Wikia

Star Wars Wiki em Português

Aliança para Restauração da República

Discussão2
4 548 pages em
Este wiki
30px-Era-imp30px-Era-reb30px-DefeaturedIcon
YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Esse artigo ou seção precisa ser atualizado.
Por favor expanda esse artigo adicionando as informações mais relevantes que faltam. Você também pode checar a página de discussão dessa página. Remova essa mensagem quando terminar.

Aliança para Restauração da República

Redstarbird

Informações políticas
Tipo

Movimento de resistência

Documento de fundação

Declaração da Rebelião

Chefe de Estado

Chefe de Estado

Comandante

Comandante Supremo

Informações sociais
Língua oficial

Básico

Informações históricas
Data de estabelecimento

Entre 19 ABY e 1 DBY

Data de dissolução

4 DBY, re-organizada na Aliança dos Planetas Livres

Era(s)
"Eu não estou nisto pela sua revolução, princesa."
Han Solo[fonte]

A Aliança para Restauração da República ou também conhecida como Aliança Rebelde ou simplesmente Rebelião, foi um grupo de resistência ao maligno Império Galáctico e seu líder, Palpatine.

HistóriaEditar

FundaçõesEditar

A Aliança foi fundada mais para o fim das Guerras Clônicas, por Galen Marek (aprendiz secreto de Darth Vader), Mon Mothma, Bail Organa, Garm Bel Iblis (ex-senadores) e General Rahm Kota (Jedi sobrevivente do Grande Purgo) que estavam determinados a preservar os ideais da República Galáctica, que foram substituídos pelo regime ditatorial do Império. A filha de Bail, Leia, também se tornaria uma figura ativa na Aliança.

Sithcenadeletada

Bail Organa, Mon Mothma e outros senadores discutem a criação da Aliança.

Entretanto, Palpatine expôs estes "rebeldes" e lançou uma campanha de terror contra eles. Muitos dissidentes foram presos ou mortos, mas os senadores Mon Mothma e Garm Bel Iblis, ambos oponentes influentes e destacados da "Nova Ordem" do Imperador, conseguiram escapar. Eles permaneceram escondidos, ressurgindo brevemente para se encontrar com o Senador Bail Organa em Corellia. No encontro clandestino, o trio concordou que apenas uma insurreição armada poderia parar Palpatine. Logo depois, Mothma rascunhou a Declaração para Restaurar a República que, oficialmente, fundou a Aliança.

Novos aliadosEditar

Bail Organa Mug

Senador Bail Organa, um dos fundadores da Aliança Rebelde.

Garm Bel Iblis e Mon Mothma começaram a recrutar ativamente indivíduos, planetas e até mesmo sistemas inteiros para a Rebelião. Aos Rebeldes juntaram-se centenas de pilotos, soldados, técnicos e oficiais que desejavam ver o Império cair. Enquanto isso, Bail Organa e sua filha, a Princesa Leia Organa, ajudavam em segredo a Aliança mantendo suas posições no Senado. Em uma dessas ações clandestinas, a Princesa Leia conseguiu os planos da Estrela da Morte, uma perigosa super-arma capaz de vaporizar um planeta inteiro. Darth Vader, o aprendiz Sith do Imperador, perseguiu e capturou Leia, mas a princesa já havia colocado em ação os eventos que garantiriam que os planos da Estrela da Morte chegassem à Aliança Rebelde. Encarregado de localizar e esmagar os Rebeldes, Vader interrogou a Princesa Leia sem sucesso. O Grande Moff Tarkin, a mente por trás da Estrela da Morte, ameaçou então destruir Alderaan, o planeta natal de Leia, a menos que ela revelasse a localização da base secreta da Aliança. A Princesa Leia aparentemente cedeu, mas Tarkin lançou o ataque da Estrela da Morte de qualquer forma para testar o superlaser da estação de batalha e semear o medo em todos que se opusessem ao Império. Bilhões morreram com Alderaan, incluindo Bail Organa. Isto foi um sério revés para a Aliança, pois Organa era fundamental para mediar as desavenças entre o militante Garm Bel Iblis e a sutil Mon Mothma. Depois da morte de Bail Organa, os dois líderes se afastaram ainda mais e Bel Iblis logo abandonou a Aliança.

LembremAlderaan

Lembrem de Alderaan — Propaganda Rebelde

Organização MilitarEditar

Em primeiríssimo lugar, eles se mantinham em toda base Rebelde como uma última linha de proteção contra invasores Imperiais. Em Hoth, por exemplo, eles montaram posições defensivas equipadas com baterias antiinfantaria Golan Arms DF.9 e unidades de artilharia anti-veículos Atgar 1.4 FD P-Tower para deter hordas de AT-ATs e outras forças Imperiais. Membros da infantaria Rebelde também serviam a bordo de algumas naves da Aliança para proteger membros importantes da tripulação.

Algumas vezes, eles eram designados para deveres de reconhecimento, escolta e guarda. As tropas Rebeldes mais habilidosas eram os comandos de elite. Sob a liderança do General Crix Madine, estes comandos atacavam instalações Imperiais importantes para promover a causa da Aliança.

Bases conhecidasEditar

Rebel Pilots

Pilotos rebeldes antes do ataque à Primeira Estrela da Morte.

Mundos aliadosEditar

Mesmo com a Aliança sem os recursos do Império, ela controlava planetas.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Wikipédia Esta página teve origem na Wikipédia (pt). O artigo original é Aliança Rebelde. Para conhecer os autores, veja o histórico. Os textos da Wikipédia podem ser usados no Star Wars Wiki em Português sob a Licença de Documentação Livre.

Rede da Wikia

Wiki Aleatória