos e suprimentos para eles através de uma base secreta da Confederação estabelecida em Tatooine. Usando os dados do Hutt, os Separatistas conseguiram apreender as Decimators e usá-las para capturar o planeta Sarapin, responsável pela produção de energia para a República. Em resposta, a República enviou o General Jedi Echuu Shen-Jon e seu Padawan Naat Reath para retomar o planeta, e, durante a batalha, o Oficial Confederado Zian Finnis disse ao Jedi que o Cartel Hutt tinha conhecimento da localização de Tann. Planejando capturar Tann, que havia assassinado Stam, o primeiro Padawan de Shen-Jon e irmão de Naat, Echuu liderou suas forças a Tatooine e trombou com outro membro do Cartel, Jabba Desilijic Tiure, que também era um dos rivais de Boorka. Jabba disse ao Jedi sobre aliança de Boorka com os Separatistas e a base secreta, uma operação que havia enfurecido Jabba, já que se tratava de mais uma concorrência. Shen-Jon concordou em destruir a tal base, mas Jabba se recusou a travar uma batalha contra um membro de sua própria espécie, deixando para que as forças da República confrontassem os Separatistas por conta própria.[2] O exército da República atacou o esconderijo de Boorka e o matou,[1] assim como obliteraram a base Confederada. Como recompensa por eliminar seu concorrente, Jabba deu a Shen-Jon quinhentos cristais nova, um tipo de minério usado como moeda através da galáxia.[2]

Características e personalidadeEditar

«Você luta bem, para uma Jedi. Gostei do seu estilo.»
―Boorka elogiando Sev'rance Tann[fonte]

Boorka pretendia vender a informação sobre as Decimators para os Separatistas com o intento de obter lucros. Ele não demonstrou arrependimento algum em enviar seus capangas no caminho para seu palácio com o objetivo de testar o exército Confederado, deixando que eles morressem. Após vê-la usando suas habilidades como uma líder militar, o Hutt elogiou Sev'rance Tann por suas capacidades. Boorka tinha uma forte rivalidade com Jabba Desilijic Tiure, o que acabou levando-o à morte quando Jabba informou à República sobre as operações de Boorka. Quando estava passando o tempo em seu palácio, Boorka mantinha uma pequena comitiva por perto, incluindo dois Twi'leks, um macho e uma fêmea, vários guardas Gamorreanos, um guarda Weequay, um droide, vários Jawas, e um Aqualish. Boorka falava o idioma Huttês, e a pele de suas costas eram verde e marrom-claro na face e abdômen, e não possuía cabelo algum.[2]

Nos bastidoresEditar

Boorka o Hutt apareceu pela primeira vez no jogo Star Wars: Galactic Battlegrounds: Clone Campaigns, uma expansão lançada em 2002 do jogo Star Wars: Galactic Battlegrounds, de 2001, onde ele foi dublado por Clint Bajakian. O modelo de Boorka no jogo era idêntico ao de Jabba o Hutt. Em 2009, Boorka foi mencionado em The Clone Wars Campaign Guide, onde dizia que ele havia sido executado por forças da República.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Notas e referênciasEditar

Em outras línguas

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.