FANDOM


Eras-canon-transp

Eras-legends2

A Batalha de Christophisis foi uma batalha travada entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes no planeta de Christophisis durante as Guerras Clônicas.

HistóricoEditar

AntecedentesEditar

O Exército Separatista realizou um ataque ao planeta Christophisis. Em uma rápida ofensiva, o exército derrotou os defensores locais, fazendo com que os nativos recorressem ao auxílio do Grande Exército da República. Como forma de auxílio, o Senador Bail Organa organizou uma equipe de auxilio mas foi cercado pelas forças inimigas, solicitando apoio aos Jedi. [1]

Batalha no EspaçoEditar

Com o pedido de auxílio do Senador Organa, o Almirante Wullf Yularen, os Generais Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi organizaram uma armada com o objetivo de derrotar o bloqueio armado pela Frota Separatista, mas foram confrontados inicialmente pela nave Invencível comandada pelo General Trench, um renomado general separatista.

As forças de Anakin, após uma curta ofensiva, foram obrigados a se retirar para uma lua próxima de Christophsis e reagrupar com as forças de Obi-Wan. Nesse momento, Obi-Wan encarregou Anakin de realizar um missão humanitária: ultrapassar o bloqueio separatista com uma nave furtiva e levar suprimentos para as forças do Senador Organa.

Utilizando a nave furtiva que possuía uma nova tecnologia, o dispositivo de camuflagem, Anakin e Yularen conseguiram ultrapassar o bloqueio separatista mas foram obrigados a atacar a Invencível quando o General Trench iniciou um bombardeio com caças Abutre nas posições do Senador Organa. Usando estratégias de ataque e fuga, a nave furtiva atacou a Invencível algumas vezes, após Anakin entender a estratégia de Trench para destruir naves camufladas com mísseis tele-guiados, Anakin consegue manobrar a sua nave e jogar os mísseis em cima da Invencível, destruindo-a.

Após a destruição da Invencível, Anakin e Obi-Wan foram para terra auxiliar o Senador Organa e os defensores nativos. Enquanto isso, o Almirante Yularen continuou o ataque nas naves separatistas remanescentes. [1]

EmboscadaEditar

Com o avanço do exército droide na capital, as forças da República liderados por Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker tentaram realizar uma emboscada mas foram descobertos e cercados. Depois de fugirem do cerco, Anakin e Obi-Wan confrontaram Asajj Ventress e descobriram que os separatistas estava, desembarcando novos droides, dessa vez, comandados por Whorm Loathsom. [2]

Segunda Onda de AtaqueEditar

Uma nova onda do exército droide veio em massa contra as defesas da República, que, utilizando de canhões pesados, conseguiram rechaçar o exército droide.

Terceira Onda de AtaqueEditar

Ataque PrincipalEditar

Após retroceder, o exército Separatista se re-organizou e atacou novamente, dessa vez, utilizando escudos defletores como proteção aos canhões do Exército da República. Com a utilização desses escudos, os canhões não conseguiram penetrar nas defesas droides e o exército separatista conseguiu avançar rapidamente contra as defesas da República.

O PlanoEditar

Conforme o exército separatista avançava, os Jedi Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker armaram um plano para a destruição do gerador de escudos. Enquanto Anakin se esgueirava entre as tropas droides buscando a localização do gerador, Obi-Wan e seus soldados recuaram levando a luta para dentro dos prédios.

Quando Anakin e Ahsoka Tano descobriram a localização do gerador, eles rapidamente o destruíram fazendo com que Obi-Wan capturasse o comandante Whorm Loathsom levando a rendição do exército separatista.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Em outras línguas

Notas e referênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória