FANDOM


TFMR2reparos Esse artigo está sendo editado por Rafael Rossi.

Como cortesia, por favor não edite esse artigo enquanto essa
mensagem estiver aqui, para evitar conflitos de edição.
Se você quiser saber quem está trabalhando nesse artigo
e quando a seção de edição começou, consulte o histórico de edição e a página de discussão.

Eras-canon-transp

30px-Era-imp30px-Era-real

"Grandes líderes inspiram a grandeza nos outros"
―Moral[fonte]

"Ambush" é o primeiro episódio da Primeira Temporada de Star Wars: The Clone Wars. Antes de sua estréia na televisão, o episódio foi exibido na turnê de imprensa Television Critics Association em 11 de julho de 2008[1] e depois no Dragon Con em Atlanta, Geórgia em setembro.[2] "Ambush" foi ao ar no Cartoon Network em 3 de outubro de 2008 originalmente nos Estados Unidos, e foi ao ar em 13 de Fevereiro de 2009 no Brasil pelo mesmo canal.

Descrição oficialEditar

O Mestre Jedi Yoda está em uma missão secreta para forjar um tratado com o rei do estratégico sistema de Toydaria quando sua nave é emboscada por Conde Dookan. Yoda e três solados clone devem enfrentar a temida assassina de Conde Dookan, Asajj Ventress e seu massivo Exército Droide Separatista para provar que os Jedi são fortes o suficiente para proteger o rei e seu povo das forças da guerra.

Resumo do enredoEditar

Episódio I
AMBUSH
Uma galáxia dividida pela guerra! Com a ameaça de invasão, 
mundos pacíficos têm que fazer sua escolha. A República e
os Separatistas lutam pela aliança dos planetas neutros.

Precisando construir uma base de suprimentos no sistema
Toydaria, O mestre Yoda viaja para uma negociação secreta
em uma lua neutra...

O Mestre Jedi Yoda é enviado para a lua de corais de Rugosa para convencer o Rei Katuunko a aliar-se a República para construir uma base no território Toydaria. Enquanto o monarca Toydariano e sua comitiva aguardam a chegada do embaixador Jedi, Asajj Ventress chega e se apresenta para Katuunko com um holograma de Conde Dookan, que deseja expressar a suposta incapacidade dos Jedi em proteger Toydaria na esperança de que o rei se junte a sua causa. Na órbita da lua Rugosa, duas fragatas do Clã Bancário emboscam a nave de Yoda, forçando-o a pegar um Pod de Emergência forçando sua nave e seu oficial Zak a retirar-se; três soldados clone – Thire, Jek e Rys – acompanham-no até a superfície.

A fragata da República deixa o sistema, um movimento que Asajj Ventress mostra ao rei como um sinal de fraqueza. Suas tentativas de persuasão são interrompidas por uma chamada holográfica de Yoda, na qual o Jedi oferece suas saudações. Então Ventress sugere uma disputa: Se Yoda conseguir escapar de sua melhor tropa, Toydaria estará livre para se juntar a República. Mas se ele for derrotado e os droides prevalecerem, Toydaria irá se juntar aos Separatistas.

Separatists on Rugosa

Os Separatistas em Rugosa.

Aceitando a proposta de Ventress, Yoda e seus soldados marcham através da floresta de corais enquanto uma nave de desembarque separatista carregando um batalhão inteiro de droides chega. Yoda e seus homens enfrentam um grande número de droides e muitos tanques. Os tanques encontram dificuldades em penetrar na densa floresta de corais, forçando o comandante 224 a enviar tropas a pé, que permite aos clones embosca-los em pequenos grupos. Eventualmente, Thire é ferido, e o grupo é forçado a recuar.

Yoda e os clones se dirigem para uma ravina seca alinhada com cavernas, para descansar e repousar. Dentro da caverna, os clones estão desanimados com sua situação porque estão em menor número e desarmados. Para levantar seu espíritos, Yoda ensina a sua tropa uma pequena lição sobre eles serem diferentes individualmente apesar de serem clones e que é sua mente que os torna fortes, não os seus números ou armas.

Yoda droideka faceoff

Yoda enfrentando os droidekas.

Como as forças droides se aproximam, Mestre Yoda decide enfrenta-los sozinho, ordenando sua tropa para ficar e esperar até o momento que realmente for necessário a ajuda deles. Os droides reportam sua situação a Ventress, que dá ordens de abrir fogo. Yoda acaba cortando todo o batalhão em pedaços e, irritada, Ventress envia droidekas para enfrentarem o Mestre Jedi, quebrando assim as regras do acordo. Um pouco antes dos droidekas acabarem com o Mestre Jedi, Thire dá seu último tiro em um penhasco acima dos droides, causando uma avalanche sobre os reforços droidekas.

Ventress strikes

Yoda usa a Força e impede Ventress de matar o rei Katuunko.

Katuunko está impressionado com a exibição e opta por aliar-se a República. Furioso com isso, Dookan ordena que Ventress mate o rei. Ventress afasta a guarda real Toydariana e prepara-se para desferir o golpe fatal, mas Mestre Yoda chega bem na hora, parando o ataque de Ventress. Ao invés de se render, Ventress rapidamente desencadeia uma avalanche com explosivos implantados previamente por ela, usando a distração para escapar em sua nave. Rei Katuunko aceita generosamente a oferta de Yoda de se juntar a República e naves da República chegam para resgatar o grupo.

ElencoEditar

ApariçõesEditar

Por tipo [Esconder]
Personagens Criaturas Modelos de Dróides Eventos Lugares
Organizações e títulos Espécies Veículos e naves Armas e tecnologia Miscelânea

Personagens

Criaturas

Plantas

Modelos de dróides

Eventos

Lugares

Organizações e títulos

Espécies

Veículos e naves

Armas e tecnologia

Miscelânea

Línguas

A Força

RecepçãoEditar

"Ambush" marcou a estréia da série em 3 de outubro de 2008. Ela trouxe 3,96 milhões de expectadores,[3] e foi a estréia de série mais de maior audiência do Cartoon Network.[4]

Por trás das cenasEditar

"Fazemos as coisas muito melhor em um episódio da Primeira Temporada do que fizemos no filme, para o lançamento no cinema de Clone Wars. Então eu acho que houve algum tipo de justaposionamento de episódios com base nisso. Você sabe, todos nós gostamos do episódio do Yoda, 'Ambush in the Outer Rim', e eu penso que todos nós sentimos isso, que os fãs nunca viram nada que era específico para o Yoda antes, mas, você sabe, sentimos que isso deveria ser uma forte caminho para iniciar a série com um episódio realmente engraçado sobre Yoda."
―Diretor Dave Filoni, durante uma entrevista[fonte]
  • O nome original do episódio era "Ambush in the Outer Rim (Emboscada na Orla Exterior)".[5] Este título foi primeiro revelado por Henry Gilroy em uma entrevista que deu no Star Wars Insider 103.[6]
  • A moral original para esse episódio supostamente deveria ser "Grandes lideranças vêm de todos os tamanhos." [7]
  • "Ambush" não foi originalmente pretenso a ir ao ar como o primeiro episódio da primeira temporada, mas a ordem dos episódios foi mudada muito perto da estréia da série.[8][9]
  • Quase dois anos depois da primeira exibição de "Ambush", um episódio prequelo intitulado "Supply Lines" foi ar em 24 de setembro de 2010 como parte da terceira temporada. Ele revelou que o propósito inicial da República de usar Toydaria como uma estação terrestre era para ajudar os Twi'lek fornecendo a eles suprimentos e medicamentos, que interligou com a Trilogia de episódios de Ryloth que foram ao ar durante a primeira temporada.

Notas e referênciasEditar

Links externosEditar


[Esconder][Fonte]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.